Artigo Anais I CONBRACIS

ANAIS de Evento

ISSN: 2525-6696

Visualizações: 237
MALEFÍCIOS DA HIPOVITAMINOSE D EM PACIENTES PORTADORES DO VÍRUS HIV

Palavra-chaves: HIV, ANTIRRETROVIRAIS, HIPOVITAMINOSE D Pôster (PO) AT-06: NUTRIÇÃO Publicado em 15 de junho de 2016

Resumo

O vírus da imunodeficiência humana (HIV) é o causador da AIDS, uma infecção responsável por afetar o sistema imunológico, invadindo as células CD4+ e linfócitos T-helper, causando uma depleção progressiva destas células e provocando uma imunodeficiência. No mundo, mais de 70 milhões de pessoas são infectadas pelo vírus e cerca de 35 milhões morrem decorrentes desta contaminação. A vitamina D, pertencente ao grupo das vitaminas lipossolúveis, é considerada um hormônio esteróide, obtida através da luz solar e de algumas fontes alimentares. Tem como funções a manutenção do bom funcionamento do metabolismo do cálcio e fosfato, manutenção do tecido ósseo, influencia no sistema imunológico, nervoso central, circulatório e na secreção de insulina pelo pâncreas. Níveis baixos desta vitamina estão associados a doenças autoimunes, aumento do risco de desenvolvimento de câncer, hipertensão, osteomalácia e osteoporose em adultos e doenças infecciosas. Sua função nos portadores do vírus HIV é referente à síntese de peptídeos antimicrobianos, na diminuição ou impedimento da entrada do vírus na fase aguda, induzindo ferramentas para uma resposta imediata por linfócitos T-helper menos efetiva contra a infecção na fase crônica.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.