Artigo Anais V CEDUCE

ANAIS de Evento

ISSN: 2447-035X

A APRENDIZAGEM MATEMÁTICA (RE)SIGNIFICADA POR PROFESSORAS DOS ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL EM DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL EM SERVIÇO: NOVAS PRÁTICAS

Palavra-chaves: TEORIA DA ARGUMENTAÇÃO, EDUCAÇÃO MATEMÁTICA, APRENDIZAGEM MATEMÁTICA, DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL EM SERVIÇO, DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL EM SERVIÇO Comunicação Oral (CO) Grupo de Trabalhos 04 - Ensino Fundamental: práticas e teorias na escola
"2018-07-17 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 42237
    "edicao_id" => 90
    "trabalho_id" => 604
    "inscrito_id" => 1572
    "titulo" => "A APRENDIZAGEM MATEMÁTICA (RE)SIGNIFICADA POR PROFESSORAS DOS ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL EM DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL EM SERVIÇO: NOVAS PRÁTICAS"
    "resumo" => "A análise do desempenho dos estudantes brasileiros, nas avaliações em larga escala propostas pelo governo, sugere que o ensino de matemática oferecido pelas escolas brasileiras não atinge o que deveria ser seu principal objetivo: a aprendizagem matemática dos alunos. Nesse estudo, buscamos investigar elementos diferenciados na forma como os professores dos anos iniciais do Ensino Fundamental significam a aprendizagem matemática e as implicações desses elementos no aprimoramento dos conhecimentos profissionais dos professores. Conhecer os significados da aprendizagem matemática atribuídos pelos professores ajudou-nos a compreender suas práticas que redundam na aprendizagem dos alunos. Para isso, fundamentamos nosso estudo na Teoria da Argumentação a fim de esclarecermos os elementos norteadores do raciocínio argumentativo que fundam o discurso no meio conversacional e reconstruir a estrutura lógica que os professores utilizam para (re)significar a aprendizagem matemática. Foram realizadas entrevistas semiestruturadas e os dados coletados analisados a partir do Modelo de Estratégia Argumentativa – MEA. O fato de os sujeitos investigados estarem em desenvolvimento profissional em serviço intensifica seu processo de transformação e se encontra associado ao movimento de mudança das práticas. A necessidade de acomodar elementos “estranhos” gera uma tensão entre concepções de aprendizagem provenientes da Pedagogia Tradicional, forte referência para os professores, e de uma Pedagogia Nova. Na ausência de elementos para significar “o novo”, metáforas associadas à pedagogia tradicional foram evocadas, porém, com ressignificações que remetem a novas práticas. A dor e o medo, vivências das professoras nos seus processos de matemática, levam-nas a querer ensinar de uma maneira diferente, a aprendizagem determina o ensino."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "Grupo de Trabalhos 04 - Ensino Fundamental: práticas e teorias na escola"
    "palavra_chave" => "TEORIA DA ARGUMENTAÇÃO, EDUCAÇÃO MATEMÁTICA, APRENDIZAGEM MATEMÁTICA, DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL EM SERVIÇO, DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL EM SERVIÇO"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV111_MD1_SA4_ID1572_03062018071332.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:26"
    "updated_at" => "2020-06-09 18:16:33"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "PATRICIA BASTOS FOSSE PERES"
    "autor_nome_curto" => "PATRICIA"
    "autor_email" => "patriciaperes.mat@gmail.c"
    "autor_ies" => null
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-v-ceduce"
    "edicao_nome" => "Anais V CEDUCE"
    "edicao_evento" => "V Colóquio Internacional Educação, Cidadania e Exclusão"
    "edicao_ano" => 2018
    "edicao_pasta" => "anais/ceduce/2018"
    "edicao_logo" => "5e4d828aa34e7_19022020154634.png"
    "edicao_capa" => "5f17352a0113a_21072020153418.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2018-07-17 00:00:00"
    "publicacao_id" => 25
    "publicacao_nome" => "Revista CEDUCE"
    "publicacao_codigo" => "2447-035X"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 42237
    "edicao_id" => 90
    "trabalho_id" => 604
    "inscrito_id" => 1572
    "titulo" => "A APRENDIZAGEM MATEMÁTICA (RE)SIGNIFICADA POR PROFESSORAS DOS ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL EM DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL EM SERVIÇO: NOVAS PRÁTICAS"
    "resumo" => "A análise do desempenho dos estudantes brasileiros, nas avaliações em larga escala propostas pelo governo, sugere que o ensino de matemática oferecido pelas escolas brasileiras não atinge o que deveria ser seu principal objetivo: a aprendizagem matemática dos alunos. Nesse estudo, buscamos investigar elementos diferenciados na forma como os professores dos anos iniciais do Ensino Fundamental significam a aprendizagem matemática e as implicações desses elementos no aprimoramento dos conhecimentos profissionais dos professores. Conhecer os significados da aprendizagem matemática atribuídos pelos professores ajudou-nos a compreender suas práticas que redundam na aprendizagem dos alunos. Para isso, fundamentamos nosso estudo na Teoria da Argumentação a fim de esclarecermos os elementos norteadores do raciocínio argumentativo que fundam o discurso no meio conversacional e reconstruir a estrutura lógica que os professores utilizam para (re)significar a aprendizagem matemática. Foram realizadas entrevistas semiestruturadas e os dados coletados analisados a partir do Modelo de Estratégia Argumentativa – MEA. O fato de os sujeitos investigados estarem em desenvolvimento profissional em serviço intensifica seu processo de transformação e se encontra associado ao movimento de mudança das práticas. A necessidade de acomodar elementos “estranhos” gera uma tensão entre concepções de aprendizagem provenientes da Pedagogia Tradicional, forte referência para os professores, e de uma Pedagogia Nova. Na ausência de elementos para significar “o novo”, metáforas associadas à pedagogia tradicional foram evocadas, porém, com ressignificações que remetem a novas práticas. A dor e o medo, vivências das professoras nos seus processos de matemática, levam-nas a querer ensinar de uma maneira diferente, a aprendizagem determina o ensino."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "Grupo de Trabalhos 04 - Ensino Fundamental: práticas e teorias na escola"
    "palavra_chave" => "TEORIA DA ARGUMENTAÇÃO, EDUCAÇÃO MATEMÁTICA, APRENDIZAGEM MATEMÁTICA, DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL EM SERVIÇO, DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL EM SERVIÇO"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV111_MD1_SA4_ID1572_03062018071332.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:26"
    "updated_at" => "2020-06-09 18:16:33"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "PATRICIA BASTOS FOSSE PERES"
    "autor_nome_curto" => "PATRICIA"
    "autor_email" => "patriciaperes.mat@gmail.c"
    "autor_ies" => null
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-v-ceduce"
    "edicao_nome" => "Anais V CEDUCE"
    "edicao_evento" => "V Colóquio Internacional Educação, Cidadania e Exclusão"
    "edicao_ano" => 2018
    "edicao_pasta" => "anais/ceduce/2018"
    "edicao_logo" => "5e4d828aa34e7_19022020154634.png"
    "edicao_capa" => "5f17352a0113a_21072020153418.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2018-07-17 00:00:00"
    "publicacao_id" => 25
    "publicacao_nome" => "Revista CEDUCE"
    "publicacao_codigo" => "2447-035X"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 17 de julho de 2018

Resumo

A análise do desempenho dos estudantes brasileiros, nas avaliações em larga escala propostas pelo governo, sugere que o ensino de matemática oferecido pelas escolas brasileiras não atinge o que deveria ser seu principal objetivo: a aprendizagem matemática dos alunos. Nesse estudo, buscamos investigar elementos diferenciados na forma como os professores dos anos iniciais do Ensino Fundamental significam a aprendizagem matemática e as implicações desses elementos no aprimoramento dos conhecimentos profissionais dos professores. Conhecer os significados da aprendizagem matemática atribuídos pelos professores ajudou-nos a compreender suas práticas que redundam na aprendizagem dos alunos. Para isso, fundamentamos nosso estudo na Teoria da Argumentação a fim de esclarecermos os elementos norteadores do raciocínio argumentativo que fundam o discurso no meio conversacional e reconstruir a estrutura lógica que os professores utilizam para (re)significar a aprendizagem matemática. Foram realizadas entrevistas semiestruturadas e os dados coletados analisados a partir do Modelo de Estratégia Argumentativa – MEA. O fato de os sujeitos investigados estarem em desenvolvimento profissional em serviço intensifica seu processo de transformação e se encontra associado ao movimento de mudança das práticas. A necessidade de acomodar elementos “estranhos” gera uma tensão entre concepções de aprendizagem provenientes da Pedagogia Tradicional, forte referência para os professores, e de uma Pedagogia Nova. Na ausência de elementos para significar “o novo”, metáforas associadas à pedagogia tradicional foram evocadas, porém, com ressignificações que remetem a novas práticas. A dor e o medo, vivências das professoras nos seus processos de matemática, levam-nas a querer ensinar de uma maneira diferente, a aprendizagem determina o ensino.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.