Artigo Anais IV CEDUCE

ANAIS de Evento

ISSN: 2447-035X

TECENDO RELAÇÕES ENTRE O PRÓ LETRAMENTO E O PACTO NACIONAL PELA ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA E AS CONCEPÇÕES SOBRE FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES

Palavra-chaves: PRÓ LETRAMENTO, PACTO NACIONAL, FORMAÇÃO DE PROFESSORES Comunicação Oral (CO) / Oral Papers Submission Instituições, processos educativos e políticas públicas Publicado em 29 de junho de 2015

Resumo

Resumo: O presente artigo apresenta um recorte da minha tese de doutoramento que teve como objeto pensar a formação continuada para professores alfabetizadores oferecida em um município de pequeno porte em parceria com o Governo Federal. Estamos propondo neste artigo apresentar uma pesquisa de caráter qualitativo apoiada no desejo de compreender quais as relações podem ser estabelecidas entre os programas de formação continuada de professores, Pró Letramento e Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa – PNAIC, e as concepções atuais de autores renomados na área sobre formação de professores. As fontes de geração de dados foram os documentos relacionados aos programas de formação Pró Letramento e Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa; a revisão de literatura sobre as políticas públicas, com ênfase nas políticas de formação de professores; e, um questionário geral aplicado a todas as professoras alfabetizadoras cursistas desses programas de formação que atuam no município de Matias Barbosa/MG. O referencial teórico baseou-se em autores que pesquisam as políticas de formação continuada de professores (Nóvoa, Tardif, Candau). Para o tratamento dos dados qualitativos, optou-se pela fundamentação teórica sistematizada da análise de conteúdo. Na tessitura das relações entre os programas defende-se que a formação continuada, para ser significativa, necessita resgatar ou valorizar o saber docente e o conhecimento que ele acumulou na sua prática pessoal, social e profissional, bem como compreender que o ambiente escolar é o local privilegiado para essas ações de formação.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.