Resumo Trabalho

ESPORTE UNIVERSITÁRIO NO ESTADO DE SÃO PAULO: UM DIAGNÓSTICO ATUAL.

Autor(es): LETÍCIA MAGALHÃES DA SILVA, CRISTIANO ISRAEL CAETANO, JOSÉ FRANCISO LÓPEZ-GIL, FERNANDO RENATO CAVICHIOLLI, VITÓRIA REBELO MENDES

O esporte no Brasil se manifesta, segundo a lei n°9.615/98, em quatro principais esferas: educacional; participaÇÃo; rendimento e formaÇÃo. Dentre os diversos ambientes que essas manifestaÇÕes acontecem, pode-se citar o universitÁrio, definido como qualquer atividade esportiva realizadas em instituiÇÕes ensino superior, em que seu Único atributo inflexÍvel É o de que ele ocorre a partir da prÁtica esportiva por alunos regulares de uma instituiÇÃo de ensino superior pÚblica ou privada. As prÁticas esportivas universitÁrias sÃo tradicionais no Brasil e no Mundo, contudo É um dos segmentos mais atrofiados do esporte brasileiro, se comparado a de outros paÍses. Especificamente no Estado de SÃo Paulo, onde ocorreram as primeiras as competiÇÕes interestaduais com o Rio de Janeiro e com a fundaÇÃo da FederaÇÃo UniversitÁria Paulista de Esporte (FUPE) em 1934, existe uma carga maior de responsabilidade. Entretanto, nos Últimos anos houve ausÊncia de informaÇÕes acessÍveis e claras sobre competiÇÕes e eventos que envolve essa esfera esportiva. Devido a uma conjuntura da organizaÇÃo reconhecida pela ConfederaÇÃo Brasileira de Desporto UniversitÁrio (CBDU) como responsÁvel pelo esporte universitÁrio no Estado de SÃo Paulo, no caso a FUPE. O objetivo deste trabalho É expor o cenÁrio atual do esporte universitÁrio paulista, identificando as principais competiÇÕes universitÁrias de rendimento e as organizaÇÕes gestoras responsÁveis por tais. O levantamento de informaÇÕes foi realizado por meio da ferramenta de busca GOOGLE® utilizando os termos ‘Desport*’, ‘Universt*’, ‘SÃo’ e ‘Paulo’ nas buscas, em que possibilitou o mapeamento desse cenÁrio de forma mais abrangente. A CBDU e a FUPE sÃo resultados mais presentes em relaÇÃo as organizaÇÕes gestoras, em seguida encontra-se Liga Esportiva Paulista (LEUP) e Novo Desporto UniversitÁrio (NDU). As principais competiÇÕes, que nÃo selecionam por cursos e Áreas, foram: Jogos UniversitÁrios do Estado SÃo Paulo (JUESP); Jogos UniversitÁrios Paulistanos (JUP); Liga UniversitÁria Paulista (LUP); TaÇa Paulo Roberto Trivelli; Copa UniversitÁria Paulista (CUP). De forma majoritÁria, destaca-se nos resultados a falta de informaÇÕes dos campeonatos, jogos, seus resultados e classificaÇÕes finais e suas respectivas organizaÇÕes, o que impede progressÕes solidas e afirmaÇÕes consistentes de como se configura o esporte universitÁrio paulista. Foram identificados diversos vÃos de informacionais por parte organizaÇÕes gestoras, incluindo as de responsabilidade da CBDU e a FUPE, mas devido sua “ilegabilidade” nos anos 2000, nÃo sÃo as Únicas a atuarem no esporte de rendimento universitÁrio no Estado de SÃo Paulo. Dessa forma, conclui-se que as organizaÇÕes responsÁveis em promover o esporte em Âmbito universitÁrio nÃo sÃo organizadas para que seu fomento e desenvolvimento aconteÇa de forma satisfatÓria, o que consequentemente estimula a instabilidade e finalidade distorcida do contexto esportivo universitÁrio no Estado de SÃo Paulo.

Veja o artigo completo: PDF