Resumo Trabalho

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DE DESENVOLVIMENTO INFANTIL ELABORADAS POR PROFESSORES DE EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR.

Autor(es): MARIA DE FÁTIMA FERREIRA VASCONCELOS, CRISTIANO ISRAEL CAETANO, JOSÉ FRANCISO LÓPEZ-GIL, FERNANDO RENATO CAVICHIOLLI

O presente estudo teve como proposta investigar o conhecimento que os professores de educaÇÃo fÍsica possuem sobre o Desenvolvimento Infantil e identificar a forma como estes professores utilizam tal conhecimento em suas aulas por meio do desvelamento das RepresentaÇÕes Sociais que os professores de educaÇÃo fÍsica escolar constroem a respeito do Desenvolvimento Infantil, estabelecendo ainda como objetivo secundÁrio, identificar como estes professores percebem a aplicaÇÃo dos conhecimentos da Psicomotricidade para a promoÇÃo do Desenvolvimento Infantil. O estudo apresentou o panorama do conhecimento produzido e que dÁ sustentaÇÃo a realidade atual da educaÇÃo fÍsica praticada nas escolas. Foram apresentadas as abordagens genÉtica, sociocultural e psicogenÉtica de desenvolvimento infantil adotadas como norteadoras deste estudo na compreensÃo do desenvolvimento infantil em uma visÃo integral, e tambÉm foram expostos os princÍpios teÓricos bÁsicos do campo de conhecimento da psicomotricidade. Os sujeitos pesquisados foram professores de educaÇÃo fÍsica atuantes em escolas pÚblicas e privadas no primeiro segmento do Ensino Fundamental. A Teoria das RepresentaÇÕes Sociais foi escolhida como sustentaÇÃo teÓrica para o desenvolvimento desta pesquisa com a adoÇÃo da abordagem estrutural desta teoria como organizaÇÃo metodolÓgica. Em um prÉ-estudo foi realizado uma discursÃo sobre o conteÚdo dos documentos que norteiam esta prÁtica: BNCC, PCNs, OC; no estudo II foi realizada uma anÁlise dos planejamentos de curso de cinco escolas e, no estudo II, foi realizada uma coleta de dados por meio da aplicaÇÃo de questionÁrios nos quais os dados coletados foram tratados por mÉtodos de anÁlise com o auxÍlio do programa EVOC e anÁlise de similitude. A representaÇÃo social identificada da prÁtica do desenvolvimento infantil encontrada apresentou uma configuraÇÃo na qual o movimento, a ludicidade e a psicomotricidade aparecem como elementos centrais e a socializaÇÃo e a afetividade como elementos relacionados ao sistema perifÉrico desta representaÇÃo. Os resultados obtidos sugerem que a RepresentaÇÃo Social identificada nÃo É consensual por ter ocorrido uma dispersÃo significativa nas evocaÇÕes e que os professores reconhecem a importÂncia do conhecimento da psicomotricidade como auxiliar em suas aulas objetivando o desenvolvimento integral da crianÇa, mas estes ainda nÃo apresentam um conhecimento constituÍdo desta Área de conhecimento.

Veja o artigo completo: PDF