Artigo Anais VII FIPED

ANAIS de Evento

ISSN: 2316-1086

A IMPORTÂNCIA DO ESTÁGIO NA FORMAÇÃO DE FUTUROS DOCENTES NA EDUCAÇÃO INFANTIL EM UMA ESCOLA NO MUNICÍPIO DE PARINTINS / AM

Palavra-chaves: ESTÁGIO, FORMAÇÃO DOCENTE, DESAFIOS Comunicação Oral (CO) / Oral Papers Submission Educação Infantil Publicado em 11 de novembro de 2015

Resumo

RESUMO O presente trabalho tem por finalidade discutir a formação de futuros professores que submergem a importância do estágio na formação acadêmica levando em consideração os desafios do estágio na formação docente, e sua contribuição para a formação do professor. Nesse pressuposto o estágio é um caminho que pode levar o acadêmico a identificar novas e variadas estratégias para solucionar problemas que muitas vezes ele nem imaginava encontrar na sua área profissional. O presente estudo surgiu em desejar conhecer verdadeiramente como ocorre o processo do estágio na educação infantil onde é através desse contato do educador e aluno que o profissional da educação construirá a sua identidade como professor em formação. Possibilitando desenvolver uma reflexão diante do que é observado e praticado em sala de aula, possibilitando ao educador em formação que tenha o conhecimento dos principais aspectos indispensáveis à construção da sua identificação, dos saberes e das posturas específicas ao exercício profissional dos docentes. Podemos perceber que educação está dentro de um contexto histórico que passa de geração a geração e se mantém viva e todas com as perspectivas voltadas para uma mudança social. O Estágio desenvolvido na Educação Infantil é essencial, pois é através dele que o formando em Pedagogia estabelece uma relação entre a teoria e prática, bem como ter a oportunidade de conhecer e analisar o progresso do profissional de Educação Infantil em sua ação pedagógica. Ele passa a desenvolver mais o raciocínio, a capacidade e o espírito crítico, além da liberdade do uso da criatividade. É essencial que a educação seja vista como fator de desenvolvimento e transformação humana. Além disso, os cursos de formação e os professores devem considerar que o estágio é um momento de ensino-aprendizagem do fazer pedagógico, possibilitando habilidades de pesquisa e investigação do ambiente escolar e conhecimentos relacionados à teoria e com a prática tendo como fio norteador a “ação-reflexão”. Como procedimento metodológico foi utilizado à observação direta e participação em sala de aula. Portanto o estágio possibilita aos futuros professore em formação a vivenciar tudo aquilo que aprendemos em sala de aula, de refletir sobre quais práticas vamos escolher futuramente, quais as formas de agir serão tomadas dentro de uma sala com as crianças da educação infantil. , o que se leva para o ensino pessoal é a própria experiência inserida dentro do contexto escolar, avaliando as dificuldades vividas dentro da escola, como também os objetivos não alcançados ao longo do tempo. O caminho que se deseja trilhar é aquele que possa ser enriquecedor, crítico, reflexivo em cada ponto do caminho, onde o andante seja surpreendido por diferentes acontecimentos, estabelecendo e fortalecendo vínculos, deixando e adquirindo experiências por onde passa, visando sempre uma boa educação para as crianças. Com o estágio, é possível também, que nós, alunos, aprimoremos nossas escolhas de sermos professores, a partir do contato com as realidades de nossa profissão.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.