Artigo Anais VI CIEH

ANAIS de Evento

ISSN: 2318-0854

COMPONENTES ESTRUTURAIS DA TEORIA GERAL DO AUTOCUIDADO NO CONTEXTO DA MULHER IDOSA COM VULNERABILIDADE AO HIV/AIDS SEGUNDO MELEIS

Palavra-chaves: TEORIAS DE ENFERMAGEM, AUTOCUIDADO, ENVELHECIMENTO, HIV, HIV Pôster (PO) AT 05: Resiliência, Sexualidade e Questões de Gênero no envelhecimento Publicado em 26 de junho de 2019

Resumo

AS TEORIAS DE ENFERMAGEM REPRESENTAM UM MEIO DE CONQUISTA E EFETIVAÇÃO DA AUTONOMIA DO ENFERMEIRO A PARTIR DO APROFUNDAMENTO NO SEU PRÓPRIO SABER. IDENTIFICOU-SE A TEORIA GERAL DO AUTOCUIDADO DE DOROTHEA OREM COMO REFERENCIAL TEÓRICO, DA ÁREA DE ENFERMAGEM, COM MAIOR FREQUÊNCIA DE UTILIZAÇÃO NOS ESTUDOS QUE TRATAM DA VULNERABILIDADE AO HIV/AIDS. OBJETIVOU-SE DESCREVER OS COMPONENTES ESTRUTURAIS DA TEORIA GERAL DE AUTOCUIDADO DE OREM EM RELAÇÃO AO CONTEXTO DE VULNERABILIDADE DA MULHER IDOSA AO HIV/AIDS POR MEIO DO MODELO DE AVALIAÇÃO DE TEORIAS DE MELEIS. DESENVOLVEU-SE UM ESTUDO DE NATUREZA DESCRITIVO-REFLEXIVA, DURANTE A ELABORAÇÃO DE UMA DISSERTAÇÃO DE MESTRADO, UTILIZANDO O MODELO DE AVALIAÇÃO DE TEORIAS PROPOSTO POR MELEIS QUANTO À DESCRIÇÃO DOS COMPONENTES ESTRUTURAIS DA TEORIA GERAL DE AUTOCUIDADO DE OREM EM ADAPTAÇÃO AO CONTEXTO DA MULHER IDOSA COM VULNERABILIDADE RELACIONADA AO HIV/AIDS. UTILIZOU-SE A ANÁLISE INTERPRETATIVA COM A DESCRIÇÃO DO MODELO ESPECIFICAMENTE NOS COMPONENTES ESTRUTURAIS DA TEORIA, BUSCANDO IDENTIFICAR E ADAPTAR PRESSUPOSTOS E CONCEITOS DA TEORIA GERAL DO AUTOCUIDADO DE OREM AO CONTEXTO DA MULHER IDOSA COM VULNERABILIDADE RELACIONADA AO HIV/AIDS. DESCREVEU-SE OS QUATRO CONCEITOS DO METAPARADIGMA DA ENFERMAGEM CONTEMPLADOS PELA TEORIA GERAL DO AUTOCUIDADO E 10 PRESSUPOSTOS DOS CONSTRUCTOS TEÓRICOS QUE COMPÕEM A TEORIA GERAL FRENTE AO CONTEXTO ESPECÍFICO DA CLIENTELA. A DESCRIÇÃO DA TEORIA GERAL DO AUTOCUIDADO DE OREM PERMITIU A SUA IDENTIFICAÇÃO COMO REFERENCIAL RELEVANTE À COMPREENSÃO DAS SITUAÇÕES ÀS QUAIS AS MULHERES IDOSAS ESTÃO EXPOSTAS EM RELAÇÃO AO HIV/AIDS, ENQUANTO PORTADORA DO VÍRUS OU NÃO.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.