Artigo Anais IV CIEH

ANAIS de Evento

ISSN: 2318-0854

Visualizações: 286
A AÇÃO DA BERINJELA SOBRE OS NÍVEIS SÉRICOS DE LIPÍDEOS

Palavra-chaves: ALIMENTO, NUTRIÇÃO, QUALIDADE DE VIDA Pôster (PO) Práticas Clínicas e Terapêuticas direcionadas a Pessoa Idosa Publicado em 24 de setembro de 2015

Resumo

Introdução: De acordo com a Organização Mundial de Saúde, as doenças cardiovasculares apresentam uma incidência elevada em todo o mundo, tendo como fator de risco as dislipidemias que, isoladamente ou associadas a fatores como fumo, obesidade, diabetes, etc. e em associação com o avançar da idade pode provocar o aparecimento de Doenças crônicas não transmissíveis (DCNT). Sendo a principal causa da morbimortalidade ocorrida mundialmente é a doença cardiovascular. O aumento do colesterol total, da lipoproteína de baixa densidade (LDL), dos triglicérides e a redução da lipoproteína de alta densidade (HDL), além de estar ligada as causas já descritas pode também está associada à piora do sistema antioxidante contribuindo assim, para doenças cardiovasculares. Para que um alimento seja considerado funcional deve ser demonstrado que o mesmo pode apresentar benefícios para uma ou mais funções alvo no corpo, possuindo efeitos nutricionais. Assim sendo, os objetivos deste estudo é apresentar como uma dieta equilibrada constituída de berinjela, sendo in natura ou suco, como na redução de perfil lipídico e dos marcadores bioquímicos sanguíneos de risco para doenças crônicas não transmissíveis. Metodologia: Esta pesquisa se caracteriza por ser uma revisão bibliográfica sistemática. Foram selecionados artigos científicos, monografias, teses de mestrado, estudos experimentais em humanos e animais, revistas científicas indexadas dentro dos critérios de inclusão: publicações entre 1990 a 2009 no período de abril de 2015, através das bases de dados MEDLINE, LILACS, BIREME, SCIELO e GOOGLE ACADÊMICO. Sendo a pesquisa realizada através dos seguintes termos em português: dislipidemias, perfil lipídico, alimentos funcionais, berinjela. Resultados e Discussão: Acredita-se que a berinjela é um dos vegetais que poderiam ser utilizadas como opção eficaz de tratamento alternativo (mais barato, sem efeitos colaterais e de fácil acesso do que o convencional medicamentoso) ou auxiliar para dislipidemias, relatando-se uma atividade hipocolesterolêmica, agindo na prevenção de doenças cardiovasculares. Diante de evidências da ação da berinjela como alimento funcional, pode-se explicar o que estudos relatam sobre o mecanismo de ação da mesma. Para a redução dos melhora do perfil lipídico, a inibição da absorção intestinal do colesterol e ácidos biliares, devida a ligação dos mesmos com algum elemento presente na berinjela, além do efeito de duas substâncias, nasunina e da delfinidina, na redução do colesterol total e aumento da fração HDL colesterol. Conclusões: Com base nos dados e nas observações da presente revisão, concluímos que os resultados obtidos são importantes na alimentação saudável, sendo importante para a redução do perfil lipídico, em especial da Hipercolesterolemia como no tratamento dietoterápico da patologia.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.