Artigo Anais XI CONAGES

ANAIS de Evento

ISSN: 2177-4781

PORNOGRAFIA FEMINISTA: REPRESENTAÇÃO DO FEMININO NOS FILMES PORNOGRÁFICOS

Palavra-chaves: PORNOGRAFIA, FEMINISMO, SEXUALIDADE Pôster (PO) / Poster Submission Gênero, Sexualidades e Produção audiovisual Publicado em 03 de junho de 2015

Resumo

Introdução: A tecnologia tem propiciado uma maior liberdade para as mulheres, por sua vez a indústria pornográfica com o propósito de atingir um maior número de consumidoras, adaptou-se a uma nova exposição dos corpos. A pornografia conduz a satisfação parcial de um desejo sexual, porém reduz o encontro sexual, sendo uma representação do que se pretende mostrar como o ato sexual, independentemente das diferenças nas subjetividades dos parceiros. Nos últimos anos, o consumo de pornografia por mulheres tem crescido bastante e deixou de ser somente “coisa de homem”. A pornografia feminista remete à liberdade sexual dentro de um universo prioritariamente destinado ao masculino, as mulheres passaram a consumir a vivência momentânea do prazer sexual. Neste sentido, verifica-se que filmes eróticos são criados ultimamente com o proposito de atingir esse público em específico. Objetivo: Analisar qual é a origem da pornografia e como ela se estabelece dentro das relações de gênero, levando em consideração a sua influencia na condição cultural da mulher no atual contexto social. Método: Foram utilizados recortes de filmes pornôs feministas europeus, os quais foram analisados através do viés da psicanálise e dos estudos da pornografia cinematográfica de Díaz-Benítez . Resultados: Como resultados foi possível verificar que o pornô feminista contradiz o estereótipo que a mulher dentro da pornografia assume o papel de objeto de prazer masculino, estes filmes em específico, traz uma releitura do pornô tradicional expressando de forma mais explícita características do feminino. Conclusão: O fácil acesso aos filmes pornográficos, a diversidade de práticas e temas expostos nos filmes pornográficos, favorece a expressão das mais diversas formas de sexualidade (s), fazendo com que os grupos que eram considerados minorias, neste caso especifico o publico feminista, passem também a ter a pornografia como ferramenta para vivenciar os seus desejos.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.