Artigo Anais XII CONAGES

ANAIS de Evento

ISSN: 2177-4781

O FEMININO NO ROMANCE BENJAMIM DE CHICO BUARQUE

Palavra-chaves: FEMININO, SUBJETIVIDADES, CHICO BUARQUE Comunicação Oral (CO) Estudos literários, Gênero e Sexualidades Publicado em 08 de junho de 2016

Resumo

Tendo em vista que todo espaço é marcado pela disputa de poder, definir quem pode ou não escrever literatura gerou grandes polêmicas. Hoje, com a evidência que é dada a problemática levantada pelas mulheres e toda a visibilidades que elas reivindicam, observamos a necessidade de pensar em como a literatura e os estudos literários elaboram a tensão entre os que já escrevem literatura e as mulheres que cada vez mais reivindicam esse espaço; como esse instrumento possibilita falar sobre o outro, ou ainda, como os autores contemporâneos, tradicionalmente masculinos, estão semiotizando as mulheres em suas narrativas, como elas produzem, o que produzem, com o que produzem, com quem interagem, qual o trabalho material e imaterial que elas produzem. Dito de outra forma, e mais especificamente sobre nosso objeto de estudo, como as mulheres contemporâneas, e marcadamente urbanas, produzem suas subjetividades nos romances de Chico Buarque.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.