Artigo Anais I CONBRACIS

ANAIS de Evento

ISSN: 2525-6696

Visualizações: 206
ATUAÇÃO DO EXERCÍCIO FÍSICO PARA CONTROLE DA GLICEMIA DE INDIVÍDUOS PORTADORES DE DIABETES MELLITUS.

Palavra-chaves: DIABETES MELLITUS, EXERCÍCIO FÍSICO, INSULINA Pôster (PO) AT-04: ENFERMAGEM Publicado em 15 de junho de 2016

Resumo

Diabetes Mellitus (DM) é uma doença de caráter crônico, podendo surgir em qualquer momento da vida diagnosticada pelo excesso de glicose (hiperglicemia) no sangue, pode ocorrer de quatro formas que são: a do tipo I que acomete prioritariamente jovens, causada pela destruição das células beta do pâncreas levando a uma insuficiência na produção de insulina, do tipo II, caracterizada pela resistência à insulina e produção relativa de insulina, acometendo geralmente adultos com mais de 30 anos, a gestacional, condição reconhecida pela primeira vez durante a gravidez sendo extinta logo após o parto e a ligada a doenças ou síndromes especificas. A falta ou deficiência na excreção de insulina no sangue corrobora com a elevação da concentração glicêmica, então, se faz necessário o uso de insulina, aplicada na camada adiposa da pele. A rotina de exercícios físicos toma bastante importância na promoção da saúde, na prevenção de doenças e na recuperação da saúde, também contribui para a redução de glicose no sangue, diminuindo consideravelmente o risco das complicações mediatas e tardias decorrentes da DM. O presente estudo tem como principal objetivo. Este relato de experiência teve como objetivo evidenciar de forma dinâmica a importância do exercício físico para o portador de DM acompanhado de perto por equipe multiprofissional da saúde, obtendo a partir da educação em saúde uma conscientização sobre a importância da prática do exercício físico sobre sua qualidade de vida, colaborando no controle da glicose presentes no sangue, redução do percentual de gordura e ganho de massa corporal magra.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.