Artigo Anais I CONBRACIS

ANAIS de Evento

ISSN: 2525-6696

SITUAÇÃO DE CURA E ABANDONO DE TRATAMENTO, EM CASOS NOVOS DE TUBERCULOSE DIAGNOSTICADOS EM UNIDADE DE ATENÇÃO PRIMÁRIA EM CAMPINA GRANDE – PB.

Palavra-chaves: TUBERCULOSE, CURA, ABANDONO, TRATAMENTO Pôster (PO) AT-07: SAÚDE COLETIVA
"2016-06-15 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 19508
    "edicao_id" => 43
    "trabalho_id" => 746
    "inscrito_id" => 1007
    "titulo" => "SITUAÇÃO DE CURA E ABANDONO DE TRATAMENTO, EM CASOS NOVOS DE TUBERCULOSE DIAGNOSTICADOS EM UNIDADE DE ATENÇÃO PRIMÁRIA EM CAMPINA GRANDE – PB."
    "resumo" => "A tuberculose é uma doença milenar e apesar de ser de fácil prevenção e cura, vem atuando como importante causa de morbimortalidade nos países em desenvolvimento. O tratamento da tuberculose precisa ser compreendido em sua complexidade para alcançar seu êxito. Apesar das drogas e dos serviços de saúde ter estrutura para assegurar o sucesso do tratamento, observa-se que em alguns municípios brasileiros, as taxas de cura e abandono ainda estão inferiores as metas recomendadas pelo Programa Controle da Tuberculose, ou seja, abaixo de 85% e 5% respectivamente. Nesse sentido, este estudo objetivou identificar a situação de cura e abandono de tratamento, em casos novos de TB, diagnosticados em unidade de Atenção Primária em Campina Grande- PB. Trata-se de um Estudo transversal, que utilizou dados secundários oriundos do Sistema de Informação de Agravos de Notificação. Foram analisados 88 casos novos de tuberculose, residentes em Campina Grande-PB, com idade igual ou superior a 18 anos que evoluíram para cura ou abandono de tratamento e cujo tratamento foi realizado em 55 unidades de atenção primária, mediante tabulação cruzada das variáveis: sexo, idade e escolaridade, cura e abandono. Verifica-se, maior proporção de cura e abandono no sexo masculino (63%; 86%), na faixa etária de 20 a 49 anos (78%;76%). No que se refere à escolaridade, observa-se um maior número de casos com escolaridade ignorada. Fica evidente a necessidade dos profissionais de saúde da estratégia saúde da família de propor estratégias para melhoria da adesão, principalmente do sexo masculino as ações de controle da tuberculose"
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "AT-07: SAÚDE COLETIVA"
    "palavra_chave" => "TUBERCULOSE, CURA, ABANDONO, TRATAMENTO"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV055_MD4_SA7_ID1007_31052016150039.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:05"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:28:11"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "DHEBORA CHRISTINNE DA SILVA OLIVEIRA"
    "autor_nome_curto" => "DHEBORA "
    "autor_email" => "dhebora-oliveira1@hotmail"
    "autor_ies" => "UEPB"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-i-conbracis"
    "edicao_nome" => "Anais I CONBRACIS"
    "edicao_evento" => "Congresso Brasileiro de Ciências da Saúde"
    "edicao_ano" => 2016
    "edicao_pasta" => "anais/conbracis/2016"
    "edicao_logo" => "5e4a005a0a41f_16022020235418.jpg"
    "edicao_capa" => "5f1844e6a6a1a_22072020105342.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2016-06-15 00:00:00"
    "publicacao_id" => 29
    "publicacao_nome" => "Anais Conbracis"
    "publicacao_codigo" => "2525-6696"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 19508
    "edicao_id" => 43
    "trabalho_id" => 746
    "inscrito_id" => 1007
    "titulo" => "SITUAÇÃO DE CURA E ABANDONO DE TRATAMENTO, EM CASOS NOVOS DE TUBERCULOSE DIAGNOSTICADOS EM UNIDADE DE ATENÇÃO PRIMÁRIA EM CAMPINA GRANDE – PB."
    "resumo" => "A tuberculose é uma doença milenar e apesar de ser de fácil prevenção e cura, vem atuando como importante causa de morbimortalidade nos países em desenvolvimento. O tratamento da tuberculose precisa ser compreendido em sua complexidade para alcançar seu êxito. Apesar das drogas e dos serviços de saúde ter estrutura para assegurar o sucesso do tratamento, observa-se que em alguns municípios brasileiros, as taxas de cura e abandono ainda estão inferiores as metas recomendadas pelo Programa Controle da Tuberculose, ou seja, abaixo de 85% e 5% respectivamente. Nesse sentido, este estudo objetivou identificar a situação de cura e abandono de tratamento, em casos novos de TB, diagnosticados em unidade de Atenção Primária em Campina Grande- PB. Trata-se de um Estudo transversal, que utilizou dados secundários oriundos do Sistema de Informação de Agravos de Notificação. Foram analisados 88 casos novos de tuberculose, residentes em Campina Grande-PB, com idade igual ou superior a 18 anos que evoluíram para cura ou abandono de tratamento e cujo tratamento foi realizado em 55 unidades de atenção primária, mediante tabulação cruzada das variáveis: sexo, idade e escolaridade, cura e abandono. Verifica-se, maior proporção de cura e abandono no sexo masculino (63%; 86%), na faixa etária de 20 a 49 anos (78%;76%). No que se refere à escolaridade, observa-se um maior número de casos com escolaridade ignorada. Fica evidente a necessidade dos profissionais de saúde da estratégia saúde da família de propor estratégias para melhoria da adesão, principalmente do sexo masculino as ações de controle da tuberculose"
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "AT-07: SAÚDE COLETIVA"
    "palavra_chave" => "TUBERCULOSE, CURA, ABANDONO, TRATAMENTO"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV055_MD4_SA7_ID1007_31052016150039.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:05"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:28:11"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "DHEBORA CHRISTINNE DA SILVA OLIVEIRA"
    "autor_nome_curto" => "DHEBORA "
    "autor_email" => "dhebora-oliveira1@hotmail"
    "autor_ies" => "UEPB"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-i-conbracis"
    "edicao_nome" => "Anais I CONBRACIS"
    "edicao_evento" => "Congresso Brasileiro de Ciências da Saúde"
    "edicao_ano" => 2016
    "edicao_pasta" => "anais/conbracis/2016"
    "edicao_logo" => "5e4a005a0a41f_16022020235418.jpg"
    "edicao_capa" => "5f1844e6a6a1a_22072020105342.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2016-06-15 00:00:00"
    "publicacao_id" => 29
    "publicacao_nome" => "Anais Conbracis"
    "publicacao_codigo" => "2525-6696"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 15 de junho de 2016

Resumo

A tuberculose é uma doença milenar e apesar de ser de fácil prevenção e cura, vem atuando como importante causa de morbimortalidade nos países em desenvolvimento. O tratamento da tuberculose precisa ser compreendido em sua complexidade para alcançar seu êxito. Apesar das drogas e dos serviços de saúde ter estrutura para assegurar o sucesso do tratamento, observa-se que em alguns municípios brasileiros, as taxas de cura e abandono ainda estão inferiores as metas recomendadas pelo Programa Controle da Tuberculose, ou seja, abaixo de 85% e 5% respectivamente. Nesse sentido, este estudo objetivou identificar a situação de cura e abandono de tratamento, em casos novos de TB, diagnosticados em unidade de Atenção Primária em Campina Grande- PB. Trata-se de um Estudo transversal, que utilizou dados secundários oriundos do Sistema de Informação de Agravos de Notificação. Foram analisados 88 casos novos de tuberculose, residentes em Campina Grande-PB, com idade igual ou superior a 18 anos que evoluíram para cura ou abandono de tratamento e cujo tratamento foi realizado em 55 unidades de atenção primária, mediante tabulação cruzada das variáveis: sexo, idade e escolaridade, cura e abandono. Verifica-se, maior proporção de cura e abandono no sexo masculino (63%; 86%), na faixa etária de 20 a 49 anos (78%;76%). No que se refere à escolaridade, observa-se um maior número de casos com escolaridade ignorada. Fica evidente a necessidade dos profissionais de saúde da estratégia saúde da família de propor estratégias para melhoria da adesão, principalmente do sexo masculino as ações de controle da tuberculose

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.