Artigo Anais I CONBRACIS

ANAIS de Evento

ISSN: 2525-6696

ATRIBUIÇÕES DO ENFERMEIRO RELACIONADAS À PREVENÇÃO E CONTROLE DO CÂNCER DE COLO DE ÚTERO: RELATO DE EXPERIÊNCIA

Palavra-chaves: SAÚDE DA MULHER, ONCOLOGIA, CÂNCER DE COLO DE ÚTERO Pôster (PO) AT-04: ENFERMAGEM Publicado em 15 de junho de 2016

Resumo

Introdução: A infecção pelo vírus Papilomavírus humano (HPV) é bastante comum, porém na maioria das vezes não causa o câncer de colo de útero, apenas quando ocorrem alterações celulares podem evoluir para a neoplasia, essas alterações são detectadas no exame de colo de útero (INCA, 2015). A Estratégia saúde da família é essencial na prevenção e detecção da doença, estando à equipe de enfermagem capacitada para realizar suas intervenções em diferentes níveis da assistência, como também através de atividades de educação em saúde (BACKES et al, 2012). Objetivando descrever a atuação do Enfermeiro na Estratégia Saúde da Família na prevenção e controle do câncer de colo do útero, analisando também as atividades exercidas por este profissional, citar os benefícios de sua atuação para as usuárias, e enfatizar a importância do EMI para os discentes. Metodologia: Trata-se de um relato de experiência, do tipo descritivo, realizado durante o estágio multidisciplinar interiorizado (EMI), onde foi observado o papel do enfermeiro na atenção básica, na prevenção e controle do câncer de colo de útero. Relato de experiência: O EMI é de grande importância para a formação acadêmica, devido a autonomia que o discente é portador. Além das consultas de enfermagem e exame citológico foram realizadas atividades de educação em saúde, tendo como foco a prevenção do câncer de colo de útero. Considerações finais: O enfermeiro contribui efetivamente na prevenção e orientação da populaçãoprincipalmente quando se refere a Câncer de Colo de Útero que na maioria das vezes é prevenível.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.