Resumo Trabalho

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR ELABORADAS POR SEUS PROFESSORES.

Autor(es): MARIA DE FÁTIMA FERREIRA VASCONCELOS, CRISTIANO ISRAEL CAETANO, JOSÉ FRANCISO LÓPEZ-GIL, FERNANDO RENATO CAVICHIOLLI

Este estudo propÔs investigar a prÁtica da EducaÇÃo FÍsica nas escolas sob a Ótica da Teoria das RepresentaÇÕes Sociais (TRS) na busca de compreender esta disciplina, em sua especificidade: “teoria-prÁtica” por meio da identificaÇÃo das representaÇÕes sociais que os professores de EducaÇÃo FÍsica elaboram de sua prÁtica. O estudo expÔs a trajetÓria da EducaÇÃo FÍsica nas escolas, marcada por contribuiÇÕes diversificadas decorrentes de mudanÇas na legislaÇÃo especÍfica, bem como nos avanÇos no campo de conhecimento desta disciplina desde o inÍcio de sua existÊncia em instituiÇÕes educacionais, apontando por conseguinte, um distanciamento entre o que É proposto em seu campo de conhecimento, na legislaÇÃo que orienta esta disciplina e a realidade pedagÓgica existente nas instituiÇÕes de ensino. AlÉm disso, estudos no campo da TRS mostram que esta É vista como uma disciplina de menor valor pedagÓgico em comparaÇÃo com as demais disciplinas curriculares. A metodologia aplicada neste estudo foi orientada sob a perspectiva da abordagem estrutural da TRS por meio da aplicaÇÃo de um questionÁrio estruturado a 105 professores de EducaÇÃo FÍsica atuantes em escolas pÚblicas e privadas, e os dados coletados nestes questionÁrios foram tratados pelos mÉtodos de “anÁlise das evocaÇÕes” e “anÁlise de similitude”. Tais mÉtodos de anÁlise nos permitiram identificar a concepÇÃo que os professores de educaÇÃo fÍsica escolar constroem a respeito de suas aulas e consequentemente como tais professores organizam suas praticas. A representaÇÃo social identificada da prÁtica da EducaÇÃo FÍsica encontrada estÁ fundamentada em elementos em torno do DESENVOLVIMENTO e do LÚDICO como elementos centrais e o ESPORTE, CORPO, MOVIMENTO e JOGOS como elementos relacionados ao sistema perifÉrico desta representaÇÃo. Os professores demonstraram, por meio de um discurso espontÂneo, que estes reconhecem a importÂncia do “desenvolvimento” do seu aluno proporcionada por meio de prÁticas eminentemente “lÚdicas” e entendem que estes elementos devem constituir o centro da organizaÇÃo de sua prÁtica, como objetivo primordial para a elaboraÇÃo de suas aulas. A presenÇa dos elementos “esporte”, “corpo”, “movimento” e “jogos”, situados no que esta anÁlise denomina de sistema perifÉrico, apresentam-se como elementos fortes nas prÁticas justificados pelos professores, como instrumentos lÚdicos que favorecem o desenvolvimento do aluno e possibilitam a organizaÇÃo de prÁticas coerentes com as atuais orientaÇÕes normativas desta disciplina.

Veja o artigo completo: PDF