Artigo Anais XIII CONAGES

ANAIS de Evento

ISSN: 2177-4781

Visualizações: 214
ENTRE TREVAS E LUZ: A LOUCURA DE BERTHA MASON EM JANE EYRE, DE CHARLOTTE BRONTË

Palavra-chaves: LOUCURA, FEMININO, BERTHA MASON, CHARLOTTE BRONTË Comunicação Oral (CO) GT 06 – Estudos literários, Gênero e Sexualidades

Resumo

O presente trabalho tem como objetivo fazer uma análise de como a loucura é representada dentro do romance vitoriano, Jane Eyre, de Charlote Brontë, a partir da personagem Bertha Mason. Neste, atentaremos para o modo como a personagem considerada como louca é tratada (metaforicamente e clinicamente) e como é vista por aqueles que o cercam. Para tanto, o trabalho bebe nas fontes de Michel Foucault acerca da história da loucura, bem como de Brandão e Branco, acerca da mulher no universo da loucura.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.