Artigo Anais I CONBRACIS

ANAIS de Evento

ISSN: 2525-6696

PERFIL MICROBIOLÓGICO DOS LAVADOS TRAQUEAIS DE PACIENTES EM VENTILAÇÃO MECÂNICA NA UTI PEDIÁTRICA

Palavra-chaves: INFECÇÃO HOSPITALAR, PNEUMONIA ASSOCIADA AO VENTILADOR MECÂNICO, INFECÇÕES BACTERIANAS Comunicação Oral (CO) AT-03: FARMÁCIA Publicado em 15 de junho de 2016

Resumo

A pneumonia associada à ventilação mecânica (PAV) compreende uma divisão das infecções relacionadas a assistência em saúde (IRAS), nas quais ocorre uma invasão bacteriana do parênquima pulmonar do paciente ventilado mecanicamente. Os patógenos comumente relacionados às pneumonias são os cocos gram-positivos e os bacilos aeróbicos gram-negativos. Este estudo teve como objetivo quantificar culturas de lavado traqueal positivas, e identificar nessas os microorganismos mais prevalentes em infecções do trato respiratório de pacientes internos na UTI geral, do Complexo de Pediatria Arlinda Marques (CPAM). Trata-se de um estudo retrospectivo documental, no qual se analisou os resultados de culturas dos lavados traqueais, realizados no CPAM no período de janeiro de 2014 a dezembro de 2015. Os percentuais foram calculados através do programa Microsoft® Excel 2010. Verificou-se que das 24 culturas feitas com lavado traqueal no ano de 2014 na UTI, 70,8% (17 culturas) foram positivas, ou seja, foi detectado crescimento bacteriano, e 29,2% (7 culturas) foram negativas não sendo observado nenhum crescimento nessas culturas. Observou-se que para ambos os anos, as culturas apresentando crescimento de P. aeruginosa apresentaram maior incidência: 2014 (35,3%), e para 2015 (25%). Em 2015, detecção dessas mesmas cepas foi relatada nas culturas, porém com um percentual maior que o ano anterior. Os achados desse estudo permitem verificar quais os microorganismos mais prevalentes na UTI pediátrica deste hospital, favorecendo o desenvolvimento de condutas terapêuticas profiláticas.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.