Resumo Trabalho

EFEITOS DO EXERCÍCIO FÍSICO SOBRE A POLARIZAÇÃO DE MACRÓFAGOS, INFLAMAÇÃO E O TECIDO ADIPOSO MARROM

Autor(es): THIAGO LUCAS DE CASTRO, CRISTIANO ISRAEL CAETANO, JOSÉ FRANCISO LÓPEZ-GIL, FERNANDO RENATO CAVICHIOLLI, JULIANA PAULA LEITE, ISABELA APARECIDA DOSOALDO PRETO, HIAGO M CAMILO, LÍVIA DA COSTA PILON, ALEXANDRE GABARRA DE OLIVEIRA

A OBESIDADE É CONSIDERADA UMA DOENÇA CRÔNICA E DE BAIXO GRAU INFLAMATÓRIO, E CRESCE EM NÍVEIS ALARMANTES MUNDO À FORA E NÃO À TOA NO BRASIL. AS PRINCIPAIS CAUSAS DESSA DOENÇA É A ALTA INGESTÃO CALÓRICA ALIADA AO SEDENTARISMO, OU SEJA, POUCO GASTO CALÓRICO SENDO ASSIM O AMBIENTE É PROPÍCIO AO GANHO DE PESO. O DESENVOLVIMENTO DA OBESIDADE PODE OCASIONAR OUTRAS COMORBIDADES COMO A RESISTÊNCIA À INSULINA, QUE É A DIFICULDADE DE RESPOSTA DOS TECIDOS SENSÍVEIS À AÇÃO DA INSULINA COMO FÍGADO, MÚSCULO E TECIDO ADIPOSO, CASO NÃO OCORRA TRATAMENTO OU INTERVENÇÃO À RESISTÊNCIA À INSULINA PODE DESENCADEAR A DIABETES MELLITUS TIPO II. A INFLAMAÇÃO OCASIONADA PELA OBESIDADE PODE SER FRUTO DO PRÓPRIO TECIDO ADIPOSO BRANCO (TAB) QUE POSSUI CAPACIDADES ENDÓCRINAS E PRODUZ CITOCINAS INFLAMATÓRIAS, ALÉM DISSO ESSE TECIDO ATRAÍ MACRÓFAGOS DO TIPO M1 QUE SÃO CONSIDERADOS INFLAMATÓRIOS E CONFUNDEM AS CÉLULAS ADIPOSAS RICAS EM GORDURAS, COM BACTÉRIAS GRAM NEGATIVAS QUE SÃO RECONHECIDAS PELA SUA MEMBRANA DE LIPOPOLISSACARÍDEO, LOGO OS MACRÓFAGOS ACREDITAM QUE TODO O TAB É HOSTIL E PRODUZEM DEMASIADAMENTE CITOCINAS INFLAMATÓRIAS. POR OUTRO LADO EXISTE O TECIDO ADIPOSO MARROM (TAM) O QUAL É RICO EM CONTEÚDO MITOCONDRIAL E OXIDA A GORDURA DISPONÍVEL E GERA CALOR, ESSE PROCESSO É CONHECIDO COMO CICLO FÚTIL, PORÉM NESSA SITUAÇÃO PODE ELEVAR O GASTO CALÓRICO E CONTRIBUIR ASSIM PARA A OBESIDADE, ALÉM DE TAIS EFEITOS ESSE TECIDO PARECE TER CERTA CORRELAÇÃO COM MACRÓFAGOS DO TIPO M2 CONSIDERADOS ANTI-INFLAMATÓRIOS. DESSA FORMA O OBJETIVO FOI VERIFICAR OS EFEITOS DO EXERCÍCIO FÍSICO CRÔNICO DURANTE 8 SEMANAS, E A INFILTRAÇÃO E POLARIZAÇÃO DE MACRÓFAGOS NO TAM EM DECORRÊNCIA DA DIETA HIPERLIPÍDICA. FORAM UTILIZADOS RATOS WISTAR COM 6 SEMANAS DE VIDA, OS QUAIS FORAM DIVIDIDOS EM 3 GRUPOS: ANIMAIS ALIMENTADOS COM DIETA PADRÃO PARA ROEDORES (CTL), ANIMAIS ALIMENTADOS COM DIETA HIPERLIPÍDICA (HFD) E ANIMAIS ALIMENTADOS COM DIETA HIPERLIPÍDICA E SUBMETIDOS AO TREINAMENTO DE NATAÇÃO (EXE). AO FIM DO TREINAMENTO DE 8 SEMANAS OS ANIMAIS HFD APRESENTARAM MAIOR PESO, PRINCIPALMENTE AO QUE SE REFERE SOBRE O TAB EPIDIDIMAL, JÁ O TAM UM COMPORTAMENTO SIMILAR FOI OBSERVADO, AONDE A DIETA HIPERLIPÍDICA PROMOVEU O GANHO DESSE TECIDO ENTRE OS GRUPO HFD E CTL, CONTUDO AO COMPARARMOS OS GRUPO HFD E EXE OBSERVOU-SE QUE A NATAÇÃO É CAPAZ DE PROMOVER O CRESCIMENTO DO TAM, OU SEJA O EXERCÍCIO FÍSICO PROMOVE MUDANÇAS NA COMPOSIÇÃO CORPORAL DIANTE A DIETA HIPERLIPÍDICA. EM RELAÇÃO AOS MACRÓFAGOS OS ANIMAIS HFD POSSUEM UMA QUANTIDADE MAIOR DE M1, CONTRIBUINDO ASSIM PARA O QUADRO INFLAMATÓRIO, JÁ OS ANIMAIS CTL EXPRESSARAM NÍVEIS MAIORES DE CITOCINAS ANTI-INFLAMATÓRIAS SEGUIDOS PELO GRUPO EXE, FICANDO OS ANIMAIS HFD COM MENOR EXPRESSÃO. ACREDITA-SE QUE O TAM POSSUI CARACTERÍSTICAS SIMILARES AS DOS MÚSCULOS, INCLUSIVE POSSUEM A MESMA ORIGEM EMBRIONÁRIA, POR ISSO ACREDITA-SE QUE O EXERCÍCIO FÍSICO É DE EXTREMA EFICÁCIA PARA ESTIMULAR ESSE TECIDO E ASSIM CONTRIBUIR PARA A OBESIDADE. APOIO FAPESP E CAPES/CNPQ.

Veja o artigo completo: PDF