Artigo Anais V CIEH

ANAIS de Evento

ISSN: 2318-0854

ESTADO COGNITIVO E SINTOMAS DE DEPRESSÃO EM IDOSOS DOMICILIADOS

Palavra-chaves: IDOSO, COGNIÇÃO, DEPRESSÃO Tema Livre (TL) AT-02: Doenças Biopsicossociais no Processo de Envelhecimento
"2017-12-20 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 34399
    "edicao_id" => 76
    "trabalho_id" => 1164
    "inscrito_id" => 899
    "titulo" => "ESTADO COGNITIVO E SINTOMAS DE DEPRESSÃO EM IDOSOS DOMICILIADOS"
    "resumo" => "O presente estudo objetivou investigar o estado cognitivo e  sintomas de depressão em idosos domiciliados. Trata-se de um estudo de natureza quantitativa, observacional, transversal, com amostra de 171 idosos, residentes em domicílios e cadastrados em Unidades de Saúde da Família. A coleta de dados foi realizada no domicílio dos idosos, mediante entrevista subsidiada por um roteiro estruturado, para a obtenção dos dados pessoais e sociodemográficos, Escala de Depressão Geriátrica (EDG) e o Mini Exame do Estado Mental. Os  dados foram analisados através de análise descritiva, com auxilio do software SPSS versão 22.0. No perfil sociodemográfico observou-se predomínio de idosos do sexo feminino (69%), faixa etária 65-69 anos (24,6%), casados (52,5%), morando com cônjuge e filhos (31,6%), analfabetos (33,3%), renda mensal familiar de 1 a 3 salários mínimos (50,9%). Ao avaliar o declínio cognitivo prevaleceram os idosos sem déficit (77,8%). No tocante aos sintomas de depressão, 72,51 % não possuem sintomatologia depressiva. O declínio cognitivo e os sintomas de depressão representam determinantes de saúde importante, que necessita de constante avaliação e monitoramento, com vista na prevenção de agravos e na produção de subsídios que fundamente a atenção a saúde do idoso."
    "modalidade" => "Tema Livre (TL)"
    "area_tematica" => "AT-02: Doenças Biopsicossociais no Processo de Envelhecimento"
    "palavra_chave" => "IDOSO, COGNIÇÃO, DEPRESSÃO"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV075_MD2_SA2_ID899_23102017225515.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:19"
    "updated_at" => "2020-06-09 18:49:34"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "CLEANE ROSA RIBEIRO DA SILVA"
    "autor_nome_curto" => "CLEANE"
    "autor_email" => "cleane_rosas@hotmail.com"
    "autor_ies" => "FACULDADE DE CIÊNCIAS MÉDICAS DA PARAÍBA (FCMPB)"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-v-cieh"
    "edicao_nome" => "Anais V CIEH"
    "edicao_evento" => "V Congresso Internacional de Envelhecimento Humano"
    "edicao_ano" => 2017
    "edicao_pasta" => "anais/cieh/2017"
    "edicao_logo" => "5e49e719ef6ea_16022020220633.jpg"
    "edicao_capa" => "5f182cfe0d414_22072020091142.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2017-12-20 00:00:00"
    "publicacao_id" => 10
    "publicacao_nome" => "Anais do Congresso Internacional de Envelhecimento Humano (CIEH)"
    "publicacao_codigo" => "2318-0854"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 34399
    "edicao_id" => 76
    "trabalho_id" => 1164
    "inscrito_id" => 899
    "titulo" => "ESTADO COGNITIVO E SINTOMAS DE DEPRESSÃO EM IDOSOS DOMICILIADOS"
    "resumo" => "O presente estudo objetivou investigar o estado cognitivo e  sintomas de depressão em idosos domiciliados. Trata-se de um estudo de natureza quantitativa, observacional, transversal, com amostra de 171 idosos, residentes em domicílios e cadastrados em Unidades de Saúde da Família. A coleta de dados foi realizada no domicílio dos idosos, mediante entrevista subsidiada por um roteiro estruturado, para a obtenção dos dados pessoais e sociodemográficos, Escala de Depressão Geriátrica (EDG) e o Mini Exame do Estado Mental. Os  dados foram analisados através de análise descritiva, com auxilio do software SPSS versão 22.0. No perfil sociodemográfico observou-se predomínio de idosos do sexo feminino (69%), faixa etária 65-69 anos (24,6%), casados (52,5%), morando com cônjuge e filhos (31,6%), analfabetos (33,3%), renda mensal familiar de 1 a 3 salários mínimos (50,9%). Ao avaliar o declínio cognitivo prevaleceram os idosos sem déficit (77,8%). No tocante aos sintomas de depressão, 72,51 % não possuem sintomatologia depressiva. O declínio cognitivo e os sintomas de depressão representam determinantes de saúde importante, que necessita de constante avaliação e monitoramento, com vista na prevenção de agravos e na produção de subsídios que fundamente a atenção a saúde do idoso."
    "modalidade" => "Tema Livre (TL)"
    "area_tematica" => "AT-02: Doenças Biopsicossociais no Processo de Envelhecimento"
    "palavra_chave" => "IDOSO, COGNIÇÃO, DEPRESSÃO"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV075_MD2_SA2_ID899_23102017225515.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:19"
    "updated_at" => "2020-06-09 18:49:34"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "CLEANE ROSA RIBEIRO DA SILVA"
    "autor_nome_curto" => "CLEANE"
    "autor_email" => "cleane_rosas@hotmail.com"
    "autor_ies" => "FACULDADE DE CIÊNCIAS MÉDICAS DA PARAÍBA (FCMPB)"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-v-cieh"
    "edicao_nome" => "Anais V CIEH"
    "edicao_evento" => "V Congresso Internacional de Envelhecimento Humano"
    "edicao_ano" => 2017
    "edicao_pasta" => "anais/cieh/2017"
    "edicao_logo" => "5e49e719ef6ea_16022020220633.jpg"
    "edicao_capa" => "5f182cfe0d414_22072020091142.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2017-12-20 00:00:00"
    "publicacao_id" => 10
    "publicacao_nome" => "Anais do Congresso Internacional de Envelhecimento Humano (CIEH)"
    "publicacao_codigo" => "2318-0854"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 20 de dezembro de 2017

Resumo

O presente estudo objetivou investigar o estado cognitivo e sintomas de depressão em idosos domiciliados. Trata-se de um estudo de natureza quantitativa, observacional, transversal, com amostra de 171 idosos, residentes em domicílios e cadastrados em Unidades de Saúde da Família. A coleta de dados foi realizada no domicílio dos idosos, mediante entrevista subsidiada por um roteiro estruturado, para a obtenção dos dados pessoais e sociodemográficos, Escala de Depressão Geriátrica (EDG) e o Mini Exame do Estado Mental. Os dados foram analisados através de análise descritiva, com auxilio do software SPSS versão 22.0. No perfil sociodemográfico observou-se predomínio de idosos do sexo feminino (69%), faixa etária 65-69 anos (24,6%), casados (52,5%), morando com cônjuge e filhos (31,6%), analfabetos (33,3%), renda mensal familiar de 1 a 3 salários mínimos (50,9%). Ao avaliar o declínio cognitivo prevaleceram os idosos sem déficit (77,8%). No tocante aos sintomas de depressão, 72,51 % não possuem sintomatologia depressiva. O declínio cognitivo e os sintomas de depressão representam determinantes de saúde importante, que necessita de constante avaliação e monitoramento, com vista na prevenção de agravos e na produção de subsídios que fundamente a atenção a saúde do idoso.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.