Artigo Anais IV CIEH

ANAIS de Evento

ISSN: 2318-0854

CORRELAÇÃO DA AUTONOMIA E A EXECUÇÃO DAS AIVDS DE IDOSOS DE GRUPOS DE CONVIVÊNCIA

Palavra-chaves: ENVELHECIMENTO, AUTONOMIA, ATIVIDADES DE VIDA DIÁRIA Tema Livre (TL) Envelhecimento Ativo e Bem sucedido
"2015-09-24 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 12249
    "edicao_id" => 36
    "trabalho_id" => 294
    "inscrito_id" => 2270
    "titulo" => "CORRELAÇÃO DA AUTONOMIA E A EXECUÇÃO DAS AIVDS DE IDOSOS DE GRUPOS DE CONVIVÊNCIA"
    "resumo" => "O comprometimento da capacidade funcional no processo de envelhecimento pode impedir o cuidado de si e conferir maiores custos sobre o sistema de saúde, conduzindo o idoso à perda da independência. Cursando com um quadro de dificuldade na execução das Atividades Instrumentais de Vida Diária (AIVD), afetando dessa forma sua autonomia e Qualidade de Vida. Este trabalho objetivou correlacionar Autonomia e a execução das (AIVD) de idosos de grupos de convivência de Campina Grande/PB. Ocorreu em cinco grupos de convivência, com 124 idosos. Foram utilizados o questionário de Qualidade de Vida WHOQOL-OLD, a Escala de Barthel e a Escala de Lawton modificadas. Os critérios de inclusão foram idosos que frequentassem regularmente os grupos de convivência supracitados, faixa etária &#8805;60 anos, com estado de cognição preservado e que desejassem participar da pesquisa. Foram excluídos do estudo indivíduos com algum tipo de agravo que não permitisse a comunicação. Os dados foram colocados em planilha Excel e posteriormente analisados estatisticamente, considerando um intervalo de confiança de 95% (IC95%) e significância estatística de p<0,05. Os resultados obtidos revelaram que dos 120 idosos entrevistados, mediante a realização das  AIVDs, 81,7% dos indivíduos possuem dependência parcial e 18,3% são independentes. Concluiu-se que há uma correlação entre QV e AIVDs, possivelmente devido à maior complexidade de execução destas últimas entre os idosos investigados. Quando analisado o quesito autonomia, observou-se um escore aquém do esperado e isso pode repercutir na Qualidade de vida desses gerontes já que ficam impossibilitados de exercer suas atividades que lhes conferem independência funcional."
    "modalidade" => "Tema Livre (TL)"
    "area_tematica" => "Envelhecimento Ativo e Bem sucedido"
    "palavra_chave" => "ENVELHECIMENTO, AUTONOMIA, ATIVIDADES DE VIDA DIÁRIA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV040_MD2_SA8_ID2270_27072015000304.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:59"
    "updated_at" => "2020-06-09 18:43:15"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "MARIA VALDENIZE MELO DA SILVA"
    "autor_nome_curto" => "MARIA VALDENIZE"
    "autor_email" => "denizzemelosil@outlook.co"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍA"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-cieh"
    "edicao_nome" => "Anais IV CIEH"
    "edicao_evento" => "IV Congresso Internacional de Envelhecimento Humano"
    "edicao_ano" => 2015
    "edicao_pasta" => "anais/cieh/2015"
    "edicao_logo" => "5e49e629f3441_16022020220233.png"
    "edicao_capa" => "5f182cb905404_22072020091033.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2015-09-24 00:00:00"
    "publicacao_id" => 10
    "publicacao_nome" => "Anais do Congresso Internacional de Envelhecimento Humano (CIEH)"
    "publicacao_codigo" => "2318-0854"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 12249
    "edicao_id" => 36
    "trabalho_id" => 294
    "inscrito_id" => 2270
    "titulo" => "CORRELAÇÃO DA AUTONOMIA E A EXECUÇÃO DAS AIVDS DE IDOSOS DE GRUPOS DE CONVIVÊNCIA"
    "resumo" => "O comprometimento da capacidade funcional no processo de envelhecimento pode impedir o cuidado de si e conferir maiores custos sobre o sistema de saúde, conduzindo o idoso à perda da independência. Cursando com um quadro de dificuldade na execução das Atividades Instrumentais de Vida Diária (AIVD), afetando dessa forma sua autonomia e Qualidade de Vida. Este trabalho objetivou correlacionar Autonomia e a execução das (AIVD) de idosos de grupos de convivência de Campina Grande/PB. Ocorreu em cinco grupos de convivência, com 124 idosos. Foram utilizados o questionário de Qualidade de Vida WHOQOL-OLD, a Escala de Barthel e a Escala de Lawton modificadas. Os critérios de inclusão foram idosos que frequentassem regularmente os grupos de convivência supracitados, faixa etária &#8805;60 anos, com estado de cognição preservado e que desejassem participar da pesquisa. Foram excluídos do estudo indivíduos com algum tipo de agravo que não permitisse a comunicação. Os dados foram colocados em planilha Excel e posteriormente analisados estatisticamente, considerando um intervalo de confiança de 95% (IC95%) e significância estatística de p<0,05. Os resultados obtidos revelaram que dos 120 idosos entrevistados, mediante a realização das  AIVDs, 81,7% dos indivíduos possuem dependência parcial e 18,3% são independentes. Concluiu-se que há uma correlação entre QV e AIVDs, possivelmente devido à maior complexidade de execução destas últimas entre os idosos investigados. Quando analisado o quesito autonomia, observou-se um escore aquém do esperado e isso pode repercutir na Qualidade de vida desses gerontes já que ficam impossibilitados de exercer suas atividades que lhes conferem independência funcional."
    "modalidade" => "Tema Livre (TL)"
    "area_tematica" => "Envelhecimento Ativo e Bem sucedido"
    "palavra_chave" => "ENVELHECIMENTO, AUTONOMIA, ATIVIDADES DE VIDA DIÁRIA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV040_MD2_SA8_ID2270_27072015000304.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:59"
    "updated_at" => "2020-06-09 18:43:15"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "MARIA VALDENIZE MELO DA SILVA"
    "autor_nome_curto" => "MARIA VALDENIZE"
    "autor_email" => "denizzemelosil@outlook.co"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍA"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-cieh"
    "edicao_nome" => "Anais IV CIEH"
    "edicao_evento" => "IV Congresso Internacional de Envelhecimento Humano"
    "edicao_ano" => 2015
    "edicao_pasta" => "anais/cieh/2015"
    "edicao_logo" => "5e49e629f3441_16022020220233.png"
    "edicao_capa" => "5f182cb905404_22072020091033.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2015-09-24 00:00:00"
    "publicacao_id" => 10
    "publicacao_nome" => "Anais do Congresso Internacional de Envelhecimento Humano (CIEH)"
    "publicacao_codigo" => "2318-0854"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 24 de setembro de 2015

Resumo

O comprometimento da capacidade funcional no processo de envelhecimento pode impedir o cuidado de si e conferir maiores custos sobre o sistema de saúde, conduzindo o idoso à perda da independência. Cursando com um quadro de dificuldade na execução das Atividades Instrumentais de Vida Diária (AIVD), afetando dessa forma sua autonomia e Qualidade de Vida. Este trabalho objetivou correlacionar Autonomia e a execução das (AIVD) de idosos de grupos de convivência de Campina Grande/PB. Ocorreu em cinco grupos de convivência, com 124 idosos. Foram utilizados o questionário de Qualidade de Vida WHOQOL-OLD, a Escala de Barthel e a Escala de Lawton modificadas. Os critérios de inclusão foram idosos que frequentassem regularmente os grupos de convivência supracitados, faixa etária &#8805;60 anos, com estado de cognição preservado e que desejassem participar da pesquisa. Foram excluídos do estudo indivíduos com algum tipo de agravo que não permitisse a comunicação. Os dados foram colocados em planilha Excel e posteriormente analisados estatisticamente, considerando um intervalo de confiança de 95% (IC95%) e significância estatística de p<0,05. Os resultados obtidos revelaram que dos 120 idosos entrevistados, mediante a realização das AIVDs, 81,7% dos indivíduos possuem dependência parcial e 18,3% são independentes. Concluiu-se que há uma correlação entre QV e AIVDs, possivelmente devido à maior complexidade de execução destas últimas entre os idosos investigados. Quando analisado o quesito autonomia, observou-se um escore aquém do esperado e isso pode repercutir na Qualidade de vida desses gerontes já que ficam impossibilitados de exercer suas atividades que lhes conferem independência funcional.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.