Artigo Anais I WIASB

ANAIS de Evento

ISSN: 2319-0248

Visualizações: 82
A TRANSPOSIÇÃO DO RIO SÃO FRANCISCO COMO POSSIBILIDADE PARA A IMPLEMENTAÇÃO DE PROCESSOS AGROECOLÓGICOS

Palavra-chaves: SISTEMA DE TRANSPOSIÇÃO DE ÁGUA, AGROECOLOGIA, DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL, CONSERVAÇÃO, CONSERVAÇÃO Pôster (PO) Preservação do meio ambiente no semiárido

Resumo

A escassez hídrica nas regiões semiáridas é suprimida por sistemas de abastecimento através da transposição e distribuição de águas para comunidades atingidas pela seca. O Projeto de Integração do Rio São Francisco representa a possibilidade de acesso à água, além de viabilizar o desenvolvimento econômico através da agricultura e de outras atividades produtivas rurais. O estudo visa analisar os potenciais de desenvolvimento rural sustentável advindos da implementação de sistema de transposição de águas na região. Esta pesquisa, de caráter qualitativo, vem se desenvolvendo no município de São José de Piranhas-PB. Estão sendo estudados impactos positivos do sistema de transposição hídrica do São Francisco para o desenvolvimento socioambiental e produtivo junto aos beneficiados. Como estratégias para obtenção de dados, a observação, questionários, entrevistas semiestruturadas e visitas de intercâmbio estão sendo utilizados. O perfil socioambiental traçado gera motivação produtiva para a comunidade e orienta políticas públicas para a região. Acreditamos que a Transposição desempenhará um papel importante para a relação sociedade-natureza, considerando que, por meio da agroecologia, as populações alcancem melhores formas produtivas e a conservação da vida na região semiárida.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.