Artigo Anais I CONAPESC

ANAIS de Evento

ISSN: 2525-6696

CARTILHA AMBIENTAL COMO INSTRUMENTO PARA EFETIVAÇÃO DAS POLÍTICAS AMBIENTAIS NA CIDADE DE SOLEDADE-PB

Palavra-chaves: POLÍTICAS AMBIENTAIS, EDUCAÇÃO AMBIENTAL, CARTILHA AMBIENTAL Comunicação Oral (CO) Engenharia Sanitária e Ambiental Publicado em 01 de junho de 2016

Resumo

A política ambiental brasileira não é abordada, na prática, sob uma ótica integrada às demais áreas com ela relacionadas, como as de saúde, educação e saneamento. No entanto, todas as politicas públicas ambientais existentes abordam os mesmos princípios de sustentabilidade, entendido aqui como o principio que fornece as bases sólidas para um estilo de desenvolvimento humano que preserve a qualidade de vida. Ter acesso a um meio ambiente ecologicamente equilibrado é direito fundamental da pessoa humana, onde há tempos não tem sido respeitado. A educação ambiental é uma poderosa arma contra a devastação dos bens naturais do planeta, além de fornecer informações a quem desconhece, traz à tona direitos que por sua vez foram velados pela ignorância. A ampla legislação ambiental brasileira propulsiona ações e projetos que disseminem ideias ecológicas e sustentáveis, tendo como instrumento de construção moral e de valor, que deve provocar mudanças de comportamento. Por isso, o presente projeto teve por objetivo a promoção da educação ambiental seguindo as diretrizes de políticas nacional tais como: do meio ambiente, da educação ambiental, dos resíduos sólidos e de saneamento básico, utilizadas como ferramenta de elaboração de uma cartilha ambiental, que também levou em consideração o nível de consciência ecológica dos envolvidos. Perfil que foi traçado a partir dos dados obtidos pela aplicação de questionários e que foram acompanhadas por palestras com o intuito de esclarecer melhor as questões imprimidas na cartilha, como também para sensibilizar a todos a respeito dos problemas e impactos gerados pela ação antrópica no meio ambiente como um todo, mas, com ênfase in lócus.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.