Artigo Anais V CIEH

ANAIS de Evento

ISSN: 2318-0854

RASTREAMENTO DE SINTOMAS DEPRESSIVOS EM IDOSOS INSTITUCIONALIZADOS

Palavra-chaves: SAÚDE DO IDOSO, DEPRESSÃO, INSTITUCIONALIZAÇÃO Tema Livre (TL) AT-02: Doenças Biopsicossociais no Processo de Envelhecimento
"2017-12-20 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 34796
    "edicao_id" => 76
    "trabalho_id" => 39
    "inscrito_id" => 194
    "titulo" => """
      RASTREAMENTO DE SINTOMAS DEPRESSIVOS EM IDOSOS\r\n
      INSTITUCIONALIZADOS
      """
    "resumo" => """
      No Brasil, com a ocorrência da transição demográfica, o número de pessoas que alcançam a\r\n
      terceira idade tem aumentado significativamente, e paralelamente a esse processo observa-se um aumento\r\n
      gradativo de perturbações de humor nessa etapa da vida, principalmente o transtorno depressivo. O presente\r\n
      estudo objetivou analisar a prevalência de sintomas depressivos em idosos institucionalizados. Trata-se de\r\n
      um estudo transversal descritivo, com abordagem quantitativa, que foi desenvolvido com idosos de três\r\n
      instituições de longa permanência no município de Cajazeiras – PB. O instrumento utilizado para a coleta de\r\n
      dados consistiu em um questionário validado, a Escala de Depressão Geriátrica (EDG-15). A análise\r\n
      estatística descritiva (distribuições absolutas, percentuais, média e desvio padrão) e testes estatísticos foram\r\n
      realizados no software SPSS, versão 20. Todos os itens dispostos na Resolução 466/12 do Conselho\r\n
      Nacional de Saúde, que regulamenta a pesquisa com seres humanos, foram obedecidos neste estudo. A\r\n
      prevalência de sintomas depressivos encontrada na presente amostra foi de 47,8%, mostrando-se elevada\r\n
      quando comparada com outras pesquisas. Isso sugere melhores capacitações por parte dos profissionais em\r\n
      busca de olhares diferenciados e investigações direcionadas, objetivando intervenções precoces e\r\n
      satisfatórias. Nesse contexto, torna-se primordial a criação de programas para idosos institucionalizados que\r\n
      visem promover participações diretas no âmbito social, cultural, esportivo, lazer e educacional, dando\r\n
      empoderamento aos atores sociais, ao passo que contribuem para redução da sintomatologia depressiva neste\r\n
      grupo etário.
      """
    "modalidade" => "Tema Livre (TL)"
    "area_tematica" => "AT-02: Doenças Biopsicossociais no Processo de Envelhecimento"
    "palavra_chave" => "SAÚDE DO IDOSO, DEPRESSÃO, INSTITUCIONALIZAÇÃO"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV075_MD2_SA2_ID194_04092017133231.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:19"
    "updated_at" => "2020-06-09 18:49:35"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "BRUNO  NEVES DA SILVA"
    "autor_nome_curto" => "BRUNO NEVES"
    "autor_email" => "ufcgbruno@gmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE (UFCG)"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-v-cieh"
    "edicao_nome" => "Anais V CIEH"
    "edicao_evento" => "V Congresso Internacional de Envelhecimento Humano"
    "edicao_ano" => 2017
    "edicao_pasta" => "anais/cieh/2017"
    "edicao_logo" => "5e49e719ef6ea_16022020220633.jpg"
    "edicao_capa" => "5f182cfe0d414_22072020091142.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2017-12-20 00:00:00"
    "publicacao_id" => 10
    "publicacao_nome" => "Anais do Congresso Internacional de Envelhecimento Humano (CIEH)"
    "publicacao_codigo" => "2318-0854"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 34796
    "edicao_id" => 76
    "trabalho_id" => 39
    "inscrito_id" => 194
    "titulo" => """
      RASTREAMENTO DE SINTOMAS DEPRESSIVOS EM IDOSOS\r\n
      INSTITUCIONALIZADOS
      """
    "resumo" => """
      No Brasil, com a ocorrência da transição demográfica, o número de pessoas que alcançam a\r\n
      terceira idade tem aumentado significativamente, e paralelamente a esse processo observa-se um aumento\r\n
      gradativo de perturbações de humor nessa etapa da vida, principalmente o transtorno depressivo. O presente\r\n
      estudo objetivou analisar a prevalência de sintomas depressivos em idosos institucionalizados. Trata-se de\r\n
      um estudo transversal descritivo, com abordagem quantitativa, que foi desenvolvido com idosos de três\r\n
      instituições de longa permanência no município de Cajazeiras – PB. O instrumento utilizado para a coleta de\r\n
      dados consistiu em um questionário validado, a Escala de Depressão Geriátrica (EDG-15). A análise\r\n
      estatística descritiva (distribuições absolutas, percentuais, média e desvio padrão) e testes estatísticos foram\r\n
      realizados no software SPSS, versão 20. Todos os itens dispostos na Resolução 466/12 do Conselho\r\n
      Nacional de Saúde, que regulamenta a pesquisa com seres humanos, foram obedecidos neste estudo. A\r\n
      prevalência de sintomas depressivos encontrada na presente amostra foi de 47,8%, mostrando-se elevada\r\n
      quando comparada com outras pesquisas. Isso sugere melhores capacitações por parte dos profissionais em\r\n
      busca de olhares diferenciados e investigações direcionadas, objetivando intervenções precoces e\r\n
      satisfatórias. Nesse contexto, torna-se primordial a criação de programas para idosos institucionalizados que\r\n
      visem promover participações diretas no âmbito social, cultural, esportivo, lazer e educacional, dando\r\n
      empoderamento aos atores sociais, ao passo que contribuem para redução da sintomatologia depressiva neste\r\n
      grupo etário.
      """
    "modalidade" => "Tema Livre (TL)"
    "area_tematica" => "AT-02: Doenças Biopsicossociais no Processo de Envelhecimento"
    "palavra_chave" => "SAÚDE DO IDOSO, DEPRESSÃO, INSTITUCIONALIZAÇÃO"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV075_MD2_SA2_ID194_04092017133231.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:19"
    "updated_at" => "2020-06-09 18:49:35"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "BRUNO  NEVES DA SILVA"
    "autor_nome_curto" => "BRUNO NEVES"
    "autor_email" => "ufcgbruno@gmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE (UFCG)"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-v-cieh"
    "edicao_nome" => "Anais V CIEH"
    "edicao_evento" => "V Congresso Internacional de Envelhecimento Humano"
    "edicao_ano" => 2017
    "edicao_pasta" => "anais/cieh/2017"
    "edicao_logo" => "5e49e719ef6ea_16022020220633.jpg"
    "edicao_capa" => "5f182cfe0d414_22072020091142.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2017-12-20 00:00:00"
    "publicacao_id" => 10
    "publicacao_nome" => "Anais do Congresso Internacional de Envelhecimento Humano (CIEH)"
    "publicacao_codigo" => "2318-0854"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 20 de dezembro de 2017

Resumo

No Brasil, com a ocorrência da transição demográfica, o número de pessoas que alcançam a terceira idade tem aumentado significativamente, e paralelamente a esse processo observa-se um aumento gradativo de perturbações de humor nessa etapa da vida, principalmente o transtorno depressivo. O presente estudo objetivou analisar a prevalência de sintomas depressivos em idosos institucionalizados. Trata-se de um estudo transversal descritivo, com abordagem quantitativa, que foi desenvolvido com idosos de três instituições de longa permanência no município de Cajazeiras – PB. O instrumento utilizado para a coleta de dados consistiu em um questionário validado, a Escala de Depressão Geriátrica (EDG-15). A análise estatística descritiva (distribuições absolutas, percentuais, média e desvio padrão) e testes estatísticos foram realizados no software SPSS, versão 20. Todos os itens dispostos na Resolução 466/12 do Conselho Nacional de Saúde, que regulamenta a pesquisa com seres humanos, foram obedecidos neste estudo. A prevalência de sintomas depressivos encontrada na presente amostra foi de 47,8%, mostrando-se elevada quando comparada com outras pesquisas. Isso sugere melhores capacitações por parte dos profissionais em busca de olhares diferenciados e investigações direcionadas, objetivando intervenções precoces e satisfatórias. Nesse contexto, torna-se primordial a criação de programas para idosos institucionalizados que visem promover participações diretas no âmbito social, cultural, esportivo, lazer e educacional, dando empoderamento aos atores sociais, ao passo que contribuem para redução da sintomatologia depressiva neste grupo etário.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.