Artigo Anais I CONAPESC

ANAIS de Evento

ISSN: 2525-6696

IDENTIFICAÇÃO E CARACTERIZAÇÃO IN SILICO DE GENES MIRACULINA EM CITRUS SINENSIS NAS CULTIVARES ‘PÊRA’ E ‘VALÊNCIA’

Palavra-chaves: BANCO DE DADOS, , GENÔMICA, , MINERAÇÃO DE DADOS. Comunicação Oral (CO) Biologia Geral
"2016-06-01 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 18047
    "edicao_id" => 41
    "trabalho_id" => 569
    "inscrito_id" => 1222
    "titulo" => "IDENTIFICAÇÃO E CARACTERIZAÇÃO IN SILICO DE GENES MIRACULINA EM CITRUS SINENSIS NAS CULTIVARES ‘PÊRA’ E ‘VALÊNCIA’"
    "resumo" => "Proteínas do tipo Miraculina (Mir) podem apresentar propriedade modificadora de sabor azedo em doce e/ou atividade de inibidor de tripsina do tipo Kunitz, como potencial para aplicações biotecnológicas como adoçante, biopesticidas ou na defesa da planta contra pragas e predadores por meio de transgenia. O estudo da expressão de genes Mir em Citrus sinensis é de grande relevância, considerando-se a importância financeira atribuída às culturas de citros, bem como o envolvimento desses genes no desenvolvimento dos frutos e nas respostas de plantas a estresses bióticos e abióticos. O objetivo desse trabalho foi identificar genes Miraculina de C. sinensis de interesse para estudos funcionais, usando análises in silico baseadas em informações dos bancos de dados do genoma funcional dos citros CAP e CitEST. A estratégia empregada envolveu a identificação dos genes nos genomas por palavra-chave, análises de ORFs e análises de similaridade via BLASTx, alinhamentos e agrupamentos. Como resultados, no genoma da espécie vegetal C. sinensis foram encontrados desesseis genes Mir na cultivar “Valência” e disponíveis no banco de dados CAP. Destes, quatro foram idênticos a quatro genes isolados da cv. ‘Pêra’, selecionados no banco de dados CitEST, sendo que destes, 03 apresentaram similaridade com proteínas com domínio de Inibidor de Tripsina da superfamília Kunitz. A identificação destes genes é relevante para direcionar estudos funcionais futuros, visando o entendimento do seu papel biológico e possíveis aplicações biotecnológicas."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "Biologia Geral"
    "palavra_chave" => "BANCO DE DADOS,, GENÔMICA,, MINERAÇÃO DE DADOS."
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV058_MD1_SA94_ID1222_17052016211759.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:03"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:20:00"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "ADEILMA FERNANDES DE SOUZA"
    "autor_nome_curto" => "ADEILMA"
    "autor_email" => "adeilmafsousa@gmail.com"
    "autor_ies" => "UFCG"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-i-conapesc"
    "edicao_nome" => "Anais I CONAPESC"
    "edicao_evento" => "Congresso Nacional de Pesquisa e Ensino em Ciências"
    "edicao_ano" => 2016
    "edicao_pasta" => "anais/conapesc/2016"
    "edicao_logo" => "5e49fdc4b2730_16022020234316.jpg"
    "edicao_capa" => "5f1841adc3860_22072020103957.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2016-06-01 00:00:00"
    "publicacao_id" => 28
    "publicacao_nome" => "Anais do Conapesc"
    "publicacao_codigo" => "2525-6696"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 18047
    "edicao_id" => 41
    "trabalho_id" => 569
    "inscrito_id" => 1222
    "titulo" => "IDENTIFICAÇÃO E CARACTERIZAÇÃO IN SILICO DE GENES MIRACULINA EM CITRUS SINENSIS NAS CULTIVARES ‘PÊRA’ E ‘VALÊNCIA’"
    "resumo" => "Proteínas do tipo Miraculina (Mir) podem apresentar propriedade modificadora de sabor azedo em doce e/ou atividade de inibidor de tripsina do tipo Kunitz, como potencial para aplicações biotecnológicas como adoçante, biopesticidas ou na defesa da planta contra pragas e predadores por meio de transgenia. O estudo da expressão de genes Mir em Citrus sinensis é de grande relevância, considerando-se a importância financeira atribuída às culturas de citros, bem como o envolvimento desses genes no desenvolvimento dos frutos e nas respostas de plantas a estresses bióticos e abióticos. O objetivo desse trabalho foi identificar genes Miraculina de C. sinensis de interesse para estudos funcionais, usando análises in silico baseadas em informações dos bancos de dados do genoma funcional dos citros CAP e CitEST. A estratégia empregada envolveu a identificação dos genes nos genomas por palavra-chave, análises de ORFs e análises de similaridade via BLASTx, alinhamentos e agrupamentos. Como resultados, no genoma da espécie vegetal C. sinensis foram encontrados desesseis genes Mir na cultivar “Valência” e disponíveis no banco de dados CAP. Destes, quatro foram idênticos a quatro genes isolados da cv. ‘Pêra’, selecionados no banco de dados CitEST, sendo que destes, 03 apresentaram similaridade com proteínas com domínio de Inibidor de Tripsina da superfamília Kunitz. A identificação destes genes é relevante para direcionar estudos funcionais futuros, visando o entendimento do seu papel biológico e possíveis aplicações biotecnológicas."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "Biologia Geral"
    "palavra_chave" => "BANCO DE DADOS,, GENÔMICA,, MINERAÇÃO DE DADOS."
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV058_MD1_SA94_ID1222_17052016211759.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:03"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:20:00"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "ADEILMA FERNANDES DE SOUZA"
    "autor_nome_curto" => "ADEILMA"
    "autor_email" => "adeilmafsousa@gmail.com"
    "autor_ies" => "UFCG"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-i-conapesc"
    "edicao_nome" => "Anais I CONAPESC"
    "edicao_evento" => "Congresso Nacional de Pesquisa e Ensino em Ciências"
    "edicao_ano" => 2016
    "edicao_pasta" => "anais/conapesc/2016"
    "edicao_logo" => "5e49fdc4b2730_16022020234316.jpg"
    "edicao_capa" => "5f1841adc3860_22072020103957.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2016-06-01 00:00:00"
    "publicacao_id" => 28
    "publicacao_nome" => "Anais do Conapesc"
    "publicacao_codigo" => "2525-6696"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 01 de junho de 2016

Resumo

Proteínas do tipo Miraculina (Mir) podem apresentar propriedade modificadora de sabor azedo em doce e/ou atividade de inibidor de tripsina do tipo Kunitz, como potencial para aplicações biotecnológicas como adoçante, biopesticidas ou na defesa da planta contra pragas e predadores por meio de transgenia. O estudo da expressão de genes Mir em Citrus sinensis é de grande relevância, considerando-se a importância financeira atribuída às culturas de citros, bem como o envolvimento desses genes no desenvolvimento dos frutos e nas respostas de plantas a estresses bióticos e abióticos. O objetivo desse trabalho foi identificar genes Miraculina de C. sinensis de interesse para estudos funcionais, usando análises in silico baseadas em informações dos bancos de dados do genoma funcional dos citros CAP e CitEST. A estratégia empregada envolveu a identificação dos genes nos genomas por palavra-chave, análises de ORFs e análises de similaridade via BLASTx, alinhamentos e agrupamentos. Como resultados, no genoma da espécie vegetal C. sinensis foram encontrados desesseis genes Mir na cultivar “Valência” e disponíveis no banco de dados CAP. Destes, quatro foram idênticos a quatro genes isolados da cv. ‘Pêra’, selecionados no banco de dados CitEST, sendo que destes, 03 apresentaram similaridade com proteínas com domínio de Inibidor de Tripsina da superfamília Kunitz. A identificação destes genes é relevante para direcionar estudos funcionais futuros, visando o entendimento do seu papel biológico e possíveis aplicações biotecnológicas.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.