Artigo Anais I CONBRACIS

ANAIS de Evento

ISSN: 2525-6696

ABSENTEÍSMO POR TRANSTORNOS MENTAIS NA EQUIPE DE ENFERMAGEM: REVISÃO INTEGRATIVA

Palavra-chaves: ABSENTEISMO, EQUIPE DE ENFERMAGEM, TRANSTORNOS MENTAIS Pôster (PO) AT-04: ENFERMAGEM
"2016-06-15 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 18843
    "edicao_id" => 43
    "trabalho_id" => 420
    "inscrito_id" => 1080
    "titulo" => "ABSENTEÍSMO POR TRANSTORNOS MENTAIS NA EQUIPE DE ENFERMAGEM: REVISÃO INTEGRATIVA"
    "resumo" => "Revisão Integrativa de Literatura que objetivou determinar as evidências científicas relacionadas ao absenteísmo por transtornos mentais na equipe de enfermagem. A busca dos dados foi realizada pela investigação nas bases LILACS, Scopus, BDENF e PubMed, utilizando os seguintes descritores: Absenteísmo, Equipe de enfermagem e Transtornos mentais. Foram encontrados sete artigos cujos resultados elencaram-se em quatro categorias: Absenteísmo por transtornos mentais na enfermagem: maior incidência em âmbito hospitalar; Fatores epidemiológicos na incidência do absenteísmo por transtornos mentais na enfermagem; Condições de trabalho e o desenvolvimento de transtornos mentais na enfermagem; Principais transtornos mentais que levam ao absenteísmo na equipe de enfermagem. Conclui-se que técnicos em enfermagem, do sexo feminino, com duplo vínculo empregatício, que trabalham a noite, estão mais vulneráveis para o adoecimento por transtornos mentais como a ansiedade e a depressão, e consequentemente, ao absenteísmo. É necessário intervenções para melhorar as condições e relações de trabalho visando reduzir os riscos e cargas de trabalho, além da promoção do diálogo entre os envolvidos no processo de trabalho."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "AT-04: ENFERMAGEM"
    "palavra_chave" => "ABSENTEISMO, EQUIPE DE ENFERMAGEM, TRANSTORNOS MENTAIS"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV055_MD4_SA4_ID1080_16052016100058.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:04"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:28:09"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "DANIELA DE CARVALHO LEFOSSE VALGUEIRO"
    "autor_nome_curto" => "DANIELA LEFOSSE"
    "autor_email" => "danilefosse@hotmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCOUFPE"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-i-conbracis"
    "edicao_nome" => "Anais I CONBRACIS"
    "edicao_evento" => "Congresso Brasileiro de Ciências da Saúde"
    "edicao_ano" => 2016
    "edicao_pasta" => "anais/conbracis/2016"
    "edicao_logo" => "5e4a005a0a41f_16022020235418.jpg"
    "edicao_capa" => "5f1844e6a6a1a_22072020105342.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2016-06-15 00:00:00"
    "publicacao_id" => 29
    "publicacao_nome" => "Anais Conbracis"
    "publicacao_codigo" => "2525-6696"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 18843
    "edicao_id" => 43
    "trabalho_id" => 420
    "inscrito_id" => 1080
    "titulo" => "ABSENTEÍSMO POR TRANSTORNOS MENTAIS NA EQUIPE DE ENFERMAGEM: REVISÃO INTEGRATIVA"
    "resumo" => "Revisão Integrativa de Literatura que objetivou determinar as evidências científicas relacionadas ao absenteísmo por transtornos mentais na equipe de enfermagem. A busca dos dados foi realizada pela investigação nas bases LILACS, Scopus, BDENF e PubMed, utilizando os seguintes descritores: Absenteísmo, Equipe de enfermagem e Transtornos mentais. Foram encontrados sete artigos cujos resultados elencaram-se em quatro categorias: Absenteísmo por transtornos mentais na enfermagem: maior incidência em âmbito hospitalar; Fatores epidemiológicos na incidência do absenteísmo por transtornos mentais na enfermagem; Condições de trabalho e o desenvolvimento de transtornos mentais na enfermagem; Principais transtornos mentais que levam ao absenteísmo na equipe de enfermagem. Conclui-se que técnicos em enfermagem, do sexo feminino, com duplo vínculo empregatício, que trabalham a noite, estão mais vulneráveis para o adoecimento por transtornos mentais como a ansiedade e a depressão, e consequentemente, ao absenteísmo. É necessário intervenções para melhorar as condições e relações de trabalho visando reduzir os riscos e cargas de trabalho, além da promoção do diálogo entre os envolvidos no processo de trabalho."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "AT-04: ENFERMAGEM"
    "palavra_chave" => "ABSENTEISMO, EQUIPE DE ENFERMAGEM, TRANSTORNOS MENTAIS"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV055_MD4_SA4_ID1080_16052016100058.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:04"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:28:09"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "DANIELA DE CARVALHO LEFOSSE VALGUEIRO"
    "autor_nome_curto" => "DANIELA LEFOSSE"
    "autor_email" => "danilefosse@hotmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCOUFPE"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-i-conbracis"
    "edicao_nome" => "Anais I CONBRACIS"
    "edicao_evento" => "Congresso Brasileiro de Ciências da Saúde"
    "edicao_ano" => 2016
    "edicao_pasta" => "anais/conbracis/2016"
    "edicao_logo" => "5e4a005a0a41f_16022020235418.jpg"
    "edicao_capa" => "5f1844e6a6a1a_22072020105342.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2016-06-15 00:00:00"
    "publicacao_id" => 29
    "publicacao_nome" => "Anais Conbracis"
    "publicacao_codigo" => "2525-6696"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 15 de junho de 2016

Resumo

Revisão Integrativa de Literatura que objetivou determinar as evidências científicas relacionadas ao absenteísmo por transtornos mentais na equipe de enfermagem. A busca dos dados foi realizada pela investigação nas bases LILACS, Scopus, BDENF e PubMed, utilizando os seguintes descritores: Absenteísmo, Equipe de enfermagem e Transtornos mentais. Foram encontrados sete artigos cujos resultados elencaram-se em quatro categorias: Absenteísmo por transtornos mentais na enfermagem: maior incidência em âmbito hospitalar; Fatores epidemiológicos na incidência do absenteísmo por transtornos mentais na enfermagem; Condições de trabalho e o desenvolvimento de transtornos mentais na enfermagem; Principais transtornos mentais que levam ao absenteísmo na equipe de enfermagem. Conclui-se que técnicos em enfermagem, do sexo feminino, com duplo vínculo empregatício, que trabalham a noite, estão mais vulneráveis para o adoecimento por transtornos mentais como a ansiedade e a depressão, e consequentemente, ao absenteísmo. É necessário intervenções para melhorar as condições e relações de trabalho visando reduzir os riscos e cargas de trabalho, além da promoção do diálogo entre os envolvidos no processo de trabalho.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.