Artigo Anais V CEDUCE

ANAIS de Evento

ISSN: 2447-035X

PERCEBENDO A IMAGEM DO SOM ATRAVÉS DO CIÊNCIAS EM RECORTES ANIMADO

Palavra-chaves: ENSINO DE FÍSICA, ANIMAÇÃO GRÁFICA, LIBRAS, TECNOLOGIA, TECNOLOGIA Pôster (PO) Grupo de Trabalhos 06 - Tecnologias e Educação
"2018-07-17 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 42679
    "edicao_id" => 90
    "trabalho_id" => 278
    "inscrito_id" => 931
    "titulo" => "PERCEBENDO A IMAGEM DO SOM ATRAVÉS DO CIÊNCIAS EM RECORTES ANIMADO"
    "resumo" => """
      Com o claro desenvolvimento das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC), o meio audiovisual se tornou uma das ferramentas mais importantes para o ensino de ciências. Por ser altamente atrativo, principalmente para os jovens, o aumento da utilização desse meio é inegável no auxílio do processo de ensino-aprendizagem.\r\n
      Tendo isso em mente, o Programa de Educação Tutorial da Física, ou apenas PET Física, da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, apresentou o projeto original “Ciências em Recortes Animado” (CRA).  O projeto foi criado, a princípio, com o objetivo de explicar fenômenos físicos para crianças, com animação em stop motion e 1 (um) minuto de duração.\r\n
      Cori é a personagem de cabelo azul que sempre inicia o vídeo chegando com uma pergunta problematizadora. O objetivo de cada vídeo é sanar a dúvida de Cori e, para isso, são usadas situações análogas comuns como comparação.\r\n
       Depois de alguns episódios publicados no canal PETFisicaRural do YouTube, notou-se que o alcance poderia ser maior. Os vídeos também atraíram adolescentes e adultos que tiveram pouco contato com a física. Foi então que surgiu a oportunidade de expandir o alcance para além das fronteiras “cômodas” e tornar os nossos vídeos acessíveis também para surdos. Para tornar o CRA verdadeiramente acessível para pessoas surdas é necessário ter duas abordagens, ter a tradução para a Língua de Sinais Brasileira, a Libras, e ter legendas para surdos que não utilizem a Libras.\r\n
      Inserir uma legenda num vídeo é algo razoavelmente simples de se resolver, entretanto traduzir para a Libras não é algo tão trivial. Como qualquer outra língua, a libras possui regras de concordância e organização de frase, entre outras, mas por se tratar de uma língua gesto-visual estas regras diferem e muito das regras usuais em línguas orais, o que configura o primeiro complicador do processo. O outro complicador é a falta de expressões e “vocabulário” científico específico em Libras. Rapidamente se tornou claro que haveria inúmeros desafios neste processo. Para sanar estes desafios iniciais a tradução do texto para a Libras exigiria também uma adaptação do texto muito além de simplesmente usar sinônimos, era necessário repensar toda a explicação para não só preservar como também explorar todas as características linguísticas da Libras.
      """
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "Grupo de Trabalhos 06 - Tecnologias e Educação"
    "palavra_chave" => "ENSINO DE FÍSICA, ANIMAÇÃO GRÁFICA, LIBRAS, TECNOLOGIA, TECNOLOGIA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV111_MD4_SA6_ID931_05052018220125.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:26"
    "updated_at" => "2020-06-09 18:16:35"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "VANESSA CRISTINA DA SILVA FERREIRA"
    "autor_nome_curto" => "VANESSA CRISTINA"
    "autor_email" => "tr.vanessa.ferreira@gmail"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-v-ceduce"
    "edicao_nome" => "Anais V CEDUCE"
    "edicao_evento" => "V Colóquio Internacional Educação, Cidadania e Exclusão"
    "edicao_ano" => 2018
    "edicao_pasta" => "anais/ceduce/2018"
    "edicao_logo" => "5e4d828aa34e7_19022020154634.png"
    "edicao_capa" => "5f17352a0113a_21072020153418.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2018-07-17 00:00:00"
    "publicacao_id" => 25
    "publicacao_nome" => "Revista CEDUCE"
    "publicacao_codigo" => "2447-035X"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 42679
    "edicao_id" => 90
    "trabalho_id" => 278
    "inscrito_id" => 931
    "titulo" => "PERCEBENDO A IMAGEM DO SOM ATRAVÉS DO CIÊNCIAS EM RECORTES ANIMADO"
    "resumo" => """
      Com o claro desenvolvimento das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC), o meio audiovisual se tornou uma das ferramentas mais importantes para o ensino de ciências. Por ser altamente atrativo, principalmente para os jovens, o aumento da utilização desse meio é inegável no auxílio do processo de ensino-aprendizagem.\r\n
      Tendo isso em mente, o Programa de Educação Tutorial da Física, ou apenas PET Física, da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, apresentou o projeto original “Ciências em Recortes Animado” (CRA).  O projeto foi criado, a princípio, com o objetivo de explicar fenômenos físicos para crianças, com animação em stop motion e 1 (um) minuto de duração.\r\n
      Cori é a personagem de cabelo azul que sempre inicia o vídeo chegando com uma pergunta problematizadora. O objetivo de cada vídeo é sanar a dúvida de Cori e, para isso, são usadas situações análogas comuns como comparação.\r\n
       Depois de alguns episódios publicados no canal PETFisicaRural do YouTube, notou-se que o alcance poderia ser maior. Os vídeos também atraíram adolescentes e adultos que tiveram pouco contato com a física. Foi então que surgiu a oportunidade de expandir o alcance para além das fronteiras “cômodas” e tornar os nossos vídeos acessíveis também para surdos. Para tornar o CRA verdadeiramente acessível para pessoas surdas é necessário ter duas abordagens, ter a tradução para a Língua de Sinais Brasileira, a Libras, e ter legendas para surdos que não utilizem a Libras.\r\n
      Inserir uma legenda num vídeo é algo razoavelmente simples de se resolver, entretanto traduzir para a Libras não é algo tão trivial. Como qualquer outra língua, a libras possui regras de concordância e organização de frase, entre outras, mas por se tratar de uma língua gesto-visual estas regras diferem e muito das regras usuais em línguas orais, o que configura o primeiro complicador do processo. O outro complicador é a falta de expressões e “vocabulário” científico específico em Libras. Rapidamente se tornou claro que haveria inúmeros desafios neste processo. Para sanar estes desafios iniciais a tradução do texto para a Libras exigiria também uma adaptação do texto muito além de simplesmente usar sinônimos, era necessário repensar toda a explicação para não só preservar como também explorar todas as características linguísticas da Libras.
      """
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "Grupo de Trabalhos 06 - Tecnologias e Educação"
    "palavra_chave" => "ENSINO DE FÍSICA, ANIMAÇÃO GRÁFICA, LIBRAS, TECNOLOGIA, TECNOLOGIA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV111_MD4_SA6_ID931_05052018220125.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:26"
    "updated_at" => "2020-06-09 18:16:35"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "VANESSA CRISTINA DA SILVA FERREIRA"
    "autor_nome_curto" => "VANESSA CRISTINA"
    "autor_email" => "tr.vanessa.ferreira@gmail"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-v-ceduce"
    "edicao_nome" => "Anais V CEDUCE"
    "edicao_evento" => "V Colóquio Internacional Educação, Cidadania e Exclusão"
    "edicao_ano" => 2018
    "edicao_pasta" => "anais/ceduce/2018"
    "edicao_logo" => "5e4d828aa34e7_19022020154634.png"
    "edicao_capa" => "5f17352a0113a_21072020153418.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2018-07-17 00:00:00"
    "publicacao_id" => 25
    "publicacao_nome" => "Revista CEDUCE"
    "publicacao_codigo" => "2447-035X"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 17 de julho de 2018

Resumo

Com o claro desenvolvimento das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC), o meio audiovisual se tornou uma das ferramentas mais importantes para o ensino de ciências. Por ser altamente atrativo, principalmente para os jovens, o aumento da utilização desse meio é inegável no auxílio do processo de ensino-aprendizagem. Tendo isso em mente, o Programa de Educação Tutorial da Física, ou apenas PET Física, da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, apresentou o projeto original “Ciências em Recortes Animado” (CRA). O projeto foi criado, a princípio, com o objetivo de explicar fenômenos físicos para crianças, com animação em stop motion e 1 (um) minuto de duração. Cori é a personagem de cabelo azul que sempre inicia o vídeo chegando com uma pergunta problematizadora. O objetivo de cada vídeo é sanar a dúvida de Cori e, para isso, são usadas situações análogas comuns como comparação. Depois de alguns episódios publicados no canal PETFisicaRural do YouTube, notou-se que o alcance poderia ser maior. Os vídeos também atraíram adolescentes e adultos que tiveram pouco contato com a física. Foi então que surgiu a oportunidade de expandir o alcance para além das fronteiras “cômodas” e tornar os nossos vídeos acessíveis também para surdos. Para tornar o CRA verdadeiramente acessível para pessoas surdas é necessário ter duas abordagens, ter a tradução para a Língua de Sinais Brasileira, a Libras, e ter legendas para surdos que não utilizem a Libras. Inserir uma legenda num vídeo é algo razoavelmente simples de se resolver, entretanto traduzir para a Libras não é algo tão trivial. Como qualquer outra língua, a libras possui regras de concordância e organização de frase, entre outras, mas por se tratar de uma língua gesto-visual estas regras diferem e muito das regras usuais em línguas orais, o que configura o primeiro complicador do processo. O outro complicador é a falta de expressões e “vocabulário” científico específico em Libras. Rapidamente se tornou claro que haveria inúmeros desafios neste processo. Para sanar estes desafios iniciais a tradução do texto para a Libras exigiria também uma adaptação do texto muito além de simplesmente usar sinônimos, era necessário repensar toda a explicação para não só preservar como também explorar todas as características linguísticas da Libras.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.