Artigo Anais VI CIEH

ANAIS de Evento

ISSN: 2318-0854

VIOLÊNCIAS CONTRA AS PESSOAS IDOSAS: UMA ANÁLISE QUANTI-QUALITATIVA

Palavra-chaves: PESSOAS IDOSAS, , VIOLÊNCIA, CRIMES CONTRA OS IDOSOS, POLÍTICAS PÚBLICA Comunicação Oral (CO) AT 06: Políticas Sociais e Direitos da Pessoa Idosa
"2019-06-26 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 54308
    "edicao_id" => 109
    "trabalho_id" => 366
    "inscrito_id" => 162
    "titulo" => "VIOLÊNCIAS CONTRA AS PESSOAS IDOSAS: UMA ANÁLISE QUANTI-QUALITATIVA"
    "resumo" => """
      NO BRASIL O ÍNDICE ALARMANTE DE CRIMES COMETIDOS CONTRA AS PESSOAS IDOSAS VEM CRESCENDO DESCONTROLADAMENTE, NO QUAL, NA MAIORIA DAS VEZES, OS AUTORES DESSA “VIOLÊNCIA” SÃO OS PRÓPRIOS FAMILIARES. ESSE FATO POR SI SÓ, COMPROVA A NECESSIDADE DAS ACADEMIAS DISCUTIREM SOBRE O ASSUNTO E PRODUZIREM INSTRUMENTOS APTOS PARA CONTROLAR ESSE CONTEXTO CAÓTICO. AS DIVERSAS FORMAS DE AGRESSÃO A ESSE DETERMINADO GRUPO SÃO EVIDENCIADAS, FREQUENTEMENTE, EM ABUSOS FÍSICOS, PSICOLÓGICOS, SEXUAIS, FINANCEIROS E EM NEGLIGÊNCIAS QUE FICAM NEUTRALIZADAS, ISTO É, NÃO CHEGAM AO CONHECIMENTO DOS ÓRGÃOS E INSTITUIÇÕES. ALÉM DISSO, PÔDE-SE PERCEBER QUE A CRIAÇÃO DE DIVERSOS TIPOS PENAIS INCRIMINADORES NÃO FORAM “CAPAZES” DE COIBIR TODA ESSA CATASTRÓFICA CONJUNTURA, JÁ QUE PUNIR SEM CRITÉRIO, SEM MEDIDA E SEM REFLETIR SOBRE AS CONDIÇÕES DA VÍTIMA, NÃO SÃO SUFICIENTES PARA PRODUZIR UM RESULTADO POSITIVO NA PROTEÇÃO DE DIREITOS FUNDAMENTAIS. POR FIM, FOI ABORDADO QUE A COMPLEXIDADE DE TODAS ESSAS QUESTÕES NÃO FORAM SANADAS PELO PODER PÚBLICO, COM UMA POLÍTICA DE INTERVENÇÃO E PREVENÇÃO EFICAZ. ESTE\r\n
      ARTIGO PROPÕE TODA ESSA REFLEXÃO, SENDO UTILIZADA A METODOLOGIA DE ABORDAGEM QUALITATIVA COM O LEVANTAMENTO DE REFERENCIAL TEÓRICO E DADOS/ELEMENTOS SECUNDÁRIOS VEICULADOS EM DETERMINADAS PLATAFORMAS INSTITUCIONAIS
      """
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "AT 06: Políticas Sociais e Direitos da Pessoa Idosa"
    "palavra_chave" => "PESSOAS IDOSAS,, VIOLÊNCIA, CRIMES CONTRA OS IDOSOS, POLÍTICAS PÚBLICA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV125_MD1_SA6_ID162_26052019151734.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:52"
    "updated_at" => "2020-06-09 18:53:31"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "SHEILA MARTA CARREGOSA ROCHA"
    "autor_nome_curto" => "SHEILA MARTA"
    "autor_email" => "sheila.carregosa@gmail.co"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-vi-cieh"
    "edicao_nome" => "Anais VI CIEH"
    "edicao_evento" => "VI Congresso Internacional de Envelhecimento Humano"
    "edicao_ano" => 2019
    "edicao_pasta" => "anais/cieh/2019"
    "edicao_logo" => "5e49e780eec9b_16022020220816.png"
    "edicao_capa" => "5ee370c6dba9e_12062020091046.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2019-06-26 00:00:00"
    "publicacao_id" => 10
    "publicacao_nome" => "Anais do Congresso Internacional de Envelhecimento Humano (CIEH)"
    "publicacao_codigo" => "2318-0854"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 54308
    "edicao_id" => 109
    "trabalho_id" => 366
    "inscrito_id" => 162
    "titulo" => "VIOLÊNCIAS CONTRA AS PESSOAS IDOSAS: UMA ANÁLISE QUANTI-QUALITATIVA"
    "resumo" => """
      NO BRASIL O ÍNDICE ALARMANTE DE CRIMES COMETIDOS CONTRA AS PESSOAS IDOSAS VEM CRESCENDO DESCONTROLADAMENTE, NO QUAL, NA MAIORIA DAS VEZES, OS AUTORES DESSA “VIOLÊNCIA” SÃO OS PRÓPRIOS FAMILIARES. ESSE FATO POR SI SÓ, COMPROVA A NECESSIDADE DAS ACADEMIAS DISCUTIREM SOBRE O ASSUNTO E PRODUZIREM INSTRUMENTOS APTOS PARA CONTROLAR ESSE CONTEXTO CAÓTICO. AS DIVERSAS FORMAS DE AGRESSÃO A ESSE DETERMINADO GRUPO SÃO EVIDENCIADAS, FREQUENTEMENTE, EM ABUSOS FÍSICOS, PSICOLÓGICOS, SEXUAIS, FINANCEIROS E EM NEGLIGÊNCIAS QUE FICAM NEUTRALIZADAS, ISTO É, NÃO CHEGAM AO CONHECIMENTO DOS ÓRGÃOS E INSTITUIÇÕES. ALÉM DISSO, PÔDE-SE PERCEBER QUE A CRIAÇÃO DE DIVERSOS TIPOS PENAIS INCRIMINADORES NÃO FORAM “CAPAZES” DE COIBIR TODA ESSA CATASTRÓFICA CONJUNTURA, JÁ QUE PUNIR SEM CRITÉRIO, SEM MEDIDA E SEM REFLETIR SOBRE AS CONDIÇÕES DA VÍTIMA, NÃO SÃO SUFICIENTES PARA PRODUZIR UM RESULTADO POSITIVO NA PROTEÇÃO DE DIREITOS FUNDAMENTAIS. POR FIM, FOI ABORDADO QUE A COMPLEXIDADE DE TODAS ESSAS QUESTÕES NÃO FORAM SANADAS PELO PODER PÚBLICO, COM UMA POLÍTICA DE INTERVENÇÃO E PREVENÇÃO EFICAZ. ESTE\r\n
      ARTIGO PROPÕE TODA ESSA REFLEXÃO, SENDO UTILIZADA A METODOLOGIA DE ABORDAGEM QUALITATIVA COM O LEVANTAMENTO DE REFERENCIAL TEÓRICO E DADOS/ELEMENTOS SECUNDÁRIOS VEICULADOS EM DETERMINADAS PLATAFORMAS INSTITUCIONAIS
      """
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "AT 06: Políticas Sociais e Direitos da Pessoa Idosa"
    "palavra_chave" => "PESSOAS IDOSAS,, VIOLÊNCIA, CRIMES CONTRA OS IDOSOS, POLÍTICAS PÚBLICA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV125_MD1_SA6_ID162_26052019151734.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:52"
    "updated_at" => "2020-06-09 18:53:31"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "SHEILA MARTA CARREGOSA ROCHA"
    "autor_nome_curto" => "SHEILA MARTA"
    "autor_email" => "sheila.carregosa@gmail.co"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-vi-cieh"
    "edicao_nome" => "Anais VI CIEH"
    "edicao_evento" => "VI Congresso Internacional de Envelhecimento Humano"
    "edicao_ano" => 2019
    "edicao_pasta" => "anais/cieh/2019"
    "edicao_logo" => "5e49e780eec9b_16022020220816.png"
    "edicao_capa" => "5ee370c6dba9e_12062020091046.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2019-06-26 00:00:00"
    "publicacao_id" => 10
    "publicacao_nome" => "Anais do Congresso Internacional de Envelhecimento Humano (CIEH)"
    "publicacao_codigo" => "2318-0854"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 26 de junho de 2019

Resumo

NO BRASIL O ÍNDICE ALARMANTE DE CRIMES COMETIDOS CONTRA AS PESSOAS IDOSAS VEM CRESCENDO DESCONTROLADAMENTE, NO QUAL, NA MAIORIA DAS VEZES, OS AUTORES DESSA “VIOLÊNCIA” SÃO OS PRÓPRIOS FAMILIARES. ESSE FATO POR SI SÓ, COMPROVA A NECESSIDADE DAS ACADEMIAS DISCUTIREM SOBRE O ASSUNTO E PRODUZIREM INSTRUMENTOS APTOS PARA CONTROLAR ESSE CONTEXTO CAÓTICO. AS DIVERSAS FORMAS DE AGRESSÃO A ESSE DETERMINADO GRUPO SÃO EVIDENCIADAS, FREQUENTEMENTE, EM ABUSOS FÍSICOS, PSICOLÓGICOS, SEXUAIS, FINANCEIROS E EM NEGLIGÊNCIAS QUE FICAM NEUTRALIZADAS, ISTO É, NÃO CHEGAM AO CONHECIMENTO DOS ÓRGÃOS E INSTITUIÇÕES. ALÉM DISSO, PÔDE-SE PERCEBER QUE A CRIAÇÃO DE DIVERSOS TIPOS PENAIS INCRIMINADORES NÃO FORAM “CAPAZES” DE COIBIR TODA ESSA CATASTRÓFICA CONJUNTURA, JÁ QUE PUNIR SEM CRITÉRIO, SEM MEDIDA E SEM REFLETIR SOBRE AS CONDIÇÕES DA VÍTIMA, NÃO SÃO SUFICIENTES PARA PRODUZIR UM RESULTADO POSITIVO NA PROTEÇÃO DE DIREITOS FUNDAMENTAIS. POR FIM, FOI ABORDADO QUE A COMPLEXIDADE DE TODAS ESSAS QUESTÕES NÃO FORAM SANADAS PELO PODER PÚBLICO, COM UMA POLÍTICA DE INTERVENÇÃO E PREVENÇÃO EFICAZ. ESTE ARTIGO PROPÕE TODA ESSA REFLEXÃO, SENDO UTILIZADA A METODOLOGIA DE ABORDAGEM QUALITATIVA COM O LEVANTAMENTO DE REFERENCIAL TEÓRICO E DADOS/ELEMENTOS SECUNDÁRIOS VEICULADOS EM DETERMINADAS PLATAFORMAS INSTITUCIONAIS

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.