Artigo Anais VI CIEH

ANAIS de Evento

ISSN: 2318-0854

TERAPIAS COMPLEMENTARES NO MANEJO DA DOR LOMBAR EM IDOSOS: REVISÃO INTEGRATIVA

Palavra-chaves: IDOSO, TERAPIAS COMPLEMENTARES, DOR LOMBAR Pôster (PO) AT 03: Práticas Clínicas e Terapêuticas direcionadas à Pessoa Idosa Publicado em 26 de junho de 2019

Resumo

INTRODUÇÃO: O ENVELHECIMENTO DA POPULAÇÃO É UM DOS GRANDES DESAFIOS DO SÉCULO. E COM ISSO, A POPULAÇÃO IDOSA TORNA-SE MAIS SUSCEPTÍVEL AO DESENVOLVIMENTO DE DOR CRÔNICA EM VIRTUDE A MAIOR EXPOSIÇÃO A TRAUMATISMOS, INFECÇÕES E DOENÇAS CRÔNICO-DEGENERATIVAS. A LOMBALGIA É UM SINTOMA COMUM NESTA ETAPA DA VIDA, SENDO RESPONSÁVEL POR QUADRO CLÍNICO DE DOR E INCAPACIDADE LOCOMOTIVA. O DESENVOLVIMENTO DE PRÁTICAS ALTERNATIVAS DE CUIDADO QUE POSSAM AMENIZAR OS IMPACTOS SOCIAIS, FÍSICOS E PSICOLÓGICOS VIVENCIADOS PELO IDOSOS COM ESTE SINTOMA, DEVEM SER INCENTIVADOS. OBJETIVOS: ANALISAR NA LITERATURA AS TERAPIAS ALTERNATIVAS DISPONÍVEIS PARA IDOSOS COM DOR LOMBAR. MÉTODO: REVISÃO INTEGRATIVA DA LITERATURA, REALIZADA NO MÊS DE NOVEMBRO DE 2018, UTILIZADO AS BASES DE DADOS DO BVS: MEDLINE, LILACS, MOSAICO - MEDICINA INTEGRATIVA, BDENF, IBECS. RESULTADOS: FORAM ENCONTRADOS 90 ARTIGOS DE ACORDO COM OS DECS AGED/COMPLEMENTARY THERAPIES/LOW BACK PAIN, SENDO 83 MEDLINE, 03 LILACS, 02 MOSAICO – MEDICINA INTEGRATIVA, 01 BDENF E 01 IBECS. APÓS APLICAR OS CRITÉRIOS METODOLÓGICOS, RESTARAM 03 ARTIGOS, ONDE O DELINEAMENTO EVIDENCIOU-SE: TRANSVERSAL, RANDOMIZADO E QUALITATIVO. QUANTO A TERAPIA UTILIZADA, AS MAIS ABORDADAS FORAM: OSTEOPATIA, MASSAGEM, ACUPUNTURA, MEDITAÇÃO E TENS. OBSERVOU-SE A ESCASSEZ DE ARTIGOS QUE ABORDASSEM O TEMA, MOSTRANDO A NECESSIDADE DE MAIS ESTUDOS QUE ABORDEM ESSA TEMÁTICA COM IDOSOS. CONCLUSÕES: A COMPREENSÃO DO PROCESSO DE ENVELHECIMENTO É PRIMORDIAL PARA O ENTENDIMENTO DAS PATOLOGIAS ASSOCIADAS, PODENDO DECRETAR O SUCESSO DO TRATAMENTO COM TERAPIAS ALTERNATIVAS, UMA VEZ QUE SEJAM REALIZADAS ESTRATÉGIAS ESPECIFICAS E CRITERIOSAS PARA CADA INDIVÍDUO.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.