Artigo Anais II CONBRACIS

ANAIS de Evento

ISSN: 2525-6696

PREVALÊNCIA DE DISLIPIDEMIAS EM PACIENTES PRÉ-DIABÉTICOS E DIABÉTICOS ATENDIDOS EM UM LABORATÓRIO DE ANÁLISES CLÍNICAS DA CIDADE DE CAMPINA GRANDE-PB

Palavra-chaves: DISLIPIDEMIA, INFARTO AGUDO DO MIOCÁRDIO, PREVALÊNCIA Comunicação Oral (CO) AT-03: Farmácia
"2017-06-14 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 29546
    "edicao_id" => 60
    "trabalho_id" => 664
    "inscrito_id" => 1100
    "titulo" => "PREVALÊNCIA DE DISLIPIDEMIAS EM PACIENTES PRÉ-DIABÉTICOS E DIABÉTICOS ATENDIDOS EM UM LABORATÓRIO DE ANÁLISES CLÍNICAS DA CIDADE DE CAMPINA GRANDE-PB"
    "resumo" => "Dislipidemia é um quadro clínico caracterizado por concentrações anormais de lipídios ou lipoproteínas. A complexa relação entre os níveis de triglicerídeos e o desenvolvimento de doença coronariana tem sido difícil de ser desvendada. A formação da placa aterosclerótica inicia-se com a agressão ao endotélio vascular devido a diversos fatores de risco como elevação de lipoproteínas aterogênicas (LDL, IDL, VLDL, remanescentes de quilomícrons) Estudos comprovam que mulheres têm níveis de HDL-c mais elevados do que os homens, já para os triglicerídeos, ocorre o contrário. Atualmente, as doenças cardiovasculares representam a principal causa de morte, desde jovens adultos até idosos O objetivo desta pesquisa foi avaliar a prevalência de dislipidemias em pacientes diabéticos e pré-diabéticos atendidos no Centro de Hematologia e Laboratório de Análises Clínicas-Ltda (Hemoclin). Foram coletados os dados 79 pacientes de ambos os gêneros com glicemia de jejum ou glicemia média acima de 100 mg/dL. Os parâmetros investigados, para avaliar o risco cardiovascular foram as dosagens de HDLc, LDLc e triglicerídeos. Do total de homens avaliados 46,87% apresentaram um risco de infarto baixíssimo, 34,37% risco baixo e 15,62% risco moderado quando avaliou-se a razão enre LDL-c/HDL-c. Sobre o total de mulheres, 31,91% apresentou risco baixissimo,  55,31% risco baixo e 12,76% risco moderado. Neste estudo foram tratados os dados de 32 homens e 51 mulheres, os quais 41% dos homens e 29% das mulheres apresentam hipertrigliceridemia. Valores aumentados só de triglicerídeos não são alerta maior para risco de doenças coronárias, porém esta elevação associada à níveis baixos de HDL-c são preocupantes, sobretudo em pacientes em idade avançada. Este estudo reforça estudos anteriores que mostram as mulheres com maior desregularidade na relação LDLc/HDL-c e os homens com maior prevalência de hipertrigliceridemia."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "AT-03: Farmácia"
    "palavra_chave" => "DISLIPIDEMIA, INFARTO AGUDO DO MIOCÁRDIO, PREVALÊNCIA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV071_MD1_SA3_ID1100_15052017185616.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:15"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:29:31"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "RAIFF DOS SANTOS DANTAS"
    "autor_nome_curto" => "RAIFF DANTAS"
    "autor_email" => "raiff.sd@hotmail.com"
    "autor_ies" => "UEPB"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-ii-conbracis"
    "edicao_nome" => "Anais II CONBRACIS"
    "edicao_evento" => "II Congresso Brasileiro de Ciências da Saúde"
    "edicao_ano" => 2017
    "edicao_pasta" => "anais/conbracis/2017"
    "edicao_logo" => "5e4a0123e6440_16022020235739.jpg"
    "edicao_capa" => "5f1844ec532ad_22072020105348.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2017-06-14 00:00:00"
    "publicacao_id" => 29
    "publicacao_nome" => "Anais Conbracis"
    "publicacao_codigo" => "2525-6696"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 29546
    "edicao_id" => 60
    "trabalho_id" => 664
    "inscrito_id" => 1100
    "titulo" => "PREVALÊNCIA DE DISLIPIDEMIAS EM PACIENTES PRÉ-DIABÉTICOS E DIABÉTICOS ATENDIDOS EM UM LABORATÓRIO DE ANÁLISES CLÍNICAS DA CIDADE DE CAMPINA GRANDE-PB"
    "resumo" => "Dislipidemia é um quadro clínico caracterizado por concentrações anormais de lipídios ou lipoproteínas. A complexa relação entre os níveis de triglicerídeos e o desenvolvimento de doença coronariana tem sido difícil de ser desvendada. A formação da placa aterosclerótica inicia-se com a agressão ao endotélio vascular devido a diversos fatores de risco como elevação de lipoproteínas aterogênicas (LDL, IDL, VLDL, remanescentes de quilomícrons) Estudos comprovam que mulheres têm níveis de HDL-c mais elevados do que os homens, já para os triglicerídeos, ocorre o contrário. Atualmente, as doenças cardiovasculares representam a principal causa de morte, desde jovens adultos até idosos O objetivo desta pesquisa foi avaliar a prevalência de dislipidemias em pacientes diabéticos e pré-diabéticos atendidos no Centro de Hematologia e Laboratório de Análises Clínicas-Ltda (Hemoclin). Foram coletados os dados 79 pacientes de ambos os gêneros com glicemia de jejum ou glicemia média acima de 100 mg/dL. Os parâmetros investigados, para avaliar o risco cardiovascular foram as dosagens de HDLc, LDLc e triglicerídeos. Do total de homens avaliados 46,87% apresentaram um risco de infarto baixíssimo, 34,37% risco baixo e 15,62% risco moderado quando avaliou-se a razão enre LDL-c/HDL-c. Sobre o total de mulheres, 31,91% apresentou risco baixissimo,  55,31% risco baixo e 12,76% risco moderado. Neste estudo foram tratados os dados de 32 homens e 51 mulheres, os quais 41% dos homens e 29% das mulheres apresentam hipertrigliceridemia. Valores aumentados só de triglicerídeos não são alerta maior para risco de doenças coronárias, porém esta elevação associada à níveis baixos de HDL-c são preocupantes, sobretudo em pacientes em idade avançada. Este estudo reforça estudos anteriores que mostram as mulheres com maior desregularidade na relação LDLc/HDL-c e os homens com maior prevalência de hipertrigliceridemia."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "AT-03: Farmácia"
    "palavra_chave" => "DISLIPIDEMIA, INFARTO AGUDO DO MIOCÁRDIO, PREVALÊNCIA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV071_MD1_SA3_ID1100_15052017185616.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:15"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:29:31"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "RAIFF DOS SANTOS DANTAS"
    "autor_nome_curto" => "RAIFF DANTAS"
    "autor_email" => "raiff.sd@hotmail.com"
    "autor_ies" => "UEPB"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-ii-conbracis"
    "edicao_nome" => "Anais II CONBRACIS"
    "edicao_evento" => "II Congresso Brasileiro de Ciências da Saúde"
    "edicao_ano" => 2017
    "edicao_pasta" => "anais/conbracis/2017"
    "edicao_logo" => "5e4a0123e6440_16022020235739.jpg"
    "edicao_capa" => "5f1844ec532ad_22072020105348.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2017-06-14 00:00:00"
    "publicacao_id" => 29
    "publicacao_nome" => "Anais Conbracis"
    "publicacao_codigo" => "2525-6696"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 14 de junho de 2017

Resumo

Dislipidemia é um quadro clínico caracterizado por concentrações anormais de lipídios ou lipoproteínas. A complexa relação entre os níveis de triglicerídeos e o desenvolvimento de doença coronariana tem sido difícil de ser desvendada. A formação da placa aterosclerótica inicia-se com a agressão ao endotélio vascular devido a diversos fatores de risco como elevação de lipoproteínas aterogênicas (LDL, IDL, VLDL, remanescentes de quilomícrons) Estudos comprovam que mulheres têm níveis de HDL-c mais elevados do que os homens, já para os triglicerídeos, ocorre o contrário. Atualmente, as doenças cardiovasculares representam a principal causa de morte, desde jovens adultos até idosos O objetivo desta pesquisa foi avaliar a prevalência de dislipidemias em pacientes diabéticos e pré-diabéticos atendidos no Centro de Hematologia e Laboratório de Análises Clínicas-Ltda (Hemoclin). Foram coletados os dados 79 pacientes de ambos os gêneros com glicemia de jejum ou glicemia média acima de 100 mg/dL. Os parâmetros investigados, para avaliar o risco cardiovascular foram as dosagens de HDLc, LDLc e triglicerídeos. Do total de homens avaliados 46,87% apresentaram um risco de infarto baixíssimo, 34,37% risco baixo e 15,62% risco moderado quando avaliou-se a razão enre LDL-c/HDL-c. Sobre o total de mulheres, 31,91% apresentou risco baixissimo, 55,31% risco baixo e 12,76% risco moderado. Neste estudo foram tratados os dados de 32 homens e 51 mulheres, os quais 41% dos homens e 29% das mulheres apresentam hipertrigliceridemia. Valores aumentados só de triglicerídeos não são alerta maior para risco de doenças coronárias, porém esta elevação associada à níveis baixos de HDL-c são preocupantes, sobretudo em pacientes em idade avançada. Este estudo reforça estudos anteriores que mostram as mulheres com maior desregularidade na relação LDLc/HDL-c e os homens com maior prevalência de hipertrigliceridemia.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.