Artigo Anais do XXVIII CONGRESSO INTERNACIONAL DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE PROFESSORES DE LITERATURA PORTUGUESA

ANAIS de Evento

ISBN: 978-65-86901-53-5

A CRÍTICA AO OLHAR DOMINADOR NOS CONTOS “A MENOR MULHER DO MUNDO”, DE CLARICE LISPECTOR, E “HUMAL”, DE DULCE MARIA CARDOSO

Palavra-chaves: CONTOS, CLARICE LISPECTOR, DULCE MARIA CARDOSO, O OUTRO, Comunicação Oral Linha Temática 04: Interlocuções: literatura portuguesa e outras literaturas
"2022-03-16"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 82559
    "edicao_id" => 193
    "trabalho_id" => 147
    "inscrito_id" => 236
    "titulo" => "A CRÍTICA AO OLHAR DOMINADOR NOS CONTOS “A MENOR MULHER DO MUNDO”, DE CLARICE LISPECTOR, E “HUMAL”, DE DULCE MARIA CARDOSO"
    "resumo" => "“A MENOR MULHER DO MUNDO”, DE CLARICE LISPECTOR (NA COLETÂNEA LAÇOS DE FAMÍLIA), E “HUMAL”, DE DULCE MARIA CARDOSO (NO LIVRO TUDO SÃO HISTÓRIAS DE AMOR), SÃO CONTOS COM SIMILARIDADES DE ESCRITA, COMO O USO DE FORTES DOSES DE IRONIA E DE INSTÂNCIAS NARRATIVAS QUE CONSTROEM O TEXTO DE TAL FORMA QUE, A PARTIR DA ENTRADA DO "ESTRANHO" ENQUANTO O OUTRO, ACABAM POR PROVOCAR DESFILES DE FALAS QUE CRIAM MICROCOSMOS. AS SEMELHANÇAS SÃO, TAMBÉM, TEMÁTICAS: HÁ, POR DIFERENTES VIESES, A CRÍTICA À EXPLORAÇÃO DO OUTRO. ESSA CRÍTICA SE DÁ A PARTIR DO COMPORTAMENTO MORALISTA (HIPÓCRITA) E ETNOCÊNTRICO DE ALGUNS DE SEUS PERSONAGENS, QUE CLASSIFICAM, INFERIORIZAM E BESTIALIZAM O QUE É CONSIDERADO DIFERENTE. ALÉM DISSO, HÁ COMO PONTO DE CONTATO OS PERSONAGENS INFERIORIZADOS EM AMBOS OS CONTOS SEREM VISTOS, PELO OLHAR DOMINANTE, COMO DEFORMADOS, REPULSIVOS E QUASE INCOMUNICÁVEIS, E ISSO SE TORNA JUSTIFICATIVA PARA PODEREM SER EXPLORADOS. NESTE TRABALHO, DEMONSTRAREMOS AS VÁRIAS FORMAS EM QUE ESSE OLHAR DOMINADOR SE APRESENTA. PARA TAL, TEREMOS COMO APORTE TEÓRICO TEXTOS DE SILVIANO SANTIAGO (“POR QUE E PARA QUE VIAJA O EUROPEU”), LINDA HUTCHEON (“DESCENTRALIZANDO O PÓS-MODERNO: O EX-CÊNTRICO”), ROLAND BARTHES (“OS MARCIANOS”), MONTAIGNE (“SOBRE OS CANIBAIS”) E MICHEL FOUCAULT (AS PALAVRAS E AS COISAS)."
    "modalidade" => "Comunicação Oral"
    "area_tematica" => "Linha Temática 04: Interlocuções: literatura portuguesa e outras literaturas"
    "palavra_chave" => "CONTOS, CLARICE LISPECTOR, DULCE MARIA CARDOSO, O OUTRO, "
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV159_MD_SA_ID_28112021231702.pdf"
    "created_at" => "2022-01-20 13:45:20"
    "updated_at" => null
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "LARISSA FONSECA E SILVA"
    "autor_nome_curto" => "LARISSA FONSECA E SILVA"
    "autor_email" => "larissafonsil@yahoo.com.b"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL-REI"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-do-xxviii-congresso-internacional-da-associacao-brasileira-de-professores-de-literatura-portuguesa"
    "edicao_nome" => "Anais do XXVIII CONGRESSO INTERNACIONAL DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE PROFESSORES DE LITERATURA PORTUGUESA"
    "edicao_evento" => "XXVIII Congresso Internacional da Associação Brasileira de Professores de Literatura Portuguesa"
    "edicao_ano" => 2022
    "edicao_pasta" => "anais/abraplip/2021"
    "edicao_logo" => null
    "edicao_capa" => "620d35f4cce9a_16022022143548.jpg"
    "data_publicacao" => "2022-03-16"
    "edicao_publicada_em" => "2022-01-19 09:24:46"
    "publicacao_id" => 89
    "publicacao_nome" => "Revista do Congresso Internacional da ABRAPLIP"
    "publicacao_codigo" => "978-65-86901-53-5"
    "tipo_codigo_id" => 2
    "tipo_codigo_nome" => "ISBN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 82559
    "edicao_id" => 193
    "trabalho_id" => 147
    "inscrito_id" => 236
    "titulo" => "A CRÍTICA AO OLHAR DOMINADOR NOS CONTOS “A MENOR MULHER DO MUNDO”, DE CLARICE LISPECTOR, E “HUMAL”, DE DULCE MARIA CARDOSO"
    "resumo" => "“A MENOR MULHER DO MUNDO”, DE CLARICE LISPECTOR (NA COLETÂNEA LAÇOS DE FAMÍLIA), E “HUMAL”, DE DULCE MARIA CARDOSO (NO LIVRO TUDO SÃO HISTÓRIAS DE AMOR), SÃO CONTOS COM SIMILARIDADES DE ESCRITA, COMO O USO DE FORTES DOSES DE IRONIA E DE INSTÂNCIAS NARRATIVAS QUE CONSTROEM O TEXTO DE TAL FORMA QUE, A PARTIR DA ENTRADA DO "ESTRANHO" ENQUANTO O OUTRO, ACABAM POR PROVOCAR DESFILES DE FALAS QUE CRIAM MICROCOSMOS. AS SEMELHANÇAS SÃO, TAMBÉM, TEMÁTICAS: HÁ, POR DIFERENTES VIESES, A CRÍTICA À EXPLORAÇÃO DO OUTRO. ESSA CRÍTICA SE DÁ A PARTIR DO COMPORTAMENTO MORALISTA (HIPÓCRITA) E ETNOCÊNTRICO DE ALGUNS DE SEUS PERSONAGENS, QUE CLASSIFICAM, INFERIORIZAM E BESTIALIZAM O QUE É CONSIDERADO DIFERENTE. ALÉM DISSO, HÁ COMO PONTO DE CONTATO OS PERSONAGENS INFERIORIZADOS EM AMBOS OS CONTOS SEREM VISTOS, PELO OLHAR DOMINANTE, COMO DEFORMADOS, REPULSIVOS E QUASE INCOMUNICÁVEIS, E ISSO SE TORNA JUSTIFICATIVA PARA PODEREM SER EXPLORADOS. NESTE TRABALHO, DEMONSTRAREMOS AS VÁRIAS FORMAS EM QUE ESSE OLHAR DOMINADOR SE APRESENTA. PARA TAL, TEREMOS COMO APORTE TEÓRICO TEXTOS DE SILVIANO SANTIAGO (“POR QUE E PARA QUE VIAJA O EUROPEU”), LINDA HUTCHEON (“DESCENTRALIZANDO O PÓS-MODERNO: O EX-CÊNTRICO”), ROLAND BARTHES (“OS MARCIANOS”), MONTAIGNE (“SOBRE OS CANIBAIS”) E MICHEL FOUCAULT (AS PALAVRAS E AS COISAS)."
    "modalidade" => "Comunicação Oral"
    "area_tematica" => "Linha Temática 04: Interlocuções: literatura portuguesa e outras literaturas"
    "palavra_chave" => "CONTOS, CLARICE LISPECTOR, DULCE MARIA CARDOSO, O OUTRO, "
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV159_MD_SA_ID_28112021231702.pdf"
    "created_at" => "2022-01-20 13:45:20"
    "updated_at" => null
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "LARISSA FONSECA E SILVA"
    "autor_nome_curto" => "LARISSA FONSECA E SILVA"
    "autor_email" => "larissafonsil@yahoo.com.b"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL-REI"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-do-xxviii-congresso-internacional-da-associacao-brasileira-de-professores-de-literatura-portuguesa"
    "edicao_nome" => "Anais do XXVIII CONGRESSO INTERNACIONAL DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE PROFESSORES DE LITERATURA PORTUGUESA"
    "edicao_evento" => "XXVIII Congresso Internacional da Associação Brasileira de Professores de Literatura Portuguesa"
    "edicao_ano" => 2022
    "edicao_pasta" => "anais/abraplip/2021"
    "edicao_logo" => null
    "edicao_capa" => "620d35f4cce9a_16022022143548.jpg"
    "data_publicacao" => "2022-03-16"
    "edicao_publicada_em" => "2022-01-19 09:24:46"
    "publicacao_id" => 89
    "publicacao_nome" => "Revista do Congresso Internacional da ABRAPLIP"
    "publicacao_codigo" => "978-65-86901-53-5"
    "tipo_codigo_id" => 2
    "tipo_codigo_nome" => "ISBN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 16 de março de 2022

Resumo

“A MENOR MULHER DO MUNDO”, DE CLARICE LISPECTOR (NA COLETÂNEA LAÇOS DE FAMÍLIA), E “HUMAL”, DE DULCE MARIA CARDOSO (NO LIVRO TUDO SÃO HISTÓRIAS DE AMOR), SÃO CONTOS COM SIMILARIDADES DE ESCRITA, COMO O USO DE FORTES DOSES DE IRONIA E DE INSTÂNCIAS NARRATIVAS QUE CONSTROEM O TEXTO DE TAL FORMA QUE, A PARTIR DA ENTRADA DO "ESTRANHO" ENQUANTO O OUTRO, ACABAM POR PROVOCAR DESFILES DE FALAS QUE CRIAM MICROCOSMOS. AS SEMELHANÇAS SÃO, TAMBÉM, TEMÁTICAS: HÁ, POR DIFERENTES VIESES, A CRÍTICA À EXPLORAÇÃO DO OUTRO. ESSA CRÍTICA SE DÁ A PARTIR DO COMPORTAMENTO MORALISTA (HIPÓCRITA) E ETNOCÊNTRICO DE ALGUNS DE SEUS PERSONAGENS, QUE CLASSIFICAM, INFERIORIZAM E BESTIALIZAM O QUE É CONSIDERADO DIFERENTE. ALÉM DISSO, HÁ COMO PONTO DE CONTATO OS PERSONAGENS INFERIORIZADOS EM AMBOS OS CONTOS SEREM VISTOS, PELO OLHAR DOMINANTE, COMO DEFORMADOS, REPULSIVOS E QUASE INCOMUNICÁVEIS, E ISSO SE TORNA JUSTIFICATIVA PARA PODEREM SER EXPLORADOS. NESTE TRABALHO, DEMONSTRAREMOS AS VÁRIAS FORMAS EM QUE ESSE OLHAR DOMINADOR SE APRESENTA. PARA TAL, TEREMOS COMO APORTE TEÓRICO TEXTOS DE SILVIANO SANTIAGO (“POR QUE E PARA QUE VIAJA O EUROPEU”), LINDA HUTCHEON (“DESCENTRALIZANDO O PÓS-MODERNO: O EX-CÊNTRICO”), ROLAND BARTHES (“OS MARCIANOS”), MONTAIGNE (“SOBRE OS CANIBAIS”) E MICHEL FOUCAULT (AS PALAVRAS E AS COISAS).

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.