Artigo Anais VI CIEH

ANAIS de Evento

ISSN: 2318-0854

Visualizações: 190
PERFIL DE MORBIDADES DE CUIDADORES FAMILIARES DE IDOSOS COM SEQUELAS DO ACIDENTE VASCULAR ENCEFÁLICO

Palavra-chaves: CUIDADORES, ACIDENTE VASCULAR ENCEFÁLICO, IDOSO Pôster (PO) AT 07: Cuidadores de pessoas idosas: formação e competências

Resumo

O ACIDENTE VASCULAR ENCEFÁLICO (AVE) É UMA SÍNDROME NEUROLÓGICA FREQUENTE EM ADULTOS E IDOSOS, SENDO UMA DAS MAIORES CAUSAS DE MORBIMORTALIDADE EM TODO O MUNDO, QUE PODE CAUSAR DISFUNÇÃO FÍSICA, COGNITIVA E COMPORTAMENTAL. ESTUDO TRANSVERSAL, DESCRITIVO, OBSERVACIONAL, PROSPECTIVO E QUANTITATIVO, REALIZADO NA ZONA URBANA DO MUNICÍPIO DE CARUARU-PE COM 157 CUIDADORES FAMILIARES PRIMÁRIOS DE IDOSOS COM SEQUELAS DE AVE. ATRAVÉS DO PROGRAMA SPSS FORAM REALIZADAS AS DISTRIBUIÇÕES DOS GRUPOS COM SUAS RESPECTIVAS CARACTERÍSTICAS SOCIODEMOGRÁFICAS E PERFIL DE MORBIDADES ATRAVÉS DE NÚMEROS ABSOLUTOS E PERCENTUAIS QUE ESTÃO DESCRITOS NO ESTUDO. EM RELAÇÃO AO PERFIL DE MORBIDADES, A MAIORIA DOS CUIDADORES AFIRMOU POSSUIR ALGUM TIPO DE DOENÇA CRÔNICA (69,4%) E FAZER USO CONTÍNUO DE MEDICAMENTOS (60,5%) PARA CONTROLE DAS MESMAS. DENTRE AS DOENÇAS CITADAS PELOS CUIDADORES, A MAIS PREVALENTE É HIPERTENSÃO QUE ESTÁ PRESENTE EM 45,9% DOS CUIDADORES, SEGUIDA DA DISLIPIDEMIA (22,3%) E DA DEPRESSÃO (17,8%). PORTANTO, TAMBÉM, É NECESSÁRIO IDENTIFICAR QUAIS E COMO AS COMORBIDADES EM CUIDADORES AFETAM A SUA QUALIDADE DE VIDA E CONTRIBUI PARA A TENSÃO DO PAPEL DO CUIDADOR. O CONHECIMENTO DESSES ASPECTOS PODE DIRECIONAR O OLHAR DO PROFISSIONAL DE SAÚDE ÀS POSSÍVEIS NECESSIDADES DESSE PÚBLICO. A IDENTIFICAÇÃO DO PERFIL E DAS ESPECIFICIDADES DESTA POPULAÇÃO PERMITE QUE SE CRIEM PLANOS DE AÇÃO E POLÍTICAS DIRECIONADAS COM O OBJETIVO DE OBTER MELHORIA NA QUALIDADE DE VIDA DOS INDIVÍDUOS, PODENDO MELHORAR POLÍTICAS PÚBLICAS DIRECIONADAS ESTA POPULAÇÃO E GERAR REDUÇÃO DE GASTOS PÚBLICOS COM CUIDADOS.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.