Artigo Anais IV CIEH

ANAIS de Evento

ISSN: 2318-0854

A INTEGRALIDADE DA PESSOA IDOSA: EXPERIÊNCIA DA CONSTRUÇÃO DE UM PROJETO TERAPÊUTICO SINGULAR POR UMA EQUIPE MULTIPROFISSIONAL DE UM HOSPITAL UNIVERSITÁRIO

Palavra-chaves: SAÚDE DO IDOSO, INTEGRALIDADE, ASSISTÊNCIA HOSPITALAR, PROJETOS EM SAÚDE Pôster (PO) Envelhecimento e Interdisciplinaridade
"2015-09-24 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 11952
    "edicao_id" => 36
    "trabalho_id" => 468
    "inscrito_id" => 583
    "titulo" => "A INTEGRALIDADE DA PESSOA IDOSA: EXPERIÊNCIA DA CONSTRUÇÃO DE UM PROJETO TERAPÊUTICO SINGULAR POR UMA EQUIPE MULTIPROFISSIONAL DE UM HOSPITAL UNIVERSITÁRIO"
    "resumo" => "Introdução: A concepção de saúde deve abranger o sujeito de forma integral, em sua condição biológica, psicológica e social. Assim, no âmbito da gerontologia, os profissionais de saúde precisam agir a partir do enfoque da integralidade, com atitudes que vão ao encontro da defesa e promoção da vida, ampliando o fazer profissional. Nesse sentido, a elaboração de um Projeto Terapêutico Singular (PTS) como estratégia para ampliar esse fazer tem se mostrado bastante efetiva, visto que pressupõe a participação coletiva dos profissionais, configurando-se como uma estratégia que busca ampliar a resolubilidade da assistência prestada ao indivíduo idoso e que, portanto, merece ser compreendida e analisada não apenas no contexto da atenção básica, mas em todos os níveis de complexidade da saúde. Objetivo: Evidenciar a construção de um PTS voltado ao idoso no contexto hospitalar baseada na experiência de residentes multiprofissionais de saúde envolvidos com a gerontologia. Metodologia: Trata-se de um relato de experiência vivenciado pela equipe de profissionais da Residência Integrada Multiprofissional em Saúde Hospitalar, com ênfase em Saúde do Idoso, do Hospital Universitário Lauro Wanderley (HULW/UFPB), na cidade de João Pessoa/PB, durante o mês de abril de 2015. A partir da realização de uma das visitas da equipe multiprofissional, percebeu-se a necessidade de elaboração de um plano de cuidados individual que atendesse às reais necessidades apresentadas por um dos idosos internados na clínica médica. Resultados e Discussão: O quadro clínico de um idoso internado na clínica médica do HULW possibilitou o surgimento de nós críticos que demandaram a intervenção de uma equipe multiprofissional. O mesmo foi diagnosticado com Trombose aguda do Canal de Hunter, sendo necessário amputar o membro inferior direito a fim de permitir a sua recuperação. Contudo, anteriormente à cirurgia, o idoso mostrou-se bastante ansioso, trazendo consigo sofrimento emocional, o que demandou acompanhamento psicológico. Além disso, foram descritos episódios noturnos de confusão mental, que levou a farmacêutica dialogar com a equipe médica acerca dos medicamentos administrados. Outro aspecto importante observado foi a ausência de acompanhamento familiar, sendo necessário a intervenção da psicologia e do serviço social. Posterior a aceitação do procedimento cirúrgico pelo idoso e familiares, foram prestadas algumas orientações: nutricionais, sobre a dieta do paciente durante o pós-operatório; psicológicas, encorajando o paciente em sua decisão de mudar o estilo de vida; fisioterapêuticas, quanto ao processo de reabilitação funcional; da enfermagem, quanto aos cuidados com a ferida operatória; farmacêutica, dialogando com o paciente acerca do uso racional de medicamentos; e da assistente social, indicando os serviços de saúde úteis ao paciente para a continuidade do tratamento fora do contexto hospitalar. Conclusão: O PTS constitui uma ferramenta simples e de grande valia no processo de atenção ao paciente idoso, possibilitando, através de uma abordagem multiprofissional, a identificação de demandas, o planejamento e a adoção de medidas resolutivas. Portanto, o mesmo representa uma estratégia efetiva na obtenção de resultados positivos para o idoso hospitalizado, sendo um instrumento que pode ser aplicado nos diferentes níveis assistenciais."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "Envelhecimento e Interdisciplinaridade"
    "palavra_chave" => "SAÚDE DO IDOSO, INTEGRALIDADE, ASSISTÊNCIA HOSPITALAR, PROJETOS EM SAÚDE"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV040_MD4_SA15_ID583_27072015185941.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:59"
    "updated_at" => "2020-06-09 18:43:14"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "JÚLIO CÉSAR GUIMARÃES FREIRE"
    "autor_nome_curto" => "JÚLIO GUIMARÃES"
    "autor_email" => "juliopb87@gmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-cieh"
    "edicao_nome" => "Anais IV CIEH"
    "edicao_evento" => "IV Congresso Internacional de Envelhecimento Humano"
    "edicao_ano" => 2015
    "edicao_pasta" => "anais/cieh/2015"
    "edicao_logo" => "5e49e629f3441_16022020220233.png"
    "edicao_capa" => "5f182cb905404_22072020091033.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2015-09-24 00:00:00"
    "publicacao_id" => 10
    "publicacao_nome" => "Anais do Congresso Internacional de Envelhecimento Humano (CIEH)"
    "publicacao_codigo" => "2318-0854"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 11952
    "edicao_id" => 36
    "trabalho_id" => 468
    "inscrito_id" => 583
    "titulo" => "A INTEGRALIDADE DA PESSOA IDOSA: EXPERIÊNCIA DA CONSTRUÇÃO DE UM PROJETO TERAPÊUTICO SINGULAR POR UMA EQUIPE MULTIPROFISSIONAL DE UM HOSPITAL UNIVERSITÁRIO"
    "resumo" => "Introdução: A concepção de saúde deve abranger o sujeito de forma integral, em sua condição biológica, psicológica e social. Assim, no âmbito da gerontologia, os profissionais de saúde precisam agir a partir do enfoque da integralidade, com atitudes que vão ao encontro da defesa e promoção da vida, ampliando o fazer profissional. Nesse sentido, a elaboração de um Projeto Terapêutico Singular (PTS) como estratégia para ampliar esse fazer tem se mostrado bastante efetiva, visto que pressupõe a participação coletiva dos profissionais, configurando-se como uma estratégia que busca ampliar a resolubilidade da assistência prestada ao indivíduo idoso e que, portanto, merece ser compreendida e analisada não apenas no contexto da atenção básica, mas em todos os níveis de complexidade da saúde. Objetivo: Evidenciar a construção de um PTS voltado ao idoso no contexto hospitalar baseada na experiência de residentes multiprofissionais de saúde envolvidos com a gerontologia. Metodologia: Trata-se de um relato de experiência vivenciado pela equipe de profissionais da Residência Integrada Multiprofissional em Saúde Hospitalar, com ênfase em Saúde do Idoso, do Hospital Universitário Lauro Wanderley (HULW/UFPB), na cidade de João Pessoa/PB, durante o mês de abril de 2015. A partir da realização de uma das visitas da equipe multiprofissional, percebeu-se a necessidade de elaboração de um plano de cuidados individual que atendesse às reais necessidades apresentadas por um dos idosos internados na clínica médica. Resultados e Discussão: O quadro clínico de um idoso internado na clínica médica do HULW possibilitou o surgimento de nós críticos que demandaram a intervenção de uma equipe multiprofissional. O mesmo foi diagnosticado com Trombose aguda do Canal de Hunter, sendo necessário amputar o membro inferior direito a fim de permitir a sua recuperação. Contudo, anteriormente à cirurgia, o idoso mostrou-se bastante ansioso, trazendo consigo sofrimento emocional, o que demandou acompanhamento psicológico. Além disso, foram descritos episódios noturnos de confusão mental, que levou a farmacêutica dialogar com a equipe médica acerca dos medicamentos administrados. Outro aspecto importante observado foi a ausência de acompanhamento familiar, sendo necessário a intervenção da psicologia e do serviço social. Posterior a aceitação do procedimento cirúrgico pelo idoso e familiares, foram prestadas algumas orientações: nutricionais, sobre a dieta do paciente durante o pós-operatório; psicológicas, encorajando o paciente em sua decisão de mudar o estilo de vida; fisioterapêuticas, quanto ao processo de reabilitação funcional; da enfermagem, quanto aos cuidados com a ferida operatória; farmacêutica, dialogando com o paciente acerca do uso racional de medicamentos; e da assistente social, indicando os serviços de saúde úteis ao paciente para a continuidade do tratamento fora do contexto hospitalar. Conclusão: O PTS constitui uma ferramenta simples e de grande valia no processo de atenção ao paciente idoso, possibilitando, através de uma abordagem multiprofissional, a identificação de demandas, o planejamento e a adoção de medidas resolutivas. Portanto, o mesmo representa uma estratégia efetiva na obtenção de resultados positivos para o idoso hospitalizado, sendo um instrumento que pode ser aplicado nos diferentes níveis assistenciais."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "Envelhecimento e Interdisciplinaridade"
    "palavra_chave" => "SAÚDE DO IDOSO, INTEGRALIDADE, ASSISTÊNCIA HOSPITALAR, PROJETOS EM SAÚDE"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV040_MD4_SA15_ID583_27072015185941.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:59"
    "updated_at" => "2020-06-09 18:43:14"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "JÚLIO CÉSAR GUIMARÃES FREIRE"
    "autor_nome_curto" => "JÚLIO GUIMARÃES"
    "autor_email" => "juliopb87@gmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-cieh"
    "edicao_nome" => "Anais IV CIEH"
    "edicao_evento" => "IV Congresso Internacional de Envelhecimento Humano"
    "edicao_ano" => 2015
    "edicao_pasta" => "anais/cieh/2015"
    "edicao_logo" => "5e49e629f3441_16022020220233.png"
    "edicao_capa" => "5f182cb905404_22072020091033.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2015-09-24 00:00:00"
    "publicacao_id" => 10
    "publicacao_nome" => "Anais do Congresso Internacional de Envelhecimento Humano (CIEH)"
    "publicacao_codigo" => "2318-0854"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 24 de setembro de 2015

Resumo

Introdução: A concepção de saúde deve abranger o sujeito de forma integral, em sua condição biológica, psicológica e social. Assim, no âmbito da gerontologia, os profissionais de saúde precisam agir a partir do enfoque da integralidade, com atitudes que vão ao encontro da defesa e promoção da vida, ampliando o fazer profissional. Nesse sentido, a elaboração de um Projeto Terapêutico Singular (PTS) como estratégia para ampliar esse fazer tem se mostrado bastante efetiva, visto que pressupõe a participação coletiva dos profissionais, configurando-se como uma estratégia que busca ampliar a resolubilidade da assistência prestada ao indivíduo idoso e que, portanto, merece ser compreendida e analisada não apenas no contexto da atenção básica, mas em todos os níveis de complexidade da saúde. Objetivo: Evidenciar a construção de um PTS voltado ao idoso no contexto hospitalar baseada na experiência de residentes multiprofissionais de saúde envolvidos com a gerontologia. Metodologia: Trata-se de um relato de experiência vivenciado pela equipe de profissionais da Residência Integrada Multiprofissional em Saúde Hospitalar, com ênfase em Saúde do Idoso, do Hospital Universitário Lauro Wanderley (HULW/UFPB), na cidade de João Pessoa/PB, durante o mês de abril de 2015. A partir da realização de uma das visitas da equipe multiprofissional, percebeu-se a necessidade de elaboração de um plano de cuidados individual que atendesse às reais necessidades apresentadas por um dos idosos internados na clínica médica. Resultados e Discussão: O quadro clínico de um idoso internado na clínica médica do HULW possibilitou o surgimento de nós críticos que demandaram a intervenção de uma equipe multiprofissional. O mesmo foi diagnosticado com Trombose aguda do Canal de Hunter, sendo necessário amputar o membro inferior direito a fim de permitir a sua recuperação. Contudo, anteriormente à cirurgia, o idoso mostrou-se bastante ansioso, trazendo consigo sofrimento emocional, o que demandou acompanhamento psicológico. Além disso, foram descritos episódios noturnos de confusão mental, que levou a farmacêutica dialogar com a equipe médica acerca dos medicamentos administrados. Outro aspecto importante observado foi a ausência de acompanhamento familiar, sendo necessário a intervenção da psicologia e do serviço social. Posterior a aceitação do procedimento cirúrgico pelo idoso e familiares, foram prestadas algumas orientações: nutricionais, sobre a dieta do paciente durante o pós-operatório; psicológicas, encorajando o paciente em sua decisão de mudar o estilo de vida; fisioterapêuticas, quanto ao processo de reabilitação funcional; da enfermagem, quanto aos cuidados com a ferida operatória; farmacêutica, dialogando com o paciente acerca do uso racional de medicamentos; e da assistente social, indicando os serviços de saúde úteis ao paciente para a continuidade do tratamento fora do contexto hospitalar. Conclusão: O PTS constitui uma ferramenta simples e de grande valia no processo de atenção ao paciente idoso, possibilitando, através de uma abordagem multiprofissional, a identificação de demandas, o planejamento e a adoção de medidas resolutivas. Portanto, o mesmo representa uma estratégia efetiva na obtenção de resultados positivos para o idoso hospitalizado, sendo um instrumento que pode ser aplicado nos diferentes níveis assistenciais.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.