Artigo Anais I WIASB

ANAIS de Evento

ISSN: 2319-0248

Visualizações: 85
A TRANSPOSIÇÃO DO RIO SÃO FRANCISCO E POSSÍVEIS SOLUÇÕES PARA A ESCASSEZ DE ÁGUA NO NORDESTE

Palavra-chaves: TRANSPOSIÇÃO, RIO SÃO FRANCISCO, SECA, ACESSO À ÁGUA, ACESSO À ÁGUA Pôster (PO) Políticas públicas para promover a convivência com as secas

Resumo

RESUMO: Na atualidade o Nordeste vivencia uma das piores secas de sua história, uma possível solução para este problema seria a transposição do Rio São Francisco, cuja finalidade é assegurar oferta de água para 12 milhões de habitantes de 390 municípios do Sertão dos estados de Pernambuco, Ceará, Paraíba e Rio Grande do Norte. Objetivou-se com este estudo descrever as possíveis soluções que ocorrerão com a execução e efetiva implementação da transposição do rio São Francisco no semiárido nordestino. Constatou-se com o estudo que o projeto de transposição irá melhorar a oferta hídrica das regiões prejudicadas com a escassez de água, gerando novas possibilidades de renda, e redução da exposição da população a situações emergenciais de seca. O projeto tem sido executado com atrasos e apresenta sérios problemas de gestão. Evidenciou-se também, que com a execução da transposição, os impactos ambientais negativos serão inevitáveis nas fases do projeto, considerando que em sua execução será construído túneis, canais, aquedutos e barragens, e consequentemente o meio ambiente será afetado. Em suma, o projeto de transposição só trará soluções efetivas para o semiárido nordestino, se na estrutura do projeto contemplar as questões ambientais, sociais, econômicas, e políticas do semiárido nordestino, considerando que o problema do semiárido nordestino não se restringe a escassez de água.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.