Resumo Trabalho

DIABETES MELLITUS ELEVA CUSTOS COM SERVIÇOS DE SAÚDE ENTRE ADULTOS COM DOENÇAS CARDIOVASCULARES, INDEPENDENTE DO NÍVEL DE ATIVIDADE FÍSICA HABITUAL

Autor(es): ANDRÉ LUCAS SERVO BENTO, CRISTIANO ISRAEL CAETANO, JOSÉ FRANCISO LÓPEZ-GIL, FERNANDO RENATO CAVICHIOLLI, ALESSANDRA MADIA MANTOVANI FABRI, DAYANE CRISTINA QUEIROZ, MARIA CAROLINA CASTANHO SAES NORBERTO, MONIQUE YNDAWE CASTANHO ARAUJO, JAMILE SANCHES CODOGNO

O Diabetes Mellitus (DM) atinge cerca de 8,8% dos adultos entre 20 a 79 anos no mundo e está diretamente relacionada ao surgimento de doenças cardiovasculares, as quais impactam em despesas com saúde. Entretanto, ainda são escassos os estudos que investiguem a associação de ambas em tais despesas e principalmente, a influência da atividade física nesta relação. O objetivo do trabalho foi analisar se diagnóstico de DM e nível de atividade física habitual (AFH) elevam despesas com serviços de saúde, entre adultos com doenças cardiovasculares atendidos pela rede primária de saúde pública. A presença de DM foi verificada segundo inquérito de morbidades referidas. O nível de AFH foi calculado pela soma dos escores gerados a partir de informações sobre atividades físicas ocupacionais, exercícios físicos durante tempo de lazer e atividades físicas de locomoção, avaliados por meio de questionário validado. Para fins de análise estatística, a amostra foi classificada acima (?P75) e abaixo (

Veja o artigo completo: PDF