Artigo Anais IV CEDUCE

ANAIS de Evento

ISSN: 2447-035X

PROJETO MALA VIAJANTE: UM INCENTIVO À LEITURA NA ESCOLA MUNICIPAL SETE DE SETEMBRO EM LAMARÃO-BA.

Palavra-chaves: LEITURA, INENTIVO, PROJETO MALA VIAJANTE Comunicação Oral (CO) / Oral Papers Submission Ensino Fundamental: práticas e teorias na escola
"2015-06-29 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 11406
    "edicao_id" => 33
    "trabalho_id" => 390
    "inscrito_id" => 608
    "titulo" => "PROJETO MALA VIAJANTE: UM INCENTIVO À LEITURA NA ESCOLA MUNICIPAL SETE DE SETEMBRO EM LAMARÃO-BA."
    "resumo" => "A leitura é uma etapa essencial para a construção do conhecimento constituindo-se em um importante instrumento de compreensão do mundo. Esta prática estimula a criatividade do aluno e a imaginação, favorece o aprendizado, melhora a capacidade mental, amplia o vocabulário e o repertório linguístico da criança. O hábito de ler ainda tem o poder de incentivar a reflexão e a imaginação das crianças levando-as ao posicionamento crítico culminando na socialização com o grupo. Diante de tantos avanços nas diversas esferas da sociedade, em meio a tantas transformações no domínio educacional muitos desafios ainda não foram superados. Atualmente ainda se busca respostas que possibilitem compreender quais os fatores que permitam o incentivo à leitura desde cedo. As escolas recebem alunos que vem de diversos contextos e segmentos familiares com diferentes concepções culturais. O dinamismo do mundo moderno a cada dia se torna mais acelerado, onde é notável que alunos de famílias estruturadas ou desestruturadas financeiramente apresentam o mesmo perfil de falta do hábito de ler. As escolas recebem alunos oriundos de diversos contextos e segmentos familiares com diferentes concepções culturais e muitos sem a prática do ato de ler. A prática da leitura é uma etapa essencial para a construção do conhecimento. É um importante instrumento de compreensão do mundo. Esta prática estimula a criatividade do aluno e a imaginação, favorece o aprendizado, melhora a capacidade mental, amplia o vocabulário e o repertório linguístico da criança. O hábito de ler ainda tem o poder de incentivar a reflexão e a imaginação das crianças levando-as ao posicionamento crítico culminando na socialização com o grupo.  Assim, este trabalho visa analisar a efetivação do Projeto de Leitura “Mala Viajante”, objetivando identificar estratégias utilizadas pelos professores objetivando o desenvolvimento do gosto pela leitura. Para isso recorreremos a um breve histórico das políticas públicas brasileira para o incentivo à leitura e formação de leitores, discutiremos como se dá a formação do leitor; analisaremos fatores que interferem no processo de aprendizagem e gosto pela leitura; e apresentaremos o Projeto “Mala Viajante” na Escola Municipal Sete de Setembro no município de Lamarão, interior da Bahia. A abordagem metodológica utilizada para esta investigação foi a abordagem qualitativa de natureza descritiva, envolvendo observação, aplicação de questionário e registro documental existente, que nos possibilitou compreender o Projeto “Mala Viajante” através do contexto escolar, da prática pedagógica e através dos sujeitos envolvidos no processo sejam as professoras e alunos do Ensino Fundamental I e familiares."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO) / Oral Papers Submission"
    "area_tematica" => "Ensino Fundamental: práticas e teorias na escola"
    "palavra_chave" => "LEITURA, INENTIVO, PROJETO MALA VIAJANTE"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV047_MD1_SA4_ID608_27052015125002.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:58"
    "updated_at" => "2020-06-10 21:01:33"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "NADJANE GONÇALVES DE OLIVEIRA"
    "autor_nome_curto" => "NADJANE OLIVEIRA"
    "autor_email" => "nadjaneoliveira@gmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE ESTADUAL DE FEIRA DE SANTANA"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-ceduce"
    "edicao_nome" => "Anais IV CEDUCE"
    "edicao_evento" => "IV Colóquio Internacional Educação, Cidadania e Exclusão"
    "edicao_ano" => 2015
    "edicao_pasta" => "anais/ceduce/2015"
    "edicao_logo" => "5e4d8323ac662_19022020154907.jpg"
    "edicao_capa" => "5f17355954223_21072020153505.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2015-06-29 00:00:00"
    "publicacao_id" => 25
    "publicacao_nome" => "Revista CEDUCE"
    "publicacao_codigo" => "2447-035X"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 11406
    "edicao_id" => 33
    "trabalho_id" => 390
    "inscrito_id" => 608
    "titulo" => "PROJETO MALA VIAJANTE: UM INCENTIVO À LEITURA NA ESCOLA MUNICIPAL SETE DE SETEMBRO EM LAMARÃO-BA."
    "resumo" => "A leitura é uma etapa essencial para a construção do conhecimento constituindo-se em um importante instrumento de compreensão do mundo. Esta prática estimula a criatividade do aluno e a imaginação, favorece o aprendizado, melhora a capacidade mental, amplia o vocabulário e o repertório linguístico da criança. O hábito de ler ainda tem o poder de incentivar a reflexão e a imaginação das crianças levando-as ao posicionamento crítico culminando na socialização com o grupo. Diante de tantos avanços nas diversas esferas da sociedade, em meio a tantas transformações no domínio educacional muitos desafios ainda não foram superados. Atualmente ainda se busca respostas que possibilitem compreender quais os fatores que permitam o incentivo à leitura desde cedo. As escolas recebem alunos que vem de diversos contextos e segmentos familiares com diferentes concepções culturais. O dinamismo do mundo moderno a cada dia se torna mais acelerado, onde é notável que alunos de famílias estruturadas ou desestruturadas financeiramente apresentam o mesmo perfil de falta do hábito de ler. As escolas recebem alunos oriundos de diversos contextos e segmentos familiares com diferentes concepções culturais e muitos sem a prática do ato de ler. A prática da leitura é uma etapa essencial para a construção do conhecimento. É um importante instrumento de compreensão do mundo. Esta prática estimula a criatividade do aluno e a imaginação, favorece o aprendizado, melhora a capacidade mental, amplia o vocabulário e o repertório linguístico da criança. O hábito de ler ainda tem o poder de incentivar a reflexão e a imaginação das crianças levando-as ao posicionamento crítico culminando na socialização com o grupo.  Assim, este trabalho visa analisar a efetivação do Projeto de Leitura “Mala Viajante”, objetivando identificar estratégias utilizadas pelos professores objetivando o desenvolvimento do gosto pela leitura. Para isso recorreremos a um breve histórico das políticas públicas brasileira para o incentivo à leitura e formação de leitores, discutiremos como se dá a formação do leitor; analisaremos fatores que interferem no processo de aprendizagem e gosto pela leitura; e apresentaremos o Projeto “Mala Viajante” na Escola Municipal Sete de Setembro no município de Lamarão, interior da Bahia. A abordagem metodológica utilizada para esta investigação foi a abordagem qualitativa de natureza descritiva, envolvendo observação, aplicação de questionário e registro documental existente, que nos possibilitou compreender o Projeto “Mala Viajante” através do contexto escolar, da prática pedagógica e através dos sujeitos envolvidos no processo sejam as professoras e alunos do Ensino Fundamental I e familiares."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO) / Oral Papers Submission"
    "area_tematica" => "Ensino Fundamental: práticas e teorias na escola"
    "palavra_chave" => "LEITURA, INENTIVO, PROJETO MALA VIAJANTE"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV047_MD1_SA4_ID608_27052015125002.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:58"
    "updated_at" => "2020-06-10 21:01:33"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "NADJANE GONÇALVES DE OLIVEIRA"
    "autor_nome_curto" => "NADJANE OLIVEIRA"
    "autor_email" => "nadjaneoliveira@gmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE ESTADUAL DE FEIRA DE SANTANA"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-ceduce"
    "edicao_nome" => "Anais IV CEDUCE"
    "edicao_evento" => "IV Colóquio Internacional Educação, Cidadania e Exclusão"
    "edicao_ano" => 2015
    "edicao_pasta" => "anais/ceduce/2015"
    "edicao_logo" => "5e4d8323ac662_19022020154907.jpg"
    "edicao_capa" => "5f17355954223_21072020153505.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2015-06-29 00:00:00"
    "publicacao_id" => 25
    "publicacao_nome" => "Revista CEDUCE"
    "publicacao_codigo" => "2447-035X"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 29 de junho de 2015

Resumo

A leitura é uma etapa essencial para a construção do conhecimento constituindo-se em um importante instrumento de compreensão do mundo. Esta prática estimula a criatividade do aluno e a imaginação, favorece o aprendizado, melhora a capacidade mental, amplia o vocabulário e o repertório linguístico da criança. O hábito de ler ainda tem o poder de incentivar a reflexão e a imaginação das crianças levando-as ao posicionamento crítico culminando na socialização com o grupo. Diante de tantos avanços nas diversas esferas da sociedade, em meio a tantas transformações no domínio educacional muitos desafios ainda não foram superados. Atualmente ainda se busca respostas que possibilitem compreender quais os fatores que permitam o incentivo à leitura desde cedo. As escolas recebem alunos que vem de diversos contextos e segmentos familiares com diferentes concepções culturais. O dinamismo do mundo moderno a cada dia se torna mais acelerado, onde é notável que alunos de famílias estruturadas ou desestruturadas financeiramente apresentam o mesmo perfil de falta do hábito de ler. As escolas recebem alunos oriundos de diversos contextos e segmentos familiares com diferentes concepções culturais e muitos sem a prática do ato de ler. A prática da leitura é uma etapa essencial para a construção do conhecimento. É um importante instrumento de compreensão do mundo. Esta prática estimula a criatividade do aluno e a imaginação, favorece o aprendizado, melhora a capacidade mental, amplia o vocabulário e o repertório linguístico da criança. O hábito de ler ainda tem o poder de incentivar a reflexão e a imaginação das crianças levando-as ao posicionamento crítico culminando na socialização com o grupo. Assim, este trabalho visa analisar a efetivação do Projeto de Leitura “Mala Viajante”, objetivando identificar estratégias utilizadas pelos professores objetivando o desenvolvimento do gosto pela leitura. Para isso recorreremos a um breve histórico das políticas públicas brasileira para o incentivo à leitura e formação de leitores, discutiremos como se dá a formação do leitor; analisaremos fatores que interferem no processo de aprendizagem e gosto pela leitura; e apresentaremos o Projeto “Mala Viajante” na Escola Municipal Sete de Setembro no município de Lamarão, interior da Bahia. A abordagem metodológica utilizada para esta investigação foi a abordagem qualitativa de natureza descritiva, envolvendo observação, aplicação de questionário e registro documental existente, que nos possibilitou compreender o Projeto “Mala Viajante” através do contexto escolar, da prática pedagógica e através dos sujeitos envolvidos no processo sejam as professoras e alunos do Ensino Fundamental I e familiares.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.