Artigo Anais I CONBRACIS

ANAIS de Evento

ISSN: 2525-6696

ESTUDO DO APOIO SOCIAL EM IDOSOS QUILOMBOLAS

Palavra-chaves: IDOSOS, COMUNIDADES QUILOMBOLAS, SUPORTE SOCIAL Comunicação Oral (CO) AT-05: SAÚDE MENTAL
"2016-06-15 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 19170
    "edicao_id" => 43
    "trabalho_id" => 941
    "inscrito_id" => 643
    "titulo" => "ESTUDO DO APOIO SOCIAL EM IDOSOS QUILOMBOLAS"
    "resumo" => "Objetivou-se averiguar o suporte social em idosos de comunidades remanescentes de quilombos. Trata-se de um estudo quantitativo, de corte transversal e caráter exploratório. Participaram 69 idosos residentes nas comunidades de Pedra D’Água e Caiana dos Crioulos.  Para coleta de dados foi utilizado um questionário demográfico e a Escala de Percepção da Qualidade do Suporte Social – ISEL (versão reduzida). Foram realizadas análises descritivas dos dados. Observou-se que os idosos apresentaram uma média de idade igual a 69,62 anos (DP= 6,87), ocorrendo uma ligeira prevalência do sexo feminino (60,9%). A maioria dos idosos é casada ou vive com companheiro (65,2%), nunca foi à escola (59,4%) e mora com algum familiar (95,7%), Observou-se um moderado nível de percepção de suporte social, com média geral de 17,66 pontos (DP=2,87). Notou-se também a presença de elevados níveis de suporte social percebido pela maioria dos idosos, a partir da categorização da escala segundo intensidades do suporte social ocorrendo prevalência de um nível muito alto de suporte social (43,5%). Ressalta-se a importância de considerar a rede de suporte social presente no cotidiano de idosos quilombolas, como forma de considerar os meios dos quais estes dispõem para o auxílio na promoção de sua saúde e do seu bem estar."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "AT-05: SAÚDE MENTAL"
    "palavra_chave" => "IDOSOS, COMUNIDADES QUILOMBOLAS, SUPORTE SOCIAL"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV055_MD1_SA5_ID643_01062016001102.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:05"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:28:10"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "IANA ANDRADE SAMPAIO FELIPE"
    "autor_nome_curto" => "IANA ANDRADE"
    "autor_email" => "iana_net@hotmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-i-conbracis"
    "edicao_nome" => "Anais I CONBRACIS"
    "edicao_evento" => "Congresso Brasileiro de Ciências da Saúde"
    "edicao_ano" => 2016
    "edicao_pasta" => "anais/conbracis/2016"
    "edicao_logo" => "5e4a005a0a41f_16022020235418.jpg"
    "edicao_capa" => "5f1844e6a6a1a_22072020105342.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2016-06-15 00:00:00"
    "publicacao_id" => 29
    "publicacao_nome" => "Anais Conbracis"
    "publicacao_codigo" => "2525-6696"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 19170
    "edicao_id" => 43
    "trabalho_id" => 941
    "inscrito_id" => 643
    "titulo" => "ESTUDO DO APOIO SOCIAL EM IDOSOS QUILOMBOLAS"
    "resumo" => "Objetivou-se averiguar o suporte social em idosos de comunidades remanescentes de quilombos. Trata-se de um estudo quantitativo, de corte transversal e caráter exploratório. Participaram 69 idosos residentes nas comunidades de Pedra D’Água e Caiana dos Crioulos.  Para coleta de dados foi utilizado um questionário demográfico e a Escala de Percepção da Qualidade do Suporte Social – ISEL (versão reduzida). Foram realizadas análises descritivas dos dados. Observou-se que os idosos apresentaram uma média de idade igual a 69,62 anos (DP= 6,87), ocorrendo uma ligeira prevalência do sexo feminino (60,9%). A maioria dos idosos é casada ou vive com companheiro (65,2%), nunca foi à escola (59,4%) e mora com algum familiar (95,7%), Observou-se um moderado nível de percepção de suporte social, com média geral de 17,66 pontos (DP=2,87). Notou-se também a presença de elevados níveis de suporte social percebido pela maioria dos idosos, a partir da categorização da escala segundo intensidades do suporte social ocorrendo prevalência de um nível muito alto de suporte social (43,5%). Ressalta-se a importância de considerar a rede de suporte social presente no cotidiano de idosos quilombolas, como forma de considerar os meios dos quais estes dispõem para o auxílio na promoção de sua saúde e do seu bem estar."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "AT-05: SAÚDE MENTAL"
    "palavra_chave" => "IDOSOS, COMUNIDADES QUILOMBOLAS, SUPORTE SOCIAL"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV055_MD1_SA5_ID643_01062016001102.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:05"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:28:10"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "IANA ANDRADE SAMPAIO FELIPE"
    "autor_nome_curto" => "IANA ANDRADE"
    "autor_email" => "iana_net@hotmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-i-conbracis"
    "edicao_nome" => "Anais I CONBRACIS"
    "edicao_evento" => "Congresso Brasileiro de Ciências da Saúde"
    "edicao_ano" => 2016
    "edicao_pasta" => "anais/conbracis/2016"
    "edicao_logo" => "5e4a005a0a41f_16022020235418.jpg"
    "edicao_capa" => "5f1844e6a6a1a_22072020105342.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2016-06-15 00:00:00"
    "publicacao_id" => 29
    "publicacao_nome" => "Anais Conbracis"
    "publicacao_codigo" => "2525-6696"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 15 de junho de 2016

Resumo

Objetivou-se averiguar o suporte social em idosos de comunidades remanescentes de quilombos. Trata-se de um estudo quantitativo, de corte transversal e caráter exploratório. Participaram 69 idosos residentes nas comunidades de Pedra D’Água e Caiana dos Crioulos. Para coleta de dados foi utilizado um questionário demográfico e a Escala de Percepção da Qualidade do Suporte Social – ISEL (versão reduzida). Foram realizadas análises descritivas dos dados. Observou-se que os idosos apresentaram uma média de idade igual a 69,62 anos (DP= 6,87), ocorrendo uma ligeira prevalência do sexo feminino (60,9%). A maioria dos idosos é casada ou vive com companheiro (65,2%), nunca foi à escola (59,4%) e mora com algum familiar (95,7%), Observou-se um moderado nível de percepção de suporte social, com média geral de 17,66 pontos (DP=2,87). Notou-se também a presença de elevados níveis de suporte social percebido pela maioria dos idosos, a partir da categorização da escala segundo intensidades do suporte social ocorrendo prevalência de um nível muito alto de suporte social (43,5%). Ressalta-se a importância de considerar a rede de suporte social presente no cotidiano de idosos quilombolas, como forma de considerar os meios dos quais estes dispõem para o auxílio na promoção de sua saúde e do seu bem estar.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.