Resumo Trabalho

CRIANÇAS E ADOLESCENTES USAM DICAS VISUAIS IMPLÍCITAS NA TOMADA DE DECISÃO MAS NÃO COM A MESMA EFICÁCIA DE ADULTOS

Autor(es): ANSELMO AUGUSTO ROCA, CRISTIANO ISRAEL CAETANO, JOSÉ FRANCISO LÓPEZ-GIL, FERNANDO RENATO CAVICHIOLLI, GABRIELLA ANDREETA FIGUEIREDO, JOSÉ ANGELO BARELA

TOMADA DE DECISÃO ESTÁ PRESENTE PRATICAMENTE EM TODAS AS ATIVIDADES DO SER HUMANO E OS ESTÍMULOS PRESENTES NO AMBIENTE PROPORCIONAM INFORMAÇÕES IMPORTANTES PARA QUE O OBJETIVO DA AÇÃO SEJA ALCANÇADO. MUITOS DESSES ESTÍMULOS SÃO UTILIZADOS DE MANEIRA IMPLÍCITA PELO SISTEMA NERVOSO CENTRAL, NÃO SENDO DISCRIMINADO PELO INDIVÍDUO. EM ADULTOS JOVENS, DICAS IMPLÍCITAS REDUZEM O TEMPO DE RESPOSTA (TR), ENTRETANTO, O USO DESSAS DICAS AINDA PRECISA SER EXAMINADO EM CRIANÇAS E ADOLESCENTES. DESSA MANEIRA, O OBJETIVO DO ESTUDO FOI ANALISAR A INFLUÊNCIA DE DICA VISUAL IMPLÍCITA NO TR DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES. PARTICIPARAM DO ESTUDO SETENTA E DUAS PESSOAS, DE AMBOS OS SEXOS, CONSTITUINDO QUATRO GRUPOS (18 PARTICIPANTES POR GRUPO) ETÁRIOS: 8, 10, 12 E 20 ANOS DE IDADE (+/- 6 MESES). OS PARTICIPANTES FORAM SUBMETIDOS A UM TESTE DE TR DE ESCOLHA COM A APRESENTAÇÃO, EM UM MONITOR, DE QUATRO CÍRCULOS NO QUAL APENAS UM FOI PREENCHIDO COM A COR AMARELA, CARACTERIZANDO O ESTÍMULO. O INDIVÍDUO DEVERIA SELECIONAR A RESPOSTA COMPATÍVEL EM CONTROLADOR DE QUATRO BOTÕES, O MAIS RÁPIDO POSSÍVEL. TRINTA E DUAS TENTATIVAS FORAM REALIZADAS, ENVOLVENDO QUATRO CONDIÇÕES EXPERIMENTAIS: A) SEM DICA IMPLÍCITA (CONDIÇÃO CONTROLE); B) DICA IMPLÍCITA 43, COM UM PONTO PRETO APRESENTADO, DURANTE 43 MS, 43MS ANTES DO ESTÍMULO; C) DICA IMPLÍCITA 86, 86 MS ANTES DO ESTÍMULO E; D) DICA IMPLÍCITA 129, 129 MS ANTES DO ESTÍMULO. CADA CONDIÇÃO FOI REPETIDA 8 VEZES, SENDO APRESENTADAS DE FORMA ALEATÓRIA. PARA CADA TENTATIVA, O TEMPO DE RESPOSTA, INTERVALO ENTRE A APRESENTAÇÃO DO ESTÍMULO E O ACIONAMENTO DO BOTÃO, FOI OBTIDO PARA VERIFICAR O DESEMPENHO DOS PARTICIPANTES. AINDA, VALORES DE ESCORE Z FORAM CALCULADOS PARA CADA PARTICIPANTE, CONSIDERANDO O DESEMPENHO EM CADA SITUAÇÃO EXPERIMENTAL, TENDO COMO REFERÊNCIA A CONDIÇÃO DE NENHUMA DICA VISUAL. OS RESULTADOS INDICARAM QUE O TEMPO DE RESPOSTA REDUZIU NAS CONDIÇÕES DE DICA IMPLÍCITA E QUE ESSA REDUÇÃO FOI MAIOR COM A APRESENTAÇÃO DA DICA MAIS CEDO EM RELAÇÃO AO ESTÍMULO. O TEMPO DE RESPOSTA TAMBÉM FOI DIFERENTE ENTRE OS GRUPOS, SENDO QUE TESTES POST HOC INDICARAM QUE O TEMPO DE RESPOSTA É MAIOR PARA PARTICIPANTES DE 8 QUE 12 ANOS E ADULTOS E MAIOR PARA PARTICIPANTES DE 10 ANOS E ADULTOS. FINALMENTE, VALORES DE ESCORE Z INDICARAM MENOR REDUÇÃO QUANTO AO USO DA DICA IMPLÍCITA NOS PARTICIPANTES DE 8, 10 E 12 ANOS QUE NOS ADULTOS. ESSES RESULTADOS INDICAM QUE CRIANÇAS E ADOLESCENTES USAM DICAS VISUAIS IMPLÍCITAS NA TOMADA DE DECISÃO, PORÉM NÃO DE FORMA TÃO EFETIVA QUANTO O OBSERVADO EM ADULTOS. PORTANTO, O USO DE DICAS IMPLÍCITAS PASSA POR MUDANÇAS DESENVOLVIMENTAIS, MELHORANDO O USO DA MESMA COM O AVANÇO DA IDADE, PORÉM MESMO AOS 12 ANOS DE IDADE AINDA NÃO ATINGIU O EFEITO OBSERVADO PARA ADULTOS.

Veja o artigo completo: PDF