Artigo Anais IV CEDUCE

ANAIS de Evento

ISSN: 2447-035X

PÁTRIA EDUCADORA "QUE DISCURSO É ESSE?"

Palavra-chaves: PÁTRIA EDUCADORA, EDUCAÇÃO, MAPA CONCEITUAL Pôster (PO) / Poster Submission Ensino Fundamental: práticas e teorias na escola
"2015-06-29 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 11367
    "edicao_id" => 33
    "trabalho_id" => 687
    "inscrito_id" => 25
    "titulo" => "PÁTRIA EDUCADORA "QUE DISCURSO É ESSE?""
    "resumo" => """
      Neste pôster temos como o objeto uma discussão preliminar na visão desta aluna de mestrado em Educação.  Esta reflexão teórico-critica tem como origem as discussões de um grupo de alunas e alunos de mestrado em educação, mas especificamente na disciplina: Processos de Inclusão/Exclusão Escolar. \r\n
      Nas discussões apresentamos os principais tópicos citados no documento “Pátria Educadora: a qualificação do ensino básico como obra de construção nacional” e abordamos de forma crítica e reflexiva como o documento apresenta a situação educacional do Brasil. As questões discutidas são: como o documento contempla ou não as dimensões da educação; a proposta da reformulação curricular; como o documento apresenta os aspectos socioeconômicos dos alunos; a perspectiva de assistencialismo; os polos educacionais de excelência; a questão do financiamento e da gestão da educação e, por fim a apresentação dos quatro eixos bases para o ensino público. A metodologia de estudo foi a análise do texto via mapa conceitual (MATTOS & CASTRO 2010) neste mapa, didaticamente se destaca do texto indicadores do delineamento politico  conceitual do autor e, de forma crítica, se dialoga com ele de modo a elencar indicadores que, derivados do seu discurso, orientam o texto no sentido da prática pedagógica que ele pressupõeA título de conclusão o documento  Pátria Educadora: a qualificação do ensino básico como obra de construção nacional (BRASIL/UNGER, 2015), apresentado aqui em uma visão crítica de uma aluna de mestrado é um documento que merece a atenção de educadores pois sinaliza o como a educação nacional ainda pode piorar.  Visto que, por um lado, unilateralmente, impõem a ideologia do autor a todos os cidadãos brasileiros sem os mesmos tenham a chance de participar de sua elaboração. Como um documento preliminar parece antever às veemente criticas que receberá. Mas não se pode acreditar, pelo seu conteúdo que incluirá visões mais ampliadas que, de forma sensível e prática dê sentido a uma educação de qualidade para um cidadão participante e autônomo.
      """
    "modalidade" => "Pôster (PO) / Poster Submission"
    "area_tematica" => "Ensino Fundamental: práticas e teorias na escola"
    "palavra_chave" => "PÁTRIA EDUCADORA, EDUCAÇÃO, MAPA CONCEITUAL"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV047_MD4_SA4_ID25_08062015202234.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:58"
    "updated_at" => "2020-06-10 21:01:33"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "ADRIANE MATOS DE ARAUJO"
    "autor_nome_curto" => "ADRIANE MATOS DE ARAUJO"
    "autor_email" => "adrianematosaraujo@gmail."
    "autor_ies" => "UERJ"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-ceduce"
    "edicao_nome" => "Anais IV CEDUCE"
    "edicao_evento" => "IV Colóquio Internacional Educação, Cidadania e Exclusão"
    "edicao_ano" => 2015
    "edicao_pasta" => "anais/ceduce/2015"
    "edicao_logo" => "5e4d8323ac662_19022020154907.jpg"
    "edicao_capa" => "5f17355954223_21072020153505.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2015-06-29 00:00:00"
    "publicacao_id" => 25
    "publicacao_nome" => "Revista CEDUCE"
    "publicacao_codigo" => "2447-035X"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 11367
    "edicao_id" => 33
    "trabalho_id" => 687
    "inscrito_id" => 25
    "titulo" => "PÁTRIA EDUCADORA "QUE DISCURSO É ESSE?""
    "resumo" => """
      Neste pôster temos como o objeto uma discussão preliminar na visão desta aluna de mestrado em Educação.  Esta reflexão teórico-critica tem como origem as discussões de um grupo de alunas e alunos de mestrado em educação, mas especificamente na disciplina: Processos de Inclusão/Exclusão Escolar. \r\n
      Nas discussões apresentamos os principais tópicos citados no documento “Pátria Educadora: a qualificação do ensino básico como obra de construção nacional” e abordamos de forma crítica e reflexiva como o documento apresenta a situação educacional do Brasil. As questões discutidas são: como o documento contempla ou não as dimensões da educação; a proposta da reformulação curricular; como o documento apresenta os aspectos socioeconômicos dos alunos; a perspectiva de assistencialismo; os polos educacionais de excelência; a questão do financiamento e da gestão da educação e, por fim a apresentação dos quatro eixos bases para o ensino público. A metodologia de estudo foi a análise do texto via mapa conceitual (MATTOS & CASTRO 2010) neste mapa, didaticamente se destaca do texto indicadores do delineamento politico  conceitual do autor e, de forma crítica, se dialoga com ele de modo a elencar indicadores que, derivados do seu discurso, orientam o texto no sentido da prática pedagógica que ele pressupõeA título de conclusão o documento  Pátria Educadora: a qualificação do ensino básico como obra de construção nacional (BRASIL/UNGER, 2015), apresentado aqui em uma visão crítica de uma aluna de mestrado é um documento que merece a atenção de educadores pois sinaliza o como a educação nacional ainda pode piorar.  Visto que, por um lado, unilateralmente, impõem a ideologia do autor a todos os cidadãos brasileiros sem os mesmos tenham a chance de participar de sua elaboração. Como um documento preliminar parece antever às veemente criticas que receberá. Mas não se pode acreditar, pelo seu conteúdo que incluirá visões mais ampliadas que, de forma sensível e prática dê sentido a uma educação de qualidade para um cidadão participante e autônomo.
      """
    "modalidade" => "Pôster (PO) / Poster Submission"
    "area_tematica" => "Ensino Fundamental: práticas e teorias na escola"
    "palavra_chave" => "PÁTRIA EDUCADORA, EDUCAÇÃO, MAPA CONCEITUAL"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV047_MD4_SA4_ID25_08062015202234.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:58"
    "updated_at" => "2020-06-10 21:01:33"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "ADRIANE MATOS DE ARAUJO"
    "autor_nome_curto" => "ADRIANE MATOS DE ARAUJO"
    "autor_email" => "adrianematosaraujo@gmail."
    "autor_ies" => "UERJ"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-ceduce"
    "edicao_nome" => "Anais IV CEDUCE"
    "edicao_evento" => "IV Colóquio Internacional Educação, Cidadania e Exclusão"
    "edicao_ano" => 2015
    "edicao_pasta" => "anais/ceduce/2015"
    "edicao_logo" => "5e4d8323ac662_19022020154907.jpg"
    "edicao_capa" => "5f17355954223_21072020153505.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2015-06-29 00:00:00"
    "publicacao_id" => 25
    "publicacao_nome" => "Revista CEDUCE"
    "publicacao_codigo" => "2447-035X"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 29 de junho de 2015

Resumo

Neste pôster temos como o objeto uma discussão preliminar na visão desta aluna de mestrado em Educação. Esta reflexão teórico-critica tem como origem as discussões de um grupo de alunas e alunos de mestrado em educação, mas especificamente na disciplina: Processos de Inclusão/Exclusão Escolar. Nas discussões apresentamos os principais tópicos citados no documento “Pátria Educadora: a qualificação do ensino básico como obra de construção nacional” e abordamos de forma crítica e reflexiva como o documento apresenta a situação educacional do Brasil. As questões discutidas são: como o documento contempla ou não as dimensões da educação; a proposta da reformulação curricular; como o documento apresenta os aspectos socioeconômicos dos alunos; a perspectiva de assistencialismo; os polos educacionais de excelência; a questão do financiamento e da gestão da educação e, por fim a apresentação dos quatro eixos bases para o ensino público. A metodologia de estudo foi a análise do texto via mapa conceitual (MATTOS & CASTRO 2010) neste mapa, didaticamente se destaca do texto indicadores do delineamento politico conceitual do autor e, de forma crítica, se dialoga com ele de modo a elencar indicadores que, derivados do seu discurso, orientam o texto no sentido da prática pedagógica que ele pressupõeA título de conclusão o documento Pátria Educadora: a qualificação do ensino básico como obra de construção nacional (BRASIL/UNGER, 2015), apresentado aqui em uma visão crítica de uma aluna de mestrado é um documento que merece a atenção de educadores pois sinaliza o como a educação nacional ainda pode piorar. Visto que, por um lado, unilateralmente, impõem a ideologia do autor a todos os cidadãos brasileiros sem os mesmos tenham a chance de participar de sua elaboração. Como um documento preliminar parece antever às veemente criticas que receberá. Mas não se pode acreditar, pelo seu conteúdo que incluirá visões mais ampliadas que, de forma sensível e prática dê sentido a uma educação de qualidade para um cidadão participante e autônomo.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.