Artigo Anais I CONBRACIS

ANAIS de Evento

ISSN: 2525-6696

ULCERAÇÃO DIABÉTICA: ORIENTAÇÕES DO ENFERMEIRO SOBRE A PREVENÇÃO

Palavra-chaves: PÉ DIABÉTICO, ÚLCERA DO PÉ, PREVENÇÃO PRIMÁRIA, CUIDADOS DE ENFERMAGEM Comunicação Oral (CO) AT-04: ENFERMAGEM
"2016-06-15 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 19539
    "edicao_id" => 43
    "trabalho_id" => 379
    "inscrito_id" => 635
    "titulo" => "ULCERAÇÃO DIABÉTICA: ORIENTAÇÕES DO ENFERMEIRO SOBRE A PREVENÇÃO"
    "resumo" => """
      Denomina-se Pé Diabético a presença de infecção, ulceração e/ou destruição de tecidos profundos associados a anormalidades neurológicas e a vários graus de doença vascular periférica em pessoas com DM. Esse fenômeno decorrente da neuropatia gera perda de sensibilidade periférica tátil, térmica e dolorosa, pode determinar lesões complexas que, caso não sejam tratadas, podem levar à amputação do membro. O presente trabalho tem por objetivo apontar as principais orientações do Enfermeiro na prevenção da ulceração diabética. Trata-se de uma revisão bibliográfica da literatura realizada entre os meses de março e abril de 2016 por meio da busca de artigos indexados online nas bases de dados Scientific Eletronic Library Online (SCIELO) e Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde (LILACS) incluídas na Biblioteca Virtual em Saúde (BVS). Empregando-se os critérios de inclusão e exclusão, o estudo foi composto por 10 artigos. Além disso, fizeram-se consultas ao manual do Ministério da Saúde, publicado no ano de 2016. As principais orientações do Enfermeiro sobre os cuidados na prevenção da ulceração diabética descritas na literatura são: Restrição absoluta do fumo; Exame diário dos pés; Lavagem dos pés com água morna, tendendo para fria; Secagem cuidadosa dos pés, principalmente entre os dedos; Proibição do uso de álcool, ou outras substâncias que ressequem a pele; Uso de creme hidratante na perna e nos pés, porém, nunca entre os dedos; Proibição da retirada de cutícula; Corte de unhas em linha reta, sem deixar pontas; Uso de meias de algodão sem costura e sem elásticos; Não andar descalço; proibir o uso de calçados apertados, de bico fino, sandálias abertas de borracha ou plástico e contida entre os dedos; Verificação da parte interna do calçado, a procura de objeto ou saliência que possam machucar e; Elevação dos pés e movimento dos dedos para melhora da circulação sanguínea. Notou-se que a as orientações dadas pelo Enfermeiro são fundamentais na prevenção da ulceração diabética, sendo a consulta de Enfermagem um momento adequado e oportuno para o repasse de tais orientações, entretanto o sucesso do cuidado com os pés dos pacientes diabéticos, não depende apenas das orientações do Enfermeiro, é imprescindível que haja uma estreita colaboração e responsabilidade por parte do paciente. Isso é possível através da realização de ações de educação em saúde, uma importante ferramenta do Enfermeiro na disseminação dos cuidados preventivos.\r\n
      Palavras-chave: “Pé Diabético”, "Úlcera do Pé", “Prevenção Primária” e “Cuidados de Enfermagem”.
      """
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "AT-04: ENFERMAGEM"
    "palavra_chave" => "PÉ DIABÉTICO, ÚLCERA DO PÉ, PREVENÇÃO PRIMÁRIA, CUIDADOS DE ENFERMAGEM"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV055_MD1_SA4_ID635_08052016002148.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:05"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:28:11"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "ANDERSON GUSTAVO LAURENTINO VIDAL DE NEGREIROS"
    "autor_nome_curto" => "GUSTAVO VIDAL"
    "autor_email" => "agustavovidal@hotmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-i-conbracis"
    "edicao_nome" => "Anais I CONBRACIS"
    "edicao_evento" => "Congresso Brasileiro de Ciências da Saúde"
    "edicao_ano" => 2016
    "edicao_pasta" => "anais/conbracis/2016"
    "edicao_logo" => "5e4a005a0a41f_16022020235418.jpg"
    "edicao_capa" => "5f1844e6a6a1a_22072020105342.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2016-06-15 00:00:00"
    "publicacao_id" => 29
    "publicacao_nome" => "Anais Conbracis"
    "publicacao_codigo" => "2525-6696"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 19539
    "edicao_id" => 43
    "trabalho_id" => 379
    "inscrito_id" => 635
    "titulo" => "ULCERAÇÃO DIABÉTICA: ORIENTAÇÕES DO ENFERMEIRO SOBRE A PREVENÇÃO"
    "resumo" => """
      Denomina-se Pé Diabético a presença de infecção, ulceração e/ou destruição de tecidos profundos associados a anormalidades neurológicas e a vários graus de doença vascular periférica em pessoas com DM. Esse fenômeno decorrente da neuropatia gera perda de sensibilidade periférica tátil, térmica e dolorosa, pode determinar lesões complexas que, caso não sejam tratadas, podem levar à amputação do membro. O presente trabalho tem por objetivo apontar as principais orientações do Enfermeiro na prevenção da ulceração diabética. Trata-se de uma revisão bibliográfica da literatura realizada entre os meses de março e abril de 2016 por meio da busca de artigos indexados online nas bases de dados Scientific Eletronic Library Online (SCIELO) e Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde (LILACS) incluídas na Biblioteca Virtual em Saúde (BVS). Empregando-se os critérios de inclusão e exclusão, o estudo foi composto por 10 artigos. Além disso, fizeram-se consultas ao manual do Ministério da Saúde, publicado no ano de 2016. As principais orientações do Enfermeiro sobre os cuidados na prevenção da ulceração diabética descritas na literatura são: Restrição absoluta do fumo; Exame diário dos pés; Lavagem dos pés com água morna, tendendo para fria; Secagem cuidadosa dos pés, principalmente entre os dedos; Proibição do uso de álcool, ou outras substâncias que ressequem a pele; Uso de creme hidratante na perna e nos pés, porém, nunca entre os dedos; Proibição da retirada de cutícula; Corte de unhas em linha reta, sem deixar pontas; Uso de meias de algodão sem costura e sem elásticos; Não andar descalço; proibir o uso de calçados apertados, de bico fino, sandálias abertas de borracha ou plástico e contida entre os dedos; Verificação da parte interna do calçado, a procura de objeto ou saliência que possam machucar e; Elevação dos pés e movimento dos dedos para melhora da circulação sanguínea. Notou-se que a as orientações dadas pelo Enfermeiro são fundamentais na prevenção da ulceração diabética, sendo a consulta de Enfermagem um momento adequado e oportuno para o repasse de tais orientações, entretanto o sucesso do cuidado com os pés dos pacientes diabéticos, não depende apenas das orientações do Enfermeiro, é imprescindível que haja uma estreita colaboração e responsabilidade por parte do paciente. Isso é possível através da realização de ações de educação em saúde, uma importante ferramenta do Enfermeiro na disseminação dos cuidados preventivos.\r\n
      Palavras-chave: “Pé Diabético”, "Úlcera do Pé", “Prevenção Primária” e “Cuidados de Enfermagem”.
      """
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "AT-04: ENFERMAGEM"
    "palavra_chave" => "PÉ DIABÉTICO, ÚLCERA DO PÉ, PREVENÇÃO PRIMÁRIA, CUIDADOS DE ENFERMAGEM"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV055_MD1_SA4_ID635_08052016002148.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:05"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:28:11"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "ANDERSON GUSTAVO LAURENTINO VIDAL DE NEGREIROS"
    "autor_nome_curto" => "GUSTAVO VIDAL"
    "autor_email" => "agustavovidal@hotmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-i-conbracis"
    "edicao_nome" => "Anais I CONBRACIS"
    "edicao_evento" => "Congresso Brasileiro de Ciências da Saúde"
    "edicao_ano" => 2016
    "edicao_pasta" => "anais/conbracis/2016"
    "edicao_logo" => "5e4a005a0a41f_16022020235418.jpg"
    "edicao_capa" => "5f1844e6a6a1a_22072020105342.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2016-06-15 00:00:00"
    "publicacao_id" => 29
    "publicacao_nome" => "Anais Conbracis"
    "publicacao_codigo" => "2525-6696"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 15 de junho de 2016

Resumo

Denomina-se Pé Diabético a presença de infecção, ulceração e/ou destruição de tecidos profundos associados a anormalidades neurológicas e a vários graus de doença vascular periférica em pessoas com DM. Esse fenômeno decorrente da neuropatia gera perda de sensibilidade periférica tátil, térmica e dolorosa, pode determinar lesões complexas que, caso não sejam tratadas, podem levar à amputação do membro. O presente trabalho tem por objetivo apontar as principais orientações do Enfermeiro na prevenção da ulceração diabética. Trata-se de uma revisão bibliográfica da literatura realizada entre os meses de março e abril de 2016 por meio da busca de artigos indexados online nas bases de dados Scientific Eletronic Library Online (SCIELO) e Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde (LILACS) incluídas na Biblioteca Virtual em Saúde (BVS). Empregando-se os critérios de inclusão e exclusão, o estudo foi composto por 10 artigos. Além disso, fizeram-se consultas ao manual do Ministério da Saúde, publicado no ano de 2016. As principais orientações do Enfermeiro sobre os cuidados na prevenção da ulceração diabética descritas na literatura são: Restrição absoluta do fumo; Exame diário dos pés; Lavagem dos pés com água morna, tendendo para fria; Secagem cuidadosa dos pés, principalmente entre os dedos; Proibição do uso de álcool, ou outras substâncias que ressequem a pele; Uso de creme hidratante na perna e nos pés, porém, nunca entre os dedos; Proibição da retirada de cutícula; Corte de unhas em linha reta, sem deixar pontas; Uso de meias de algodão sem costura e sem elásticos; Não andar descalço; proibir o uso de calçados apertados, de bico fino, sandálias abertas de borracha ou plástico e contida entre os dedos; Verificação da parte interna do calçado, a procura de objeto ou saliência que possam machucar e; Elevação dos pés e movimento dos dedos para melhora da circulação sanguínea. Notou-se que a as orientações dadas pelo Enfermeiro são fundamentais na prevenção da ulceração diabética, sendo a consulta de Enfermagem um momento adequado e oportuno para o repasse de tais orientações, entretanto o sucesso do cuidado com os pés dos pacientes diabéticos, não depende apenas das orientações do Enfermeiro, é imprescindível que haja uma estreita colaboração e responsabilidade por parte do paciente. Isso é possível através da realização de ações de educação em saúde, uma importante ferramenta do Enfermeiro na disseminação dos cuidados preventivos. Palavras-chave: “Pé Diabético”, "Úlcera do Pé", “Prevenção Primária” e “Cuidados de Enfermagem”.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.