Artigo Anais I CONBRACIS

ANAIS de Evento

ISSN: 2525-6696

ESTUDO DE CASO COM BASE NO CUIDADO CENTRADO NA FAMÍLIA

Palavra-chaves: CUIDADO, CUIDADOR, FAMILIA, ENFERMAGEM Pôster (PO) AT-04: ENFERMAGEM Publicado em 15 de junho de 2016

Resumo

Introdução: O objetivo deste estudo de caso descrever a implementação do cuidado centrado na família e a evolução doIntrodução: O objetivo deste estudo de caso descrever a implementação do cuidado centrado na família e a evolução do familiar cuidador após a implementação desse cuidado de enfermagem. Metodologia: O estudo de caso foi realizado durante atividades práticas de disciplina da graduação, em hospital escola. Resultados e discussão: Durante as atividades, prestou-se assistência ao binômio criança-cuidador (mãe) durante dois dias consecutivos. Nesse período foi implementada a Sistematização da Assistência de Enfermagem, à luz da Teoria das Necessidades Humanas Básicas. Em todas as etapas do cuidado foram realizadas ações de cuidado que contemplasse as necessidades psicobiológicas e psicossociais do binômio, com base em um plano de cuidados centrado da família. Conclusão: Com a implementação de um cuidado prestado com base no modelo centrado na família, ocorreram mudanças imediatas no comportamento da acompanhante em relação às demandas de cuidado com a criança. A atuação do enfermeiro com o binômio mãe-criança, juntamente com a equipe multidisciplinar foi deveras relevante. Ademais, a criação de vínculos entre acadêmicos, profissionais de Enfermagem e equipe multiprofissional de saúde com a mãe pôde gerar um ambiente no qual a cuidadora sentiu- se mais amparada, segura, confiante e forte para enfrentar a condição de saúde do seu filho. familiar cuidador após a implementação desse cuidado de enfermagem. Metodologia: O estudo de caso foi realizado durante atividades práticas de disciplina da graduação, em hospital escola. Resultados e discussão: Durante as atividades, prestou-se assistência ao binômio criança-cuidador (mãe) durante dois dias consecutivos. Nesse período foi implementada a Sistematização da Assistência de Enfermagem, à luz da Teoria das Necessidades Humanas Básicas. Em todas as etapas do cuidado foram realizadas ações de cuidado que contemplasse as necessidades psicobiológicas e psicossociais do binômio, com base em um plano de cuidados centrado da família. Conclusão: Com a implementação de um cuidado prestado com base no modelo centrado na família, ocorreram mudanças imediatas no comportamento da acompanhante em relação às demandas de cuidado com a criança. A atuação do enfermeiro com o binômio mãe-criança, juntamente com a equipe multidisciplinar foi deveras relevante. Ademais, a criação de vínculos entre acadêmicos, profissionais de Enfermagem e equipe multiprofissional de saúde com a mãe pôde gerar um ambiente no qual a cuidadora sentiu- se mais amparada, segura, confiante e forte para enfrentar a condição de saúde do seu filho.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.