Artigo Anais I CONBRACIS

ANAIS de Evento

ISSN: 2525-6696

Visualizações: 243
DISLIPIDEMIA EM PACIENTES COM DIABETES MELLITUS TIPO 2

Palavra-chaves: DIABETES MELITO, DISLIPIDEMIA, HEMOGLOBINA GLICADA Comunicação Oral (CO) AT-03: FARMÁCIA Publicado em 15 de junho de 2016

Resumo

Dentre as doenças crônicas associadas ao estilo de vida moderno, o diabetes melito é uma das mais prevalentes e um dos mais sérios problemas de saúde pública no mundo. As mudanças do estilo de vida e a maior longevidade adquirida nos últimos anos são indicadas como as principais determinantes do elevado incremento na frequência do diabetes tipo 2 nos últimos anos. Pacientes com diabetes normalmente são portadores de diversos fatores de risco para doenças aterotrombóticas, tendo as dislipidemias uma atenção especial, pois nestes pacientes se verifica um grande aumento dos triglicerídeos e uma redução do HDL-C. O objetivo deste trabalho é analisar os pacientes que apresentam dislipidemias, dentro dos portadores de diabetes melito tipo 2 atendidos pelo Sistema Único de Saúde de Campina Grande. Foram analisados os exames de 146 indivíduos, dos quais 71% (n=104) do gênero feminino e 29% (n=42) do gênero masculino, cujas idades variaram entre 31 e 75 anos, numa média de 55,87 anos de idade. Todos os pacientes acompanhados apresentaram algum transtorno lipídico, caracterizado principalmente pela diminuição do HDL-C e elevação dos triglicerídeos e LDL-C. Valores mais elevados destes marcadores estiveram diretamente associados ao aumento da glicemia. Pela análise da Hb1Ac, apenas 42,0% dos pacientes apresentam um bom controle glicêmico.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.