Artigo Anais IV CEDUCE

ANAIS de Evento

ISSN: 2447-035X

Visualizações: 187
O ENSINO DA MUSICOGRAFIA BRAILLE: PERCEPÇÕES DOS DOCENTES E DOS DISCENTES DO CURSO DE LICENCIATURA EM MÚSICA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO - UFMA

Palavra-chaves: DEFICIÊNCIA VISUAL, MUSICOGRAFIA BRAILLE, EDUCAÇÃO SUPERIOR Comunicação Oral (CO) / Oral Papers Submission Ensino Superior Publicado em 29 de junho de 2015

Resumo

A Musicografia Braille permite que as pessoas cegas possam aprender a ler e escrever música de maneira acessível e funcional. O ensino da Músicografia Braille carece de professores e de divulgação no meio acadêmico. Este estudo teve por objetivo geral Investigar as percepções dos docentes e dos discentes do Curso de Licenciatura em Música da Universidade Federal do Maranhão – UFMA, em relação à operacionalização da Musicografia Braille durante o processo ensino-aprendizagem no referido Curso. Foram 38 participantes. Sendo 08 docentes e 30 discentes. Os dados foram coletados através de entrevistas semiestruturadas. Os resultados demonstram que os docentes do Curso de Música da UFMA precisam saber operacionalizar a Musicografia Braille a todos os alunos, com ou sem deficiência visual, pois esses alunos deverão aprender como ensinar música aos possíveis alunos cegos, visto que esta área não é de exclusividade de pessoas videntes. Ressalta-se a importância de o Curso de Licenciatura em Música da UFMA inserir em seu Currículo a Musicografia Braille para que alunos com deficiência visual se sintam contemplados durante o processo-ensino aprendizagem.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.