Artigo Anais XI CONAGES

ANAIS de Evento

ISSN: 2177-4781

DIVERSIDADE SEXUAL NO AMBIENTE ESCOLAR: A INTERFERÊNCIA DO RECREADOR NAS BRINCADEIRAS FEMININAS E MASCULINAS

Palavra-chaves: AMBIENTE ESCOLAR, GENERO SEXUAL, PRECONCEITO Pôster (PO) / Poster Submission Gênero, Sexualidades e Educação Publicado em 03 de junho de 2015

Resumo

Este artigo põe em pauta um assunto de extrema relevância no contexto educacional atual, as mais variadas formas de manifestação da diversidade sexual no ambiente escolar. Segundo o Parâmetro Curricular Nacional – PCN volume 10.2 - Ao tratar do tema Orientação Sexual, busca-se considerar a sexualidade como algo inerente à vida e à saúde, que se expressa desde cedo no ser humano. Engloba o papel social do homem e da mulher, o respeito por si e pelo outro, as discriminações e os estereótipos atribuídos e vivenciados em seus relacionamentos. O Estatuto da Criança e do Adolescente - ECA – em seu artigo 16 inciso IV, toda criança tem direito a brincar, praticar esportes e divertir-se. Por tanto, o brincar deve ser visto como algo natural e inerente, nunca, jamais como algo imposto. Nesse sentido, o presente trabalho tem como finalidade verificar como a diversidade é tratada no ambiente escolar em específico no horário do recreio. Este trabalho está sendo desenvolvido através de pesquisas e estudos bibliográfico buscando fundamentação teórica relacionada ao tema.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.