Artigo Anais I CONBRACIS

ANAIS de Evento

ISSN: 2525-6696

A PERCEPÇÃO DE UMA FISIOTERAPEUTA SOBRE AS CONTRIBUIÇÕES DA FISIOTERAPIA DOMICILIAR NA ESTRATÉGIA DE SAÚDE DA FAMÍLIA EM PACIENTES NEUROLÓGICOS: RELATO DE EXPERIÊNCIA

Palavra-chaves: FISIOTERAPIA, ESTRATÉGIA, SAÚDE, FAMÍLIA Pôster (PO) AT-09: FISIOTERAPIA
"2016-06-15 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 18817
    "edicao_id" => 43
    "trabalho_id" => 96
    "inscrito_id" => 150
    "titulo" => "A PERCEPÇÃO DE UMA FISIOTERAPEUTA SOBRE AS CONTRIBUIÇÕES DA FISIOTERAPIA DOMICILIAR NA ESTRATÉGIA DE SAÚDE DA FAMÍLIA EM PACIENTES NEUROLÓGICOS: RELATO DE EXPERIÊNCIA"
    "resumo" => "Introdução: Visando ampliar os cuidados em saúde no atendimento domiciliar a Estratégia de Saúde da Família (ESF), propõe reduzir gastos hospitalares e humanizar os profissionais de saúde, neste contexto o Fisioterapeuta contribui desenvolvendo ações resolutivas na saúde funcional dos cidadãos, através da realização de programas de orientação e promoção da saúde, como também prevenção, avaliação, tratamento e reabilitação. Objetivo: Descrever a contribuição do fisioterapeuta no atendimento domiciliar ao paciente neurológico. Metodologia: Descrição, através do olhar de uma fisioterapeuta, acerca da contribuição da fisioterapia no atendimento domiciliar à pacientes neurológicos, em uma unidade básica de Saúde da Família, no Município de Campina Grande-PB. Resultados: Os 8 pacientes atendidos tinham uma faixa etária de 20 a 70 anos, de ambos os sexos, com predomínio do sexo feminino. As doenças neurológicas mais comumente tratadas foram Acidente Vascular Encefálico (AVE), Paralisia Cerebral, Lesão Medular, Doença de Parkinson e Alzheimer. Dentre as sequelas apresentadas pelas doenças neurológicas as maiores queixas foram dificuldade de deambular sem auxílio, grande esforço de realizar suas higienes pessoais, diminuição de força muscular e coordenação dos movimentos, dores e movimentos involuntários. As dificuldades encontradas durante a realização dos atendimentos foram falta de paciência dos familiares e cuidadores perante as dificuldades dos pacientes e inadequação dos móveis dificultando a movimentação dentro de casa. Conclusão: Os pacientes neurológicos que receberam os atendimentos domiciliares, pareceram apresentar melhora das sequelas provocadas pelas doenças e consequentemente da qualidade de vida, evidenciando assim a importância que haja maior implementação do fisioterapeuta na ESF."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "AT-09: FISIOTERAPIA"
    "palavra_chave" => "FISIOTERAPIA, ESTRATÉGIA, SAÚDE, FAMÍLIA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV055_MD4_SA9_ID150_29042016210652.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:04"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:28:09"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "ELLAYNE CAROLINE DANTAS LOPES"
    "autor_nome_curto" => "ELLAYNE LOPES"
    "autor_email" => "ellaynelopesc@hotmail.com"
    "autor_ies" => "FACULDADE DE CIÊNCIAS MÉDICAS DE CAMPINA GRANDE- FCM-CG"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-i-conbracis"
    "edicao_nome" => "Anais I CONBRACIS"
    "edicao_evento" => "Congresso Brasileiro de Ciências da Saúde"
    "edicao_ano" => 2016
    "edicao_pasta" => "anais/conbracis/2016"
    "edicao_logo" => "5e4a005a0a41f_16022020235418.jpg"
    "edicao_capa" => "5f1844e6a6a1a_22072020105342.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2016-06-15 00:00:00"
    "publicacao_id" => 29
    "publicacao_nome" => "Anais Conbracis"
    "publicacao_codigo" => "2525-6696"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 18817
    "edicao_id" => 43
    "trabalho_id" => 96
    "inscrito_id" => 150
    "titulo" => "A PERCEPÇÃO DE UMA FISIOTERAPEUTA SOBRE AS CONTRIBUIÇÕES DA FISIOTERAPIA DOMICILIAR NA ESTRATÉGIA DE SAÚDE DA FAMÍLIA EM PACIENTES NEUROLÓGICOS: RELATO DE EXPERIÊNCIA"
    "resumo" => "Introdução: Visando ampliar os cuidados em saúde no atendimento domiciliar a Estratégia de Saúde da Família (ESF), propõe reduzir gastos hospitalares e humanizar os profissionais de saúde, neste contexto o Fisioterapeuta contribui desenvolvendo ações resolutivas na saúde funcional dos cidadãos, através da realização de programas de orientação e promoção da saúde, como também prevenção, avaliação, tratamento e reabilitação. Objetivo: Descrever a contribuição do fisioterapeuta no atendimento domiciliar ao paciente neurológico. Metodologia: Descrição, através do olhar de uma fisioterapeuta, acerca da contribuição da fisioterapia no atendimento domiciliar à pacientes neurológicos, em uma unidade básica de Saúde da Família, no Município de Campina Grande-PB. Resultados: Os 8 pacientes atendidos tinham uma faixa etária de 20 a 70 anos, de ambos os sexos, com predomínio do sexo feminino. As doenças neurológicas mais comumente tratadas foram Acidente Vascular Encefálico (AVE), Paralisia Cerebral, Lesão Medular, Doença de Parkinson e Alzheimer. Dentre as sequelas apresentadas pelas doenças neurológicas as maiores queixas foram dificuldade de deambular sem auxílio, grande esforço de realizar suas higienes pessoais, diminuição de força muscular e coordenação dos movimentos, dores e movimentos involuntários. As dificuldades encontradas durante a realização dos atendimentos foram falta de paciência dos familiares e cuidadores perante as dificuldades dos pacientes e inadequação dos móveis dificultando a movimentação dentro de casa. Conclusão: Os pacientes neurológicos que receberam os atendimentos domiciliares, pareceram apresentar melhora das sequelas provocadas pelas doenças e consequentemente da qualidade de vida, evidenciando assim a importância que haja maior implementação do fisioterapeuta na ESF."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "AT-09: FISIOTERAPIA"
    "palavra_chave" => "FISIOTERAPIA, ESTRATÉGIA, SAÚDE, FAMÍLIA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV055_MD4_SA9_ID150_29042016210652.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:04"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:28:09"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "ELLAYNE CAROLINE DANTAS LOPES"
    "autor_nome_curto" => "ELLAYNE LOPES"
    "autor_email" => "ellaynelopesc@hotmail.com"
    "autor_ies" => "FACULDADE DE CIÊNCIAS MÉDICAS DE CAMPINA GRANDE- FCM-CG"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-i-conbracis"
    "edicao_nome" => "Anais I CONBRACIS"
    "edicao_evento" => "Congresso Brasileiro de Ciências da Saúde"
    "edicao_ano" => 2016
    "edicao_pasta" => "anais/conbracis/2016"
    "edicao_logo" => "5e4a005a0a41f_16022020235418.jpg"
    "edicao_capa" => "5f1844e6a6a1a_22072020105342.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2016-06-15 00:00:00"
    "publicacao_id" => 29
    "publicacao_nome" => "Anais Conbracis"
    "publicacao_codigo" => "2525-6696"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 15 de junho de 2016

Resumo

Introdução: Visando ampliar os cuidados em saúde no atendimento domiciliar a Estratégia de Saúde da Família (ESF), propõe reduzir gastos hospitalares e humanizar os profissionais de saúde, neste contexto o Fisioterapeuta contribui desenvolvendo ações resolutivas na saúde funcional dos cidadãos, através da realização de programas de orientação e promoção da saúde, como também prevenção, avaliação, tratamento e reabilitação. Objetivo: Descrever a contribuição do fisioterapeuta no atendimento domiciliar ao paciente neurológico. Metodologia: Descrição, através do olhar de uma fisioterapeuta, acerca da contribuição da fisioterapia no atendimento domiciliar à pacientes neurológicos, em uma unidade básica de Saúde da Família, no Município de Campina Grande-PB. Resultados: Os 8 pacientes atendidos tinham uma faixa etária de 20 a 70 anos, de ambos os sexos, com predomínio do sexo feminino. As doenças neurológicas mais comumente tratadas foram Acidente Vascular Encefálico (AVE), Paralisia Cerebral, Lesão Medular, Doença de Parkinson e Alzheimer. Dentre as sequelas apresentadas pelas doenças neurológicas as maiores queixas foram dificuldade de deambular sem auxílio, grande esforço de realizar suas higienes pessoais, diminuição de força muscular e coordenação dos movimentos, dores e movimentos involuntários. As dificuldades encontradas durante a realização dos atendimentos foram falta de paciência dos familiares e cuidadores perante as dificuldades dos pacientes e inadequação dos móveis dificultando a movimentação dentro de casa. Conclusão: Os pacientes neurológicos que receberam os atendimentos domiciliares, pareceram apresentar melhora das sequelas provocadas pelas doenças e consequentemente da qualidade de vida, evidenciando assim a importância que haja maior implementação do fisioterapeuta na ESF.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.