Artigo Anais I CONAPESC

ANAIS de Evento

ISSN: 2525-6696

AVALIAÇÃO DAS CONDIÇÕES HIGIÊNICO-SANITÁRIAS EM PANIFICADORA DO MUNICÍPIO DE CAMPINA GRANDE-PB

Palavra-chaves: BOAS PRÁTICAS DE FABRICAÇÃO, CHECK-LIST, LISTA DE VERIFICAÇÃO Pôster (PO) Engenharia de Alimentos
"2016-06-01 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 17850
    "edicao_id" => 41
    "trabalho_id" => 326
    "inscrito_id" => 1139
    "titulo" => "AVALIAÇÃO DAS CONDIÇÕES HIGIÊNICO-SANITÁRIAS EM PANIFICADORA DO MUNICÍPIO DE CAMPINA GRANDE-PB"
    "resumo" => "As Boas Práticas de Fabricação (BPF) abrangem um conjunto de medidas que devem ser adotadas pelas indústrias de alimentos a fim de garantir a qualidade sanitária e a conformidade dos produtos alimentícios com os regulamentos técnicos. O instrumento utilizado para diagnóstico da garantia de produção de alimentos seguros é a lista de verificação das Boas Práticas de Fabricação, comumente denominado check-list. Assim, o presente trabalho teve por objetivo avaliar as condições higiênico-sanitárias de uma panificadora do município de Campina Grande– PB a partir da aplicação de uma lista de verificação. Percebeu-se na realização da visita à panificadora que os manipuladores do estabelecimento possuíam noções básicas de higiene, um aceitável percentual de conformidade nos equipamentos, móveis e utensílios e um espaço físico desproporcional para as atividades realizadas. Para isto foi aplicado check-list composto por 60 itens, elaborado com base na Resolução RDC n° 216, de 15 de setembro de 2004. Após aplicação do check-list verificou-se um total de 40% de conformidades e 60% de não-conformidades. Dentro dos itens avaliados 21% não se aplicavam ao estabelecimento. A partir disto foi obtido, portanto, um resultado insatisfatório para produção de alimentos seguros, sendo necessária a criação ou implantação de meios eficazes de boas práticas de manipulação dos alimentos."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "Engenharia de Alimentos"
    "palavra_chave" => "BOAS PRÁTICAS DE FABRICAÇÃO, CHECK-LIST, LISTA DE VERIFICAÇÃO"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV058_MD4_SA80_ID1139_11052016232506.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:03"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:19:59"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "NAYARA JÉSSICA CLEMENTINO DA SILVA"
    "autor_nome_curto" => "NAYARA"
    "autor_email" => "nayara.jessica03@gmail.co"
    "autor_ies" => "UFCG"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-i-conapesc"
    "edicao_nome" => "Anais I CONAPESC"
    "edicao_evento" => "Congresso Nacional de Pesquisa e Ensino em Ciências"
    "edicao_ano" => 2016
    "edicao_pasta" => "anais/conapesc/2016"
    "edicao_logo" => "5e49fdc4b2730_16022020234316.jpg"
    "edicao_capa" => "5f1841adc3860_22072020103957.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2016-06-01 00:00:00"
    "publicacao_id" => 28
    "publicacao_nome" => "Anais do Conapesc"
    "publicacao_codigo" => "2525-6696"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 17850
    "edicao_id" => 41
    "trabalho_id" => 326
    "inscrito_id" => 1139
    "titulo" => "AVALIAÇÃO DAS CONDIÇÕES HIGIÊNICO-SANITÁRIAS EM PANIFICADORA DO MUNICÍPIO DE CAMPINA GRANDE-PB"
    "resumo" => "As Boas Práticas de Fabricação (BPF) abrangem um conjunto de medidas que devem ser adotadas pelas indústrias de alimentos a fim de garantir a qualidade sanitária e a conformidade dos produtos alimentícios com os regulamentos técnicos. O instrumento utilizado para diagnóstico da garantia de produção de alimentos seguros é a lista de verificação das Boas Práticas de Fabricação, comumente denominado check-list. Assim, o presente trabalho teve por objetivo avaliar as condições higiênico-sanitárias de uma panificadora do município de Campina Grande– PB a partir da aplicação de uma lista de verificação. Percebeu-se na realização da visita à panificadora que os manipuladores do estabelecimento possuíam noções básicas de higiene, um aceitável percentual de conformidade nos equipamentos, móveis e utensílios e um espaço físico desproporcional para as atividades realizadas. Para isto foi aplicado check-list composto por 60 itens, elaborado com base na Resolução RDC n° 216, de 15 de setembro de 2004. Após aplicação do check-list verificou-se um total de 40% de conformidades e 60% de não-conformidades. Dentro dos itens avaliados 21% não se aplicavam ao estabelecimento. A partir disto foi obtido, portanto, um resultado insatisfatório para produção de alimentos seguros, sendo necessária a criação ou implantação de meios eficazes de boas práticas de manipulação dos alimentos."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "Engenharia de Alimentos"
    "palavra_chave" => "BOAS PRÁTICAS DE FABRICAÇÃO, CHECK-LIST, LISTA DE VERIFICAÇÃO"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV058_MD4_SA80_ID1139_11052016232506.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:03"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:19:59"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "NAYARA JÉSSICA CLEMENTINO DA SILVA"
    "autor_nome_curto" => "NAYARA"
    "autor_email" => "nayara.jessica03@gmail.co"
    "autor_ies" => "UFCG"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-i-conapesc"
    "edicao_nome" => "Anais I CONAPESC"
    "edicao_evento" => "Congresso Nacional de Pesquisa e Ensino em Ciências"
    "edicao_ano" => 2016
    "edicao_pasta" => "anais/conapesc/2016"
    "edicao_logo" => "5e49fdc4b2730_16022020234316.jpg"
    "edicao_capa" => "5f1841adc3860_22072020103957.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2016-06-01 00:00:00"
    "publicacao_id" => 28
    "publicacao_nome" => "Anais do Conapesc"
    "publicacao_codigo" => "2525-6696"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 01 de junho de 2016

Resumo

As Boas Práticas de Fabricação (BPF) abrangem um conjunto de medidas que devem ser adotadas pelas indústrias de alimentos a fim de garantir a qualidade sanitária e a conformidade dos produtos alimentícios com os regulamentos técnicos. O instrumento utilizado para diagnóstico da garantia de produção de alimentos seguros é a lista de verificação das Boas Práticas de Fabricação, comumente denominado check-list. Assim, o presente trabalho teve por objetivo avaliar as condições higiênico-sanitárias de uma panificadora do município de Campina Grande– PB a partir da aplicação de uma lista de verificação. Percebeu-se na realização da visita à panificadora que os manipuladores do estabelecimento possuíam noções básicas de higiene, um aceitável percentual de conformidade nos equipamentos, móveis e utensílios e um espaço físico desproporcional para as atividades realizadas. Para isto foi aplicado check-list composto por 60 itens, elaborado com base na Resolução RDC n° 216, de 15 de setembro de 2004. Após aplicação do check-list verificou-se um total de 40% de conformidades e 60% de não-conformidades. Dentro dos itens avaliados 21% não se aplicavam ao estabelecimento. A partir disto foi obtido, portanto, um resultado insatisfatório para produção de alimentos seguros, sendo necessária a criação ou implantação de meios eficazes de boas práticas de manipulação dos alimentos.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.