Artigo Anais VI CIEH

ANAIS de Evento

ISSN: 2318-0854

Visualizações: 283
UMA PERSPECTIVA PSICOPEDAGÓGICA SOBRE AS CONTRIBUIÇÕES DA APRENDIZAGEM DE DANÇAS NA VIDA DE IDOSOS

Palavra-chaves: DANÇA, APRENDIZAGEM, IDOSOS, PSICOPEDAGOGIA Comunicação Oral (CO) AT 04: Envelhecimento Ativo e Bem Sucedido Publicado em 26 de junho de 2019

Resumo

ESSE ESTUDO POSSUI COMO OBJETIVO PRINCIPAL COMPREENDER A INFLUÊNCIA DA APRENDIZAGEM DE DANÇAS NA QUALIDADE DE VIDA DOS IDOSOS E, ESPECIFICAMENTE, IDENTIFICAR A INFLUÊNCIA DA DANÇA NAS SUAS VIVÊNCIAS E A RELEVÂNCIA DESTA PRÁTICA PARA O BEM ESTAR NO ENVELHECIMENTO. TRATA-SE DE UMA PESQUISA DESCRITIVA, SENDO UM ESTUDO DE CAMPO DE NATUREZA QUALITATIVA REALIZADO COM UM GRUPO DE TRINTA IDOSOS ENTRE 60 E 98 ANOS DA CIDADE DE JOÃO PESSOA (PB) ATRAVÉS DE UMA ENTREVISTA SEMI-ESTRUTURADA. ASSIM, OS RESULTADOS REVELARAM QUE NA PERCEPÇÃO DOS IDOSOS A DANÇA TROUXE IMPORTANTES CONTRIBUIÇÕES PARA A SUA QUALIDADE DE VIDA NA TERCEIRA IDADE BENEFICIANDO ASPECTOS FÍSICOS, SOCIAIS E COGNITIVOS, COM ÊNFASE NA APRENDIZAGEM DAS COREOGRAFIAS DE DANÇAS, UMA VEZ QUE ESTA PROMOVE A ESTIMULAÇÃO DAS FUNÇÕES COGNITIVAS DOS IDOSOS, COMO ATENÇÃO E MEMÓRIA. PORTANTO, CONCLUI-SE QUE A DANÇA DEMONSTRA-SE UMA IMPORTANTE ALIADA DA PSICOPEDAGOGIA, PRINCIPALMENTE, COMO A POSSIBILIDADE DE SER UM INSTRUMENTO NA AVALIAÇÃO E INTERVENÇÃO DE COMPROMETIMENTOS COGNITIVOS DE IDOSOS.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.