Artigo Anais XII CONAGES

ANAIS de Evento

ISSN: 2177-4781

PRECISAMOS FALAR SOBRE: O TABU DA DEPRECIAÇÃO DA SEXUALIDADE FEMININA NA VELHICE PELO O CULTO DO CORPO JOVEM E BELO.

Palavra-chaves: VELHICE, CORPO, TABU, FEMININO, FEMININO Comunicação Oral (CO) Gênero, Sexualidades e Modos de Subjetivação Publicado em 08 de junho de 2016

Resumo

O artigo objetiva discutir a depreciação da sexualidade feminina na velhice sobre a ótica do culto ao corpo belo e jovem, enfatizando a importância desta discussão entre sexualidade e velhice devido a não ser apenas um tema público, mas atual, tendo em vista o retrato populacional do Brasil. Desta forma, explana-se o conceito de velhice, envelhecimento e do corpo, especialmente o feminino. A menopausa também é explanada, objetivando comprovar que não é a mesma um fator biológico que inibe a sexualidade na velhice, e sim uma fase importante no corpo da mulher, que por muitas vezes demarca a terceira idade. Este trabalho é uma análise bibliográfica e foi realizado com o uso de obras literárias, com dados da Secretaria dos Direitos Humanos, e de um filme brasileiro. Os resultados encontrados afirmaram que o culto ao belo e jovem, assim como as desigualdades entre os sexos podem ser causas dessa depreciação, além da cultura, dos discursos morais e repressores a serem contextualizados não só no biológico humano, como também no psicológico. Verificou-se que o envelhecimento é algo inerente ao homem e motivo muitas vezes de medo pelo mesmo querer prolongar sua vida e fugir da morte. Além disto, concluiu-se que a velhice é um conceito complexo com várias definições. A respeito da menopausa, reafirmou-se o objetivo de sua presença no texto, demonstrando que a sexualidade não está restrita a genitália ou ao biológico. Palavras-chave: Velhice, corpo, tabu, feminino, sexualidade.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.