Resumo Trabalho

COMPARAÇÃO DA FREQUÊNCIA CARDÍACA MÁXIMA MENSURADA E PREDITA EM ATLETAS PROFISSIONAIS DE FUTSAL

Autor(es): ALEXSANDRO SANTOS DA SILVA, CRISTIANO ISRAEL CAETANO, JOSÉ FRANCISO LÓPEZ-GIL, FERNANDO RENATO CAVICHIOLLI, HENRIQUE SANTOS DA SILVA, OSVALDO TADEU DA SILVA JUNIOR, JULIO WILSON DOS SANTOS

A FREQUÊNCIA CARDÍACA (FC) TEM SIDO UTILIZADA PARA A PRESCRIÇÃO E MONITORAMENTO DA INTENSIDADE, ATRAVÉS DO PERCENTUAL DA FC MÁXIMA (FCMÁX). NO ENTANTO, A FCMÁX TEM SIDO ESTIMADA ATRAVÉS DE EQUAÇÕES DE REGRESSÃO E NÃO EM TESTES MÁXIMOS. A LITERATURA APRESENTA DISCORDÂNCIA NOS RESULTADOS DA FCMÁX OBTIDOS COM EQUAÇÕES DE REGRESSÃO QUE ESTIMAM FCMÁX. ASSIM, O PRESENTE ESTUDO TEVE COMO OBJETIVO NA PRIMEIRA ETAPA COMPARAR O VALOR DA FCMÁX DE JOGADORES PROFISSIONAIS DE FUTSAL OBTIDA POR MEIO DO TESTE CONTÍNUO (TC), TESTE INTERMITENTE COM RECUPERAÇÃO (IT-R) E DO JOGO OFICIAL (J-O), E NA SEGUNDA ETAPA, COMPARAR A FCMÁX DAS TRÊS SITUAÇÕES DE EXERCÍCIO COM QUATRO EQUAÇÕES DE PREDIÇÃO DA FCMÁX PROPOSTAS POR: KARVONEN, TANAKA, NIKOLAIDIS-2014 E NIKOLAIDIS-2015. OITO JOGADORES PROFISSIONAIS DE FUTSAL DE PARTICIPARAM DO ESTUDO, DURANTE O PERÍODO DE COMPETIÇÃO (23,1 ± 2,9 ANOS; 178 ± 6 CM; 70,0 ± 8,1 KG; 51,9 ± 6,7 MASSA LIVRE DE GORDURA; 11,8 ± 5,1% DE GORDURA), COM EXPERIÊNCIA DE PELO MENOS CINCO ANOS NA MODALIDADE. OS JOGADORES TREINAVAM DIARIAMENTE EM DOIS PERÍODOS, 3 À 4H/DIA, 5-6 DIAS/SEMANA. A FCMÁX FOI VERIFICADA NAS TRÊS SITUAÇÕES (TC, IT-R E J-O), COM INTERVALO DE PELO MENOS 48 H ENTRE ELAS. A FC FOI GRAVADA E, POSTERIORMENTE, ANALISADA COM O MONITOR DE FREQUÊNCIA CARDÍACA TEAM SYSTEM2 (POLAR, KEMPELE, FINLÂNDIA). A NORMALIDADE DOS DADOS FOI TESTADA COM O TESTE DE SHAPIRO-WILK E A COMPARAÇÃO ENTRE FCMÁX FOI FEITA COM A ANOVA PARA MEDIDAS REPETIDAS E POST-HOC DE NEWMAN-KEULS, P<0,05. NÃO HOUVE DIFERENÇA SIGNIFICANTE ENTRE A FCMÁX DO J-O E O TESTE IT-R (J-O = 192 ± 6 VS IT-R 188 ± 8 BPM), EMBORA, NO J-O A FCMÁX FOI MAIOR. POR OUTRO LADO, A FCMÁX NO TC (182 ± 7 BPM) FOI SIGNIFICANTEMENTE MENOR DO NO J-O E NO IT-R. RESULTADOS DA FREQUÊNCIA PREDITA FORAM: KARVONEN = 197 ± 3, NIKOILAIDIS-2014 = 190 ± 4, NIKOILAIDIS-2015 = 196 ± 2 E TANAKA = 192 ± 2 BPM. NA COMPARAÇÃO COM AS EQUAÇÕES DE PREDIÇÃO DA FCMÁX, TODAS AS EQUAÇÕES APRESENTARAM RESULTADOS MAIORES COMPARADAS AO TC (KARVONEN P ≤ 0,001, TANAKA, P <0,001, NIKOILAIDIS-2014, P ≤ 0,01 E NIKOILAIDIS-2015 P ≤ 0,001). NA COMPARAÇÃO ENTRE A FCMÁX DAS EQUAÇÕES E O IT-R, AS EQUAÇÕES KARVONEN E DE NICKOLAIDIS-2015 APRESENTARAM MAIORES VALORES (P ≤ 0,01 E P ≤ 0.05, RESPECTIVAMENTE). A FCMÁX NO J-O NÃO DIFERIU DE NENHUM DOS RESULTADOS ESTIMADOS PELAS 4 EQUAÇÕES TESTADAS. A FCMÁX DETERMINADA PELA EQUAÇÃO NO TC SUBESTIMOU OS VALORES EM COMPARAÇÃO AO J-O E TODAS AS EQUAÇÕES TESTADAS. CONSIDERANDO QUE A FCMÁX NO J-O FOI SUPERIOR À DO TC E NÃO DIFERIU DO IT-R E DE NENHUMA FCMÁX ESTIMADA PELAS EQUAÇÕES, O JOGO É UMA BOA OPÇÃO PARA IDENTIFICAÇÃO DA FCMÁX EM JOGADORES DE FUTSAL.

Veja o artigo completo: PDF