Artigo Anais I CONBRACIS

ANAIS de Evento

ISSN: 2525-6696

ASPECTOS DE VULNERABILIDADES EM CASAIS SORODIFERENTES PARA O HIV/AIDS

Palavra-chaves: HIV/AIDS, SORODIFERENÇA, VULNERABILIDADES Comunicação Oral (CO) AT-07: SAÚDE COLETIVA
"2016-06-15 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 18914
    "edicao_id" => 43
    "trabalho_id" => 130
    "inscrito_id" => 2346
    "titulo" => "ASPECTOS DE VULNERABILIDADES EM CASAIS SORODIFERENTES PARA O HIV/AIDS"
    "resumo" => """
      RESUMO: O aumento na sobrevida das pessoas soropositivas resultante dos avanços científicos referentes ao diagnóstico e, sobretudo, ao tratamento medicamentoso, propiciou à epidemia do HIV/Aids um caráter de cronicidade. Como tendência resultante destas mudanças, observa-se a frequente formação de casais sorodiferentes para o HIV/Aids, ocasionando novos desafios para o campo da saúde e do cuidado, especialmente, ao que tange à pratica do sexo seguro. Este artigo busca analisar situações de vulnerabilidades em saúde em casais sorodiferentes para o HIV/Aids. Participaram 36 pessoas em relacionamento heterossexual e sorodiferente. Utilizou-se um questionário sociodemográfico e clínico e entrevista semi-estruturada, analisados, por estatísticas descritivas e Análise Categorial Temática. Os resultados mostraram que as principais dificuldades enfrentadas pelos casais perpassam questões de gênero e crenças sobre o preservativo relativas ao não uso ou a não sistematização do uso de tal insumo. Também foi observado falta de maiores informações sobre sorodiferença. Nas análises das entrevistas emergiram três classes: a) Descoberta do Diagnóstico, b) Cotidiano do Casamento e c) Prevenção. Apesar dos avanços no cuidado e no viver com o HIV/Aids, ainda é possível encontrar aspectos de vulnerabilidades provenientes de lacunas informativas ou de crenças socialmente construídas em torno da doença. Para os casais sorodiferentes, verifica-se a necessidade de políticas e cuidados que garantam o direito dessa população de vivenciar suas escolhas de maneira digna e segura.\r\n
      Palavras-chave: HIV/Aids, sorodiferença, vulnerabilidades.
      """
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "AT-07: SAÚDE COLETIVA"
    "palavra_chave" => "HIV/AIDS, SORODIFERENÇA, VULNERABILIDADES"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV055_MD1_SA7_ID2346_01052016112848.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:04"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:28:09"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "JULIANA RODRIGUES DE ALBUQUERQUE"
    "autor_nome_curto" => "JULIANA "
    "autor_email" => "juh_ufpb@yahoo.com.br"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA "
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-i-conbracis"
    "edicao_nome" => "Anais I CONBRACIS"
    "edicao_evento" => "Congresso Brasileiro de Ciências da Saúde"
    "edicao_ano" => 2016
    "edicao_pasta" => "anais/conbracis/2016"
    "edicao_logo" => "5e4a005a0a41f_16022020235418.jpg"
    "edicao_capa" => "5f1844e6a6a1a_22072020105342.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2016-06-15 00:00:00"
    "publicacao_id" => 29
    "publicacao_nome" => "Anais Conbracis"
    "publicacao_codigo" => "2525-6696"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 18914
    "edicao_id" => 43
    "trabalho_id" => 130
    "inscrito_id" => 2346
    "titulo" => "ASPECTOS DE VULNERABILIDADES EM CASAIS SORODIFERENTES PARA O HIV/AIDS"
    "resumo" => """
      RESUMO: O aumento na sobrevida das pessoas soropositivas resultante dos avanços científicos referentes ao diagnóstico e, sobretudo, ao tratamento medicamentoso, propiciou à epidemia do HIV/Aids um caráter de cronicidade. Como tendência resultante destas mudanças, observa-se a frequente formação de casais sorodiferentes para o HIV/Aids, ocasionando novos desafios para o campo da saúde e do cuidado, especialmente, ao que tange à pratica do sexo seguro. Este artigo busca analisar situações de vulnerabilidades em saúde em casais sorodiferentes para o HIV/Aids. Participaram 36 pessoas em relacionamento heterossexual e sorodiferente. Utilizou-se um questionário sociodemográfico e clínico e entrevista semi-estruturada, analisados, por estatísticas descritivas e Análise Categorial Temática. Os resultados mostraram que as principais dificuldades enfrentadas pelos casais perpassam questões de gênero e crenças sobre o preservativo relativas ao não uso ou a não sistematização do uso de tal insumo. Também foi observado falta de maiores informações sobre sorodiferença. Nas análises das entrevistas emergiram três classes: a) Descoberta do Diagnóstico, b) Cotidiano do Casamento e c) Prevenção. Apesar dos avanços no cuidado e no viver com o HIV/Aids, ainda é possível encontrar aspectos de vulnerabilidades provenientes de lacunas informativas ou de crenças socialmente construídas em torno da doença. Para os casais sorodiferentes, verifica-se a necessidade de políticas e cuidados que garantam o direito dessa população de vivenciar suas escolhas de maneira digna e segura.\r\n
      Palavras-chave: HIV/Aids, sorodiferença, vulnerabilidades.
      """
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "AT-07: SAÚDE COLETIVA"
    "palavra_chave" => "HIV/AIDS, SORODIFERENÇA, VULNERABILIDADES"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV055_MD1_SA7_ID2346_01052016112848.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:04"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:28:09"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "JULIANA RODRIGUES DE ALBUQUERQUE"
    "autor_nome_curto" => "JULIANA "
    "autor_email" => "juh_ufpb@yahoo.com.br"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA "
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-i-conbracis"
    "edicao_nome" => "Anais I CONBRACIS"
    "edicao_evento" => "Congresso Brasileiro de Ciências da Saúde"
    "edicao_ano" => 2016
    "edicao_pasta" => "anais/conbracis/2016"
    "edicao_logo" => "5e4a005a0a41f_16022020235418.jpg"
    "edicao_capa" => "5f1844e6a6a1a_22072020105342.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2016-06-15 00:00:00"
    "publicacao_id" => 29
    "publicacao_nome" => "Anais Conbracis"
    "publicacao_codigo" => "2525-6696"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 15 de junho de 2016

Resumo

RESUMO: O aumento na sobrevida das pessoas soropositivas resultante dos avanços científicos referentes ao diagnóstico e, sobretudo, ao tratamento medicamentoso, propiciou à epidemia do HIV/Aids um caráter de cronicidade. Como tendência resultante destas mudanças, observa-se a frequente formação de casais sorodiferentes para o HIV/Aids, ocasionando novos desafios para o campo da saúde e do cuidado, especialmente, ao que tange à pratica do sexo seguro. Este artigo busca analisar situações de vulnerabilidades em saúde em casais sorodiferentes para o HIV/Aids. Participaram 36 pessoas em relacionamento heterossexual e sorodiferente. Utilizou-se um questionário sociodemográfico e clínico e entrevista semi-estruturada, analisados, por estatísticas descritivas e Análise Categorial Temática. Os resultados mostraram que as principais dificuldades enfrentadas pelos casais perpassam questões de gênero e crenças sobre o preservativo relativas ao não uso ou a não sistematização do uso de tal insumo. Também foi observado falta de maiores informações sobre sorodiferença. Nas análises das entrevistas emergiram três classes: a) Descoberta do Diagnóstico, b) Cotidiano do Casamento e c) Prevenção. Apesar dos avanços no cuidado e no viver com o HIV/Aids, ainda é possível encontrar aspectos de vulnerabilidades provenientes de lacunas informativas ou de crenças socialmente construídas em torno da doença. Para os casais sorodiferentes, verifica-se a necessidade de políticas e cuidados que garantam o direito dessa população de vivenciar suas escolhas de maneira digna e segura. Palavras-chave: HIV/Aids, sorodiferença, vulnerabilidades.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.