Artigo Anais III CIEH

ANAIS de Evento

ISSN: 2318-0854

Visualizações: 272
ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM AO IDOSO COM DIAGNÓSTICO DE CANCER DE PÊNIS: ESTUDO DE CASO

Palavra-chaves: IDOSO, ENFERMAGEM, CÂNCER DE PENIS Pôster (PO) Atenção integral à saúde: promoção, prevenção, tratamento e reabilitação do idoso Publicado em 15 de junho de 2013

Resumo

INTRODUÇÃO: O Câncer de Pênis (CP) é uma doença que atinge majoritariamente os homens idosos não estando, no entanto, completamente ausente nos mais jovens. Parece existir uma maior prevalência desta doença nos indivíduos de raça hispânica e sua variante histológica mais prevalente é o carcinoma Espinocelular (com 75% dos casos), seguido pelo Carcinoma Verrucoso, Carcinoma Basaloide e Carcinoma Sarcomatoide. O CP é causado por um tumor maligno, muito agressivo e para ser tratado é necessário extirpar parte ou o pênis inteiramente, em casos mais graves pode levar a óbito. Como é uma doença que acontece mais em homens de uma faixa etária a partir de 60 anos tem mostrado seu pico de incidência aos 80 anos. OBJETIVOS: Conhecer o processo patológico e realizar os cuidados de enfermagem em idosos com câncer de pênis; METODOLOGIA: O trabalho centrou-se num estudo de caso, de caráter exploratório, com abordagem de pesquisa qualitativa que foi desenvolvido no período de 20 de outubro a 11 de novembro de 2012, com o propósito de intensificar a assistência de enfermagem ao idoso internado para tratamento. O local foi a unidade hospitalar de urologia num Hospital de Clínicas do Município de Fortaleza- Ceará onde recebe paciente não só do estado do Ceará, mas de toda a região norte e nordeste para tratamento de câncer e de outras doenças. A investigação, aprovada pelo comitê de ética, foi colhida com a colaboração do próprio idoso, do sexo masculino, internado por 21 dias para o uso de radioterapia e quimioterapia, com diagnóstico médico de câncer de pênis. O instrumento de coleta foi um diário de campo onde se registrou a assistência de enfermagem realizada com o idoso no posto urológico no período do estudo. RESULTADOS: O idoso E.F.S, de 67anos, sexo masculino, internado neste hospital com quadro de câncer de pênis. Foi feito uma anamnese com um completo exame físico onde nos preocupamos em detectar se existiam outros sinais de possíveis complicações no corpo do paciente, o qual proporcionou uma completa colaboração. Depois foi feito à consulta no prontuário, onde pudemos verificar que foram realizados todos os exames complementares solicitados, como: Verificamos Rx, ultrassonografia, hemograma completo, sumário de urina, peso=59kg e PT:150cm. O paciente estava afebril: 37,2C, eupnéico: 20rpm, PA = 130x90. Referia sono e repouso preservado, estava hidratado, higienizado e sua lesão peniana com curativos. CONSIDERAÇÕES FINAIS: A assistência de enfermagem foi importante para a melhoria do paciente, pois através do cuidado individualizado, e sistematizado é que foi possível oferecer atenção direcionada para as suas reais necessidades. A enfermagem atuou num conceito de cuidados gerais, proporcionando grandes benefícios quando da execução das técnicas desenvolvidas com foco na melhoria da qualidade de vida do paciente estudado. Foram identificados os diagnósticos e realizadas as intervenções mais específicas no tratamento deste idoso com resultados que superaram as estimativas. O idoso referiu quadro de melhora e verbalizou estar recebendo os melhores atendimentos. A enfermagem agiu no manejo terapêutico deste paciente ajudando também a família a atuar como cúmplice no processo de cura do mesmo.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.