Artigo Anais IV CEDUCE

ANAIS de Evento

ISSN: 2447-035X

PARALISIA CEREBRAL E AS RELAÇÕES PSICOSSOCIAIS

Palavra-chaves: PSICOSSOCIAIS, FAMÍLIA, EDUCAÇÃO Pôster (PO) / Poster Submission Diversidade e Diferença
"2015-06-29 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 11366
    "edicao_id" => 33
    "trabalho_id" => 233
    "inscrito_id" => 1037
    "titulo" => "PARALISIA CEREBRAL E AS RELAÇÕES PSICOSSOCIAIS"
    "resumo" => """
      O presente trabalho representa um recorte de uma pesquisa realizada através de um estudo de caso sobre o histórico do desenvolvimento de um jovem com necessidades especiais, que possui o diagnostico de paralisia cerebral, nas vertentes: Educação e Família. Tendo em vista que, esses dois aspectos, representam profunda importância no desenvolvimento de crianças e adolescentes que necessitam de algum tipo de suporte especial, em suas relações psicossociais envoltas nesse processo. \r\n
      A metodologia utilizada foi desenvolvida através de diálogos informais e mais adiante com as realizações de entrevistas semiestruturadas, pelas quais podemos observar sobre os principais pontos de suporte que atuaram durante boa parte da trajetória escolar e social de um jovem que chamaremos de “Tião”. Onde se mostra evidente que, o apoio e a base familiar, foram os aspectos que proporcionaram melhores condições para ingresso e prosseguimento no âmbito escolar. \r\n
       Como conseguimos perceber a importância desses laços sociais conquistado pelo jovem diante de tantos entraves a que nos direciona as instituições educacionais? Como se desenvolveu as questões ligadas à escola, a vida social, o trabalho, a família? Como essas questões podem ter contribuído para o seu desenvolvimento? E foi diante dessas indagações que tentamos esclarecer nossas dúvidas a partir da trajetória do jovem, durante sua vida escolar  até os dias atuais.
      """
    "modalidade" => "Pôster (PO) / Poster Submission"
    "area_tematica" => "Diversidade e Diferença"
    "palavra_chave" => "PSICOSSOCIAIS, FAMÍLIA, EDUCAÇÃO"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV047_MD4_SA7_ID1037_05052015160536.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:58"
    "updated_at" => "2020-06-10 21:01:33"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "ELEN CRISTINA GUIOMAR DE OLIVEIRA"
    "autor_nome_curto" => "ELEN OLIVEIRA"
    "autor_email" => "lelioliveira88@yahoo.com."
    "autor_ies" => "UERJ"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-ceduce"
    "edicao_nome" => "Anais IV CEDUCE"
    "edicao_evento" => "IV Colóquio Internacional Educação, Cidadania e Exclusão"
    "edicao_ano" => 2015
    "edicao_pasta" => "anais/ceduce/2015"
    "edicao_logo" => "5e4d8323ac662_19022020154907.jpg"
    "edicao_capa" => "5f17355954223_21072020153505.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2015-06-29 00:00:00"
    "publicacao_id" => 25
    "publicacao_nome" => "Revista CEDUCE"
    "publicacao_codigo" => "2447-035X"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 11366
    "edicao_id" => 33
    "trabalho_id" => 233
    "inscrito_id" => 1037
    "titulo" => "PARALISIA CEREBRAL E AS RELAÇÕES PSICOSSOCIAIS"
    "resumo" => """
      O presente trabalho representa um recorte de uma pesquisa realizada através de um estudo de caso sobre o histórico do desenvolvimento de um jovem com necessidades especiais, que possui o diagnostico de paralisia cerebral, nas vertentes: Educação e Família. Tendo em vista que, esses dois aspectos, representam profunda importância no desenvolvimento de crianças e adolescentes que necessitam de algum tipo de suporte especial, em suas relações psicossociais envoltas nesse processo. \r\n
      A metodologia utilizada foi desenvolvida através de diálogos informais e mais adiante com as realizações de entrevistas semiestruturadas, pelas quais podemos observar sobre os principais pontos de suporte que atuaram durante boa parte da trajetória escolar e social de um jovem que chamaremos de “Tião”. Onde se mostra evidente que, o apoio e a base familiar, foram os aspectos que proporcionaram melhores condições para ingresso e prosseguimento no âmbito escolar. \r\n
       Como conseguimos perceber a importância desses laços sociais conquistado pelo jovem diante de tantos entraves a que nos direciona as instituições educacionais? Como se desenvolveu as questões ligadas à escola, a vida social, o trabalho, a família? Como essas questões podem ter contribuído para o seu desenvolvimento? E foi diante dessas indagações que tentamos esclarecer nossas dúvidas a partir da trajetória do jovem, durante sua vida escolar  até os dias atuais.
      """
    "modalidade" => "Pôster (PO) / Poster Submission"
    "area_tematica" => "Diversidade e Diferença"
    "palavra_chave" => "PSICOSSOCIAIS, FAMÍLIA, EDUCAÇÃO"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV047_MD4_SA7_ID1037_05052015160536.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:58"
    "updated_at" => "2020-06-10 21:01:33"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "ELEN CRISTINA GUIOMAR DE OLIVEIRA"
    "autor_nome_curto" => "ELEN OLIVEIRA"
    "autor_email" => "lelioliveira88@yahoo.com."
    "autor_ies" => "UERJ"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-ceduce"
    "edicao_nome" => "Anais IV CEDUCE"
    "edicao_evento" => "IV Colóquio Internacional Educação, Cidadania e Exclusão"
    "edicao_ano" => 2015
    "edicao_pasta" => "anais/ceduce/2015"
    "edicao_logo" => "5e4d8323ac662_19022020154907.jpg"
    "edicao_capa" => "5f17355954223_21072020153505.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2015-06-29 00:00:00"
    "publicacao_id" => 25
    "publicacao_nome" => "Revista CEDUCE"
    "publicacao_codigo" => "2447-035X"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 29 de junho de 2015

Resumo

O presente trabalho representa um recorte de uma pesquisa realizada através de um estudo de caso sobre o histórico do desenvolvimento de um jovem com necessidades especiais, que possui o diagnostico de paralisia cerebral, nas vertentes: Educação e Família. Tendo em vista que, esses dois aspectos, representam profunda importância no desenvolvimento de crianças e adolescentes que necessitam de algum tipo de suporte especial, em suas relações psicossociais envoltas nesse processo. A metodologia utilizada foi desenvolvida através de diálogos informais e mais adiante com as realizações de entrevistas semiestruturadas, pelas quais podemos observar sobre os principais pontos de suporte que atuaram durante boa parte da trajetória escolar e social de um jovem que chamaremos de “Tião”. Onde se mostra evidente que, o apoio e a base familiar, foram os aspectos que proporcionaram melhores condições para ingresso e prosseguimento no âmbito escolar. Como conseguimos perceber a importância desses laços sociais conquistado pelo jovem diante de tantos entraves a que nos direciona as instituições educacionais? Como se desenvolveu as questões ligadas à escola, a vida social, o trabalho, a família? Como essas questões podem ter contribuído para o seu desenvolvimento? E foi diante dessas indagações que tentamos esclarecer nossas dúvidas a partir da trajetória do jovem, durante sua vida escolar até os dias atuais.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.